domingo, julho 3, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoVítima de racismo está de olho mais aberto

Vítima de racismo está de olho mais aberto

Denúncias de crimes raciais crescem 14,4% em 2012, num indício que os direitos começam a ser cobrados

Por: PLÍNIO DELPHINO

Em 11 meses de 2012, a Coordenadoria de Políticas para a População Negra e Indígena da Secretaria Estadual de Justiça registrou 103 denúncias de racismo. O índice é 14,4% maior do que o registrado entre julho de 2010 e dezembro de 2011, quando, nesses 18 meses, foram computadas 90 denúncias. O chefe da coordenadoria, Antônio Carlos Arruda, disse que 70% das queixas são feitas contra empresas que discriminam.

Arruda e o ex-secretário de Justiça Hédio da Silva Júnior concordam com a motivação do aumento: os canais para denúncia são melhores e os cidadãos discriminados estão lutando cada vez mais por seus direitos, pela sua liberdade.

O coordenador Arruda ressaltou que cerca de 90% das denúncias que chegam à secretaria seguem em inquéritos policiais e processos. Casos em que negros, clientes de supermercados, bancos, agências de carro e comércio em geral, discriminados são os mais recorrentes.

“Há dez dias, recebemos denúncia de um rapaz que foi perseguido por seguranças dentro de um supermercado por todo o tempo em que esteve dentro do estabelecimento. No estacionamento, foi revistado e liberado. Antes, os vigilantes disseram para ele que a ordem foi do proprietário, pois ele era o único negro e suspeito dentro do comércio”, contou.

Caso semelhante, que ganhou notoriedade, foi o do segurança da USP Januário Santana, que, em agosto de 2009, foi chamado de ladrão por seguranças do Carrefour de Osasco, humilhado e agredido.
A coordenadoria está estreitando relações com o Sindicato dos Comerciários para distribuir cartilhas e dar orientações a funcionários do comércio e de hotéis para lidar com a diversidade, visando eventos como a Copa do Mundo.

Humilhação
Humilhado por causa da cor, Januário Santana ficou atendo, correu atrás dos seus direitos e conseguiu reparação do Carrefour

Números

70% das denúncias são feitas contra pessoas jurídicas

90
denúncias de racismo foram feitas em 18 meses

103
denúncias foram feitas à secretaria de Justiça em 2012

 

 

Fonte: Rede Bom Dia 

Artigos Relacionados
-+=