Wellington sofreu racismo no Timão

O encontro em campo com o Corinthians rende péssimas recordações ao são-paulino  Wellington. Durante as quatro temporadas em que defendeu o Timão, entre os 10 e os 14 anos de idade, o volante foi vítima de muito preconceito.

”Enquanto o Wellington treinava, eu escutava outras mães dizendo que ele nunca daria certo… que era um absurdo um pobre achar que iria virar jogador… que o Corinthians era lugar só para gente de condição”, relembra dona Dora, mãe de Wellington e também alvo de racismo.

”A gente perdia cinco horas por dia no ônibus, no metrô e a pé para ir e voltar do Parque São Jorge”, conta Wellington.“Quando chovia, nos molhávamos inteiros e os meninos passavam de carro por nós e buzinavam, sem oferecer carona, só para provocar, mesmo”, emenda.

Em 2005, uma proposta melhor do São Paulo pôs fim ao martírio no Parque São Jorge. E, por ironia do destino, nenhum dos preconceituosos dos  tempos de Corinthians virou jogador profissional. Já ele calou todas as previsões negativas.

 

Ministra planeja campanha contra racismo no futebol brasileiro

A história do racismo no futebol brasileiro

A inserção do negro no futebol brasileiro

Racismo no Futebol: Pesquisador da USP diz que negros não ocupam cargos de diretoria

‘Me desculpe, você é preto’: técnicos reclamam de racismo

Fonte: Rede Bom Dia

+ sobre o tema

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

para lembrar

Olivier Rousteing: ‘A moda é racista’

Único negro à frente de uma grife de luxo,...

Tribunal de Londres processa zagueiro John Terry por racismo

LONDRES, Reino Unido — O capitão da seleção inglesa...

Procon-SP notifica shopping após mãe denunciar racismo

O Procon-SP notificou ontem o Bourbon Shopping São Paulo...

Professor de Londrina vai processar policial por racismo em caixa eletrônico

O professor de História do Centro de Educação Básica...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=