segunda-feira, maio 23, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoWellington sofreu racismo no Timão

Wellington sofreu racismo no Timão

O encontro em campo com o Corinthians rende péssimas recordações ao são-paulino  Wellington. Durante as quatro temporadas em que defendeu o Timão, entre os 10 e os 14 anos de idade, o volante foi vítima de muito preconceito.

”Enquanto o Wellington treinava, eu escutava outras mães dizendo que ele nunca daria certo… que era um absurdo um pobre achar que iria virar jogador… que o Corinthians era lugar só para gente de condição”, relembra dona Dora, mãe de Wellington e também alvo de racismo.

”A gente perdia cinco horas por dia no ônibus, no metrô e a pé para ir e voltar do Parque São Jorge”, conta Wellington.“Quando chovia, nos molhávamos inteiros e os meninos passavam de carro por nós e buzinavam, sem oferecer carona, só para provocar, mesmo”, emenda.

Em 2005, uma proposta melhor do São Paulo pôs fim ao martírio no Parque São Jorge. E, por ironia do destino, nenhum dos preconceituosos dos  tempos de Corinthians virou jogador profissional. Já ele calou todas as previsões negativas.

 

Ministra planeja campanha contra racismo no futebol brasileiro

A história do racismo no futebol brasileiro

A inserção do negro no futebol brasileiro

Racismo no Futebol: Pesquisador da USP diz que negros não ocupam cargos de diretoria

‘Me desculpe, você é preto’: técnicos reclamam de racismo

Fonte: Rede Bom Dia

Artigos Relacionados
-+=