Zileide Silva é a +Admirada Jornalista Negra de 2023

Em clima de muita festa, descontração e alegria, foram homenageados na noite desta segunda-feira (13/11) os +Admirados Jornalistas Negros e Negras da Imprensa Brasileira. Em sua primeira edição, a iniciativa organizada por Jornalistas&Cia/Portal dos Jornalistas, 1 Papo Reto, Rede JP e Neo Mondo reconheceu os profissionais e veículos de comunicação que mais se destacaram na cobertura de pautas raciais e na luta antirracista.

Nem mesmo o forte calor de 35º, registrado no final da tarde na capital paulista, ofuscou o brilho do encontro que reuniu cerca de 200 jornalistas, autoridades e convidados na Unibes Cultural, e que concedeu a Zileide Silva, repórter especial do Jornal Nacional e do Globo Repórter, da TV Globo, o título de +Admirada Jornalista Negra 2023.

Também da TV Globo, a apresentadora Maju Coutinho, do programa Fantástico, ficou na segunda posição geral, acompanhada de Semayat Oliveira, diretora de Conteúdo do site Nós, Mulheres da Periferia, em terceiro lugar.

Completaram os TOP 10, pela ordem, Roberta Garcia (ICL), Tiago Rogero (Projeto Querino), Valéria Almeida (Rede Globo), Silvia Nascimento (Mundo Negro), Pedro Borges (Alma Preta), Flávia Oliveira (O Globo/GloboNews) e Basília Rodrigues (CNN).

Na categoria Profissionais de Imagem/Vídeo, a vencedora foi a repórter cinematográfica Andreza Oliveira, da Rede Globo. Em Veículo Geral, o prêmio foi para a TV Cultura. E em Veículo Liderado por Jornalistas Negros, a publicação mais votada foi a Revista Raça.

Já nas categorias regionais, os mais votados foram Vinícius Veloso (Metrópoles), no Centro-Oeste; Luana Souza (TV Bahia), no Nordeste; Cley Medeiros (A Crítica), no Norte, Larissa Alves (BandNews FM), no Sudeste; e Aline Reis (Jornal Plural), na Região Sul.

Além dos eleitos pela votação popular, a premiação dos +Admirados Jornalistas Negros e Negras da Imprensa Brasileira concedeu quatro premiações especiais: o Troféu Luiz Gama – Decano e Decana do Jornalismo, entregues respectivamente aos professores Flávio Carrança e Rosane Borges; o Troféu Tim Maia – Revelação do Ano, concedido à repórter Rebeca Borges, do portal Metrópoles; e o Troféu Glória Maria – Personalidade do Ano, que será entregue ao Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania Sílvio de Almeida.

A participação dele estava confirmada até a véspera do evento, mas precisou permanecer em Brasília para receber os refugiados brasileiros que chegaram da Faixa de Gaza, e por isso não pode comparecer.

A íntegra da cerimônia dos +Admirados Jornalistas Negros e Negros da Imprensa Brasileira está disponível no canal do Portal dos Jornalistas no YouTube. Vale destacar que na próxima segunda-feira (20/11), Dia Nacional da Consciência Negra, Jornalistas&Cia circulará com uma edição especial com os principais destaques do evento.

+ sobre o tema

Mulheres que podem ter maior risco para Covid-19 e pouco tem sido falado sobre

Em julho de 2020, quando sua família testou positivo...

Lucy Ramos fala sobre casamento e filhos: ‘Queria ter logo gêmeos’

Aos 32 anos, atriz de ‘I Love Paraisópolis’ fala...

Gays conservadores e a homofobia internalizada dos próprios gays

Não é porque uma pessoa é homossexual que ela...

para lembrar

Mulheres terão vagão exclusivo em trens e no metrô de São Paulo

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp)...

Governo de Minas discute políticas para mulher negra

Será realizada, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (04), a...

Prêmio literário para mulheres é lançado no Planalto

O governo federal lançou nesta quarta-feira (5) o Prêmio...
spot_imgspot_img

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...

Em reunião com a ministra das Mulheres, movimentos denunciam casos de estupros e violência em abrigos para atingidos pelas enchentes no RS

Movimentos feministas participaram de uma reunião emergencial com a ministra da Mulher, Cida Gonçalves, no final da tarde desta terça-feira (7), de forma online....

Documentário sobre Ruth de Souza reverencia todas as mulheres pretas

Num dia 8 feito hoje, Ruth de Souza estreava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O ano era 1945. Num dia 12, feito...
-+=