Guest Post »
18 livros de Pierre Bourdieu para download gratuito [+ 21 artigos sobre sua obra]

18 livros de Pierre Bourdieu para download gratuito [+ 21 artigos sobre sua obra]

Pierre Bourdieu foi um sociólogo francês da segunda metade do século XX – na mesma época de Foucault e Derrida.

POR VINICIUS, do Colunas Tortas 

Apesar de ter se graduado como filósofo, começou suas pesquisas como etnólogo na Argélia e terminou por revolucionar a sociologia: sua inovação metodológica o tornou reconhecido em todo o mundo acadêmico.

Para promover sua obra, colocamos links para download de 18 livros e 21 artigos no fim desta matéria.

Pierre Bourdieu, muito mais que um reprodutivista

Bourdieu conseguiu absorver Weber, Durkheim e Marx em sua teoria e desenvolveu conceitos como habitus, o sistema de disposições gerais de cada agente social; campo social, um local de relações de força e lutas internas pela legitimidade; e violência simbólica, violência do opressor internalizada pelo oprimido.

Apesar disso, sua obra é objeto de grandes controvérsias, já que muitos o consideram um mero autor da reprodução das desigualdades sociais (reprodutivista). Uma leitura rasa pode gerar más interpretações e ocultar a complexidade de sua teoria, já que, para Bourdieu, os agentes sociais estão sempre em constante jogo de forças que os empurram em cada campo social, os fazem desejar os troféus do campo em que participam, marcam seus corpos com trejeitos e lhes inculcam modos de ser e fazer.

Não se pode resumir uma análise social pelo montante de dinheiro de uma pessoa ou por seu diploma universitário, diria Bourdieu, mas sim através da interrelação de todos os fatores importantes nos campos sociais em que cada pessoa participa num dado momento e no espaço.

Como a sociedade é essencialmente relacional, o espaço social é importante para a sociologia de Pierre Bourdieu. Os diferentes capitais (econômico, simbólico, social, cultural e etc) irão posicionar cada agente de acordo com o acúmulo de capital dos outros agentes. Toda definição é exterior em Bourdieu – nada se define por si.

Isso significa que o privilégio ou não-privilégio de um sujeito não depende de uma essência ou de uma marca corporal, nem mesmo de sua renda, mas sim do volume de cada tipo de capital acumulado e de seus campos de atuação na sociedade, pois só assim é possível entender se um grande volume de um dado capital de fato terá relevância para tornar seu possuidor um privilegiado dentro das relações de poder quais ele está envolvido.

Reunimos abaixo uma coleção de depoimentos e citações de intelectuais sobre a obra de Pierre Bourdieu, veja o que especialistas pensam da sociologia bourdiana e não deixe debaixar todos os livros e artigos disponíveis em PDF no fim da matéria.

Opinião de intelectuais sobre Pierre Bourdieu

Abaixo a opinião de alguns intelectuais sobre Bourdieu:

Clóvis de Barros Filho, em matéria para a Folha:

“Discorrer sobre a importância de Marx para o estágio atual das ciências sociais é fazê-los perder tempo”, sentencia. Refuta, no entanto, com veemência, o rótulo de “neomarxista”, não só por ser redutor, mas por gerar equívocos. Alonga-se sobre a relação entre campo e classe, o que o afasta da sua literatura publicada até então. Critica o caráter substancialista do conceito de classe. Contrapõe-lhe a lógica reflexiva das posições do campo. Esclarece: se o burguês é objetivamente burguês, em razão dos meios de produção, as posições de dominante e dominado no campo só existem e têm sentido umas em relação às outras.

Loic Wacquant, em artigo:

Os maiores pensadores de qualquer época são aqueles que não apenas “fazem descobertas” importantes – essa é a tarefa de qualquer cientista, como, aliás, afirmou Émile Durkheim –, mas também são aqueles que causam naqueles à sua volta uma mudança no modo de pensar, indagar e escrever. Pierre Bourdieu pertence a essa categoria, pois ele alterou para sempre a maneira como os estudiosos da sociedade, da cultura e da história em todo mundo, de Tóquio a Tijuana e a Tel Aviv, concebem e exercem seus ofícios. Para ser fiel ao espírito de sua vida sociológica e para continuar seu legado, devemos seguir aplicando suas idéias e testando seus achados a fim de produzir novos objetos de pesquisa.

Marco Weissheimer, em artigo:

Um dos pontos mais originais da obra de Bourdieu reside na vontade de superar o que ele chamava de “falsas antinomias” da tradição sociológica – entre interpretação e explicação, estrutura e história, liberdade e determinismo, indivíduo e sociedade, objectivismo e subjetivismo. Pierre Bourdieu não era apenas um pesquisador excepcional, reconhecido pela comunidade acadêmica internacional, mas um intelectual empenhado nas lutas sociais e no debate público, na tradição francesa que reúne nomes como Émille Zola e Jean-Paul Sartre.

Maria da Graça Jacintho Setton, em matéria para a revista Cult:

Pierre Bourdieu é um dos mais importantes pensadores do século 20. Sua produção intelectual, desde a década de 1960, estende-se por uma extensa variedade de objetos e temas de estudo. Embora contemporâneo, é tão respeitado quanto um clássico. Crítico mordaz dos mecanismos de reprodução das desigualdades sociais, Bourdieu construiu um importante referencial no campo das ciências humanas.

Veja na próxima parte desta publicação todos os livros disponíveis para download.

Livros de Pierre Bourdieu para download gratuito

Sua obra é gigantesca, mas conseguimos reunir 18 livros para você fazer download gratuitamente. Também agrupamos 21 artigos sobre a obra do autor, que lhe ajudarão a entender seus conceitos e suas conclusões. Veja abaixo.

Artigos sobre a obra de Pierre Bourdieu

 

 

Escreva um comentário e participe!

Related posts