Mais de 100 dias sem resposta sobre os três meninos desaparecidos de Belford Roxo

Mais de três meses se passaram desde que os meninos Lucas Mateus, de 8 anos, Alexandre, de 10 anos, e Fernando Henrique, de 11 anos, desapareceram enquanto brincavam. A única coisa que se sabe é que pouco antes de desaparecer, naquele 27 de dezembro de 2020, se encontravam num campo de futebol perto do condomínio onde moram, no bairro Castelar, em Belford Roxo, município de meio milhão de habitantes da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Desde então seus familiares não têm notícias —verdadeiras— sobre o paradeiro deles. Um inquérito foi aberto, mas a investigação policial está parada e não sai do lugar.

O último fato relevante se deu há cerca de um mês, no início de março, quando o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) descobriu uma filmagem em que eles aparecem caminhando tranquilamente pela rua Malopia no dia em que desapareceram. As imagens já haviam sido apreendidas meses antes pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), responsável pela investigação em conjunto com o MP-RJ. Na ocasião, a polícia foi questionada e criticada pela demora em encontrar essa filmagem. “O Ministério Público é quem tem o equipamento que consegue limpar as imagens”, explicou por telefone a defensora pública Gislaine Kepe, que acompanha os familiares no caso.

Leia a matéria complata aqui

+ sobre o tema

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido...

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

para lembrar

Abandono

Deitado na calçada, um menino. Uma CRIANÇA. Profundamente adormecido....

Yale homenageia menina negra denunciada à polícia por pulverizar insetos invasores

A Universidade de Yale homenageou Bobbi Wilson, uma menina...

Mais de 60% das crianças que trabalham no Brasil são negras

A infância é associada à brincadeira, ao belo e...

Justiça do RJ torna réus oito acusados de envolvimento na morte de meninos de Belford Roxo

Oito pessoas denunciadas pelo Ministério Público do Estado do...
spot_imgspot_img

Progressão escolar amplia desigualdade racial, diz estudo

No começo da escolarização básica, alunos negros e brancos partem de condições desiguais. No final dela, estão ainda mais distantes. É o que indica...

Yale homenageia menina negra denunciada à polícia por pulverizar insetos invasores

A Universidade de Yale homenageou Bobbi Wilson, uma menina negra de 9 anos que foi denunciada à polícia após pulverizar moscas-lanternas, uma espécie de inseto invasor...

Justiça do RJ torna réus oito acusados de envolvimento na morte de meninos de Belford Roxo

Oito pessoas denunciadas pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) como envolvidas na morte de três meninos em dezembro de 2020 na...
-+=