quinta-feira, junho 4, 2020

    Resultados da pesquisa por 'África'

    Foto: GCIS

    As lições que África do Sul pode dar ao Brasil na crise do coronavírus

    Desde o início da pandemia, a África do Sul vem se destacando pelo rigor adotado nas políticas de enfrentamento ao coronavírus. Menos de um mês após o primeiro registro da doença no país, que ocorreu em 05/03, o governo decretou estado de desastre nacional, com um severo lockdown que iniciou em 26/03. Agora, após dois meses do fechamento total do país, os sul-africanos se preparam para retomar sua rotina. A partir de 1/6, a África do Sul passa para o estágio 3 do confinamento e quase todas as atividades serão reabertas. Enquanto isso, o Brasil se aproxima cada vez mais da posição de epicentro da pandemia. Mas o que explica que países com tanta similaridade socioeconômica apresentem números tão diferentes com relação ao coronavírus? Até esta quinta-feira (28/05) a África do Sul registrou 27.610 casos com 580 mortes por Covid-19, enquanto o Brasil tem 418.608 casos com 25.935 mortes. Quando ...

    Leia mais
    Pnina Tamano-Shata
 (Reprodução/Facebook)

    Africana e ativista contra racismo se torna ministra do novo governo israelense

    A advogada, de 39 anos, Pnina Tamano-Shata, foi nomeada no último domingo (17) ministra da Imigração do Governo de Israel. Africana de origem, nascida na Etiópia, ela se destaca pela luta contra a discriminação racial e em prol da integração dos membros de sua comunidade na sociedade israelense. Atualmente, os beta Israel (forma como os judeus etíopes se identificam) são cerca de 140 mil cidadãos vivendo em várias regiões do país. Pnina Tamano-Shata é conhecida e reconhecida por ter liderado protestos como, em 2015, desencadeados por incidentes entre judeus etíopes e forças policiais israelenses. A campanha sensibilizou o governo a formalizar um comitê especial no Ministério da Justiça, que publicou o Relatório Palmor. Esse documento define metas e diretrizes para se reduzir e debelar resquícios de preconceito, especialmente os que afetam os Beta Israel. Em 2016, Pnina Tamano-Shata foi agraciada com o Prêmio Unsung Hero, do Drum Major Institute. Recebeu ...

    Leia mais
    Reprodução/Facebook

    ‘Cine África | Em Casa’ promove sessões virtuais de filmes africanos

    Entre os meses de maio e julho, a Mostra de Cinemas Africanos promove o Cine África | Em Casa, encontros virtuais para conversar sobre filmes africanos com convidados de todo o Brasil. Adaptando-se ao formato digital, imperativo em tempos de isolamento social, o projeto apresenta nove sessões (três por mês) em torno de filmes do Senegal, Angola, Nigéria, África do Sul, Mali e Mauritânia. Para participar dos encontros gratuitos, os interessados devem se inscrever em mostradecinemasafricanos.com e aguardar instruções para assistir o filme de cada semana. As sessões acontecem sempre aos sábados (os três últimos de cada mês) e sempre às 16h. A programação abrange o período de três meses e pode se estender caso o isolamento social permaneça. A programação foi montada com base em títulos disponíveis em plataformas de streaming como YouTube (um dos títulos está disponível na Netflix), todos legendados em português. Nas datas e horários programados, ...

    Leia mais
    O continente africano tem até agora cerca de 55 mil casos confirmados de infecções pelo coronavírus (AP Photo/Patrick Ngugi

    Coronavírus: o que está por trás da aparente resistência da África à pandemia

    Embora os especialistas alertem que ainda é muito cedo para cantar vitória, o "desastre iminente" previsto por John Nkengasong, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da África, ainda não ocorreu. Enquanto a Europa responde por mais de 1,5 milhão de casos confirmados, os Estados Unidos ultrapassam 1,3 milhão e a América Latina está perto de 250 mil, o continente africano tem até agora 55 mil infecções. Seu número de mortes relativamente baixo é ainda mais surpreendente: até 8 de maio, essa região do mundo registrava pouco mais de 2 mil óbitos, muito menos do que outros continentes ou mesmo se comparado a uma cidade como Nova York, que já passou de 20 mil mortes. Esses números são mais impressionantes diante do fato de a África ser o segundo continente mais populoso do mundo, com 1,2 bilhão de habitantes. Mas o que está por trás da aparente resistência ...

    Leia mais
    (THE NEW YORK PUBLIC LIBRARY DIGITAL COLLECTIONS)

    A história de três escravos africanos durante o colonialismo espanhol, contada por seus ossos – ScienceDaily

    Apesar da infâmia do comércio transatlântico de escravos, a pesquisa científica ainda precisa explorar completamente a história dos africanos escravizados trazidos para a América Latina. Em um estudo publicado no dia 30 de abril na revista Biologia Atual, os cientistas contam a história de três escravos africanos do século XVI identificados em um cemitério em massa na Cidade do México. Usando uma combinação de análises genéticas, osteológicas e isotópicas, os cientistas determinaram de onde na África eles provavelmente foram capturados, as dificuldades físicas que experimentaram como escravos e que novos patógenos eles podem ter carregado com eles através do Atlântico. Este estudo mostra uma imagem rara da vida dos escravos africanos durante a colonização espanhola inicial e como sua presença pode ter moldado a dinâmica da doença no Novo Mundo. “Usando uma abordagem interdisciplinar, desvendamos a história de vida de três indivíduos sem voz que pertenciam a um dos grupos ...

    Leia mais

    Governos africanos “precisam de soluções locais”, defende Nobel da Paz

      “A África, no seu conjunto, tomou consciência da gravidade da doença. E não devemos assistir à repetição de uma situação, como a que aconteceu no caso da sida (aids), em que alguns governos africanos estavam em negação. Agora, tomaram as medidas adequadas” afirmou Mukwege, numa videoconferência organizada pela Positive Planet Foundation. Porém, sublinhou, “até agora, a África tem tido muita sorte” porque “se tivesse sido atingida com a mesma dureza que a China, a Europa ou os Estados Unidos” a situação seria “um desastre”, acrescentou o Prémio Nobel da Paz, a partir de Bukavu, na República Democrática do Congo (RDC). Com 1.158 mortes e cerca de 23 mil infeções, a África, juntamente com a Oceânia, é um dos continentes menos afectados pela pandemia, ainda que estes números sejam indubitavelmente subestimados, devido à falta de testes. Mas muitos governos do continente tomaram rapidamente medidas de contenção, apesar das mesmas serem ...

    Leia mais
    A busca por achatar a curva de casos de coronavírus na África do Sul tem um motivo: o país tem um sistema de saúde público precário e que não suportaria uma enxurrada de doentes - Foto: Anadolu Agency

    África do Sul enfrenta dilemas da militarização prestes a completar um mês de lockdow

    Apesar da rigidez, a classe empresarial sul-africana não está fazendo passeatas para pressionar pela abertura do país Por Waleiska Fernandes, do Brasil de Fato A busca por achatar a curva de casos de coronavírus na África do Sul tem um motivo: o país tem um sistema de saúde público precário e que não suportaria uma enxurrada de doentes - Foto: Anadolu Agency Na semana passada, enquanto no Brasil havia corrida por ovos de Páscoa nos supermercados, na África do Sul, o artigo nem à venda estava. Isso porque o governo sul-africano determinou que tudo fosse recolhido dos mercados desde a última semana de março, quando foi decretado o estado de fechamento do país (lockdown) para a contenção da propagação do coronavírus. Mas o que os ovos de Páscoa têm a ver com a pandemia? Nada e tudo. O ovo de Páscoa propriamente não, mas especialistas apontam ...

    Leia mais
    O médico Denis Mukwege
Imagem: Joel Saget/AFP

    África acordou para gravidade da covid-19, diz Prêmio Nobel da Paz

    O médico congolês Denis Mukwege, Prêmio Nobel da Paz, afirmou nesta terça-feira (21) que, de forma geral, os governos africanos "tomaram consciência da gravidade" da covid-19. Da AFP, na UOL O médico Denis MukwegeImagem: Joel Saget/AFP "Não se reproduziu a situação que se viu com a aids, na qual certos governos africanos estavam em negação. Neste caso, tomaram as medidas apropriadas", disse Mukwege em videoconferência organizada pela Fundação Positive Planet. "Até agora, a África teve muita sorte. Se tivesse sido golpeada com a mesma dureza que China, Europa, ou Estados Unidos, simplesmente teríamos tido um desastre", acrescentou. Com 1.000 mortos entre cerca de 20.000 casos, a África é, junto com a Oceania, um dos continentes menos atingidos pela pandemia. É possível, no entanto, que os números sejam subestimados, diante da falta de testes em massa. Vários governos do continente tomaram rapidamente medidas de confinamento da população, ...

    Leia mais
    Getty Images

    G20 com provisões de moratória da dívida para os países africanos

    Segundo o Financial Times, está a ser estudado um adiamento por seis ou nove meses. No Mercado Getty Images O G20 estará a considerar providenciar aos países menos desenvolvidos uma moratória sobre o pagamento da dívida, como parte de um plano para combater a Covid-19, evitando assim uma crise de dívida, de acordo com o Financial Times. A iniciativa deverá receber a aprovação dos ministros das Finanças dos países representados no G20, que se vão reunir esta semana, de acordo com o mesmo jornal, que cita fontes próximas do assunto. Em causa estará um congelamento dos pagamentos por seis ou nove meses, segundo o Financial Times. Ainda assim, a medida poderá ser mais ambiciosa, sendo prolongada até 2021, em linha com os apelos do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, na semana passada. A pandemia do novo coronavírus levantou preocupações sobre a capacidade de ...

    Leia mais
    Imagem retirada do site

    Morreu Sarah Maldoror, pioneira do cinema africano

    Morreu Sarah Maldoror, que ajudou a fazer renascer o que nunca morreu. Pioneira do cinema africano, militante anticoloniasta, foi autora dos filmes Monangambé e Sambizanga. Foi mulher de Mário Pinto de Andrade. Por Ferreira Fernandes, do Diário de Notícias Sarah Maldoror (Imagem retirada do site Diário de Notícias) O pai era da caribenha ilha de Guadalupe, a mãe do sul de França, e o nome que Sarah se deu adulta homenageava o poeta franco-uruguaio Lautréamont, autor de Os Cantos de Maldoror. A cineasta Sarah Maldoror morreu hoje, 13 de abril, em Paris, vítima do coronavírus, aos 91 anos. Sarah Maldoror foi casada com o poeta e político angolano Mário Pinto de Andrade, fundador e primeiro presidente do MPLA. Em 1956, então dedicada ao teatro, Sarah Maldoror fundou Les Griots, a primeira companhia de atores africanos e caribenhos em Paris. Para lutar contra os exclusivos "papéis de ...

    Leia mais
    Photo by David Hogsholt/Getty Images)

    ‘Se você é negro, não pode sair’: africanos na China enfrentam racismo na repressão de Covid-19

    Os africanos na maior cidade do sul da China dizem que se tornaram alvos de suspeita e foram submetidos a despejos forçados, quarentenas arbitrárias e testes em massa de coronavírus, enquanto o país intensifica sua luta contra infecções importadas. Por Célio Taylor, do Vanguarda  Photo by David Hogsholt/Getty Images) A China diz que reduziu amplamente o surto de Covid-19, mas um conjunto recente de casos vinculados à comunidade nigeriana de Guangzhou provocou a suposta discriminação por parte de moradores e autoridades de prevenção de vírus. As autoridades locais do centro industrial de 15 milhões de habitantes, disseram que pelo menos oito pessoas diagnosticadas com a doença passaram algum tempo no distrito de Yuexiu, conhecido como “Pequena África”. Cinco eram cidadãos nigerianos que enfrentaram raiva generalizada depois que surgiram relatos de que haviam quebrado uma quarentena obrigatória e foram a oito restaurantes e outros locais públicos em ...

    Leia mais
    O continente africano tem até agora cerca de 55 mil casos confirmados de infecções pelo coronavírus (AP Photo/Patrick Ngugi

    Mais de 100 ONG pedem perdão de dívida para os países africanos

    Mais de cem organizações não-governamentais (ONG) lançaram ontem um apelo para que os pagamentos da dívida dos países pobres, cujas finanças estão assoberbadas pelo combate à covid-19, sejam cancelados, incluindo aos credores privados. No Sapo Notícias Imagem: AP Photo/Patrick Ngugi “As organizações pedem o cancelamento imediato dos pagamentos da dívida aos países em desenvolvimento em resposta à crise económica e de saúde”, disse o economista-chefe da ONG britânica Comité para o Jubileu da Dívida, Tim Jones, à Lusa. O documento, enviado ao Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Mundial e governos do G20, defende várias medidas para cancelar o pagamento da dívida dos países em desenvolvimento e defende “a criação de um processo para trazer o peso da dívida para níveis sustentáveis através do cancelamento geral da dívida nos próximos anos”, acrescentou o diretor do departamento de políticas públicas da ONG britânica. Entre os subscritores do documentos ...

    Leia mais
    FABRICE COFFRINI / AFP via Getty Images

    OMS critica racismo de cientistas que querem que África seja ‘terreno de testes’ para vacina contra coronavírus

    O chefe da OMS condenou nesta segunda-feira os “comentários racistas” de pesquisadores que recentemente se referiram à África como “um campo de testes” para uma potencial vacina contra a COVID-19, denunciando “o legado de uma mentalidade colonial”. Por AFP, na ISTOÉ O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus (Foto: FABRICE COFFRINI / AFP via Getty Images) “Esses tipos de comentários racistas não contribuem em nada para avançar. Vão contra o espírito de solidariedade. A África não pode e não será um campo de testes para nenhuma vacina”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, ex-chefe de diplomacia Etíope, durante uma conferência de imprensa virtual. “O legado da mentalidade colonial deve acabar”, acrescentou. Embora não tenha especificado a quais cientistas se referia, recentemente uma polêmica eclodiu na França e na África devido a uma conversa entre o diretor de pesquisa do Instituto Francês de Pesquisa Médica (Inserm), Camille Locht, ...

    Leia mais

    China e países africanos promovem cooperação na luta contra a epidemia

    Recentemente, um pequeno vídeo sobre experiências chinesas na luta contra o COVID-19 foi amplamente transmitido nas redes sociais em Angola. Produzido pelos estudantes angolanos em Xiamen, o vídeo apresentou ao povo angolano as medidas de prevenção da epidemia que eles aprenderam na China. Do Portuguese Reprodução/Twitter O presidente angolano, João Lourenço, elogiou na sua rede social as experiências de prevenção da epidemia e a autodisciplina dos chineses e pediu que o povo angolano siga o exemplo para vencer a doença. O coordenador do Comitê Interdepartamental de Prevenção do COVID-19 de Angola, também ministro da Defesa do país, Pedro Sebastião, disse no dia 1º de abril que a luta bem sucedida contra o COVID-19 na China ganhou tempo precioso e ofereceu experiências úteis para o mundo. O lado angolano agradeceu a China pelo apoio dado ao país e à África, e espera que as duas partes continuem ...

    Leia mais
    Ivory Coast's striker Didier Drogba poses before their International friendly football match against South Korea at Loftus Road Stadium in London, England, on March 3, 2010. AFP PHOTO/GLYN KIRK Foto: GLYN KIRK

    Eto’o e Drogba detonam médicos que sugeriram teste para vacina contra a Covid-19 na África

    Camaronês e marfinense apontam racismo na proposta dos pesquisadores Do O Globo Ivory Coast's striker Didier Drogba poses before their International friendly football match against South Korea at Loftus Road Stadium in London, England, on March 3, 2010. AFP PHOTO/GLYN KIRK Foto: GLYN KIRK Dois dos maiores ídolos do futebol africano, o camaronês Samuel Eto'o e o marfinense Didier Drogba, reagiram com revolta às declarações de dois médicos franceses que sugeriram o teste de vacinas contra o coronavírus na África. Durante um programa de TV, o professor Jean-Paul Mira, do Cochin Hospital, em Paris, sugeriu que o continente fosse usado para os testes porque "não tem máscaras, nem tratamento" para a doença. Outra debatedora, Camille Locht, do Instituto Nacional da Saúde e da Pesquisa Médica, concordou e disse que a ideia está sendo "seriamente considerada". Pouco depois, Eto'o usou uma rede social para compartilhar o vídeo ...

    Leia mais
    Foto: Getty Images

    Coronavírus e África: reflexos

    Os dados sobre o Coronavírus-19 no Continente Africano são poucos. Nas principais agencias de noticias o assunto é escasso e apresenta uma oscilação em relação aos números dos países afetados e total de casos confirmados. O Globo registra mais 42 países africanos com casos confirmados; na sua maioria pessoas que vieram do exterior. Já o Terra, no dia 21 de março, fala em 40 países afetados, o Jornal de Angola apresenta 38 países, e o Observatório da África apresenta um total de 29 países atingidos pela pandemia. Por  Gilda Portella, enviado para o Portal Geledés Foto: Getty Images Por que não se fala sobre a pandemia do Covid-19 na África? Invisíveis para quem? Por quê? Quem não consegue ver que estatísticas não são meros números. São vidas. São vidas negras. E vidas negras importam. As concepções brasileiras de ciência, de doença, vida e morte são baseadas numa ...

    Leia mais
    (Baz Ratner/Reuters)

    Coronavírus acelera o êxodo urbano na África

    Muitos temem a fome caso não abandonem as cidades Por AGENCE FRANCE PRESSE, do O Tempo (Baz Ratner/Reuters) Há alguns dias, centenas de pessoas caminham, em fila indiana, pela avenida nacional 7 para fugir da capital de Madagascar, Antananarivo, confinada devido ao coronavírus, um êxodo que surpreende inclusive a polícia neste país africano. Um deles é Richard Rakotoarisoa, que caminhava ao lado de muitas pessoas na RN7 com destino ao sul. "Paramos de trabalhar para respeitar a disciplina do confinamento, apesar da necessidade de alimentar nossos filhos", explica o pai de família de 30 anos. Ele partiu durante a madrugada com os dois filhos e uma bicicleta, além de alguns pertences, rumo à cidade de Antsirabe, a mais de 150 quilômetros de distância, onde estão sua mulher e o restante da família. "Não sabemos quando chegaremos, mas nos preparamos para passar noites na estrada e dormir ...

    Leia mais
    Crianças usam álcool em gel em uma igreja evangélica em Ouagadougou, Burkina Faso Foto: FINBARR O'REILLY / Finbarr O'Reilly/The New York Times

    Experiência com epidemias vem ajudando a conter disseminação do coronavírus na África

    Medidas restritivas foram tomadas de maneira preventiva; analistas, no entanto, temem que propagação possa ser rápida em países mais pobres Por Marina Gonçalves, do O Globo Crianças usam álcool em gel em uma igreja evangélica em Ouagadougou, Burkina Faso Foto: FINBARR O'REILLY / Finbarr O'Reilly/The New York Times Quando países europeus, como a Itália ou a Espanha, ainda tomavam medidas leves em relação aos primeiros casos de coronavírus na China, as nações africanas entraram em alerta. As cicatrizes da proliferação do ebola no continente, que entre os anos 2014 e 2016 deixou mais de 11 mil mortos e cerca de 28 mil infectados, ainda estavam abertas. Mas é justamente a experiência em assistência básica que diversos países adquiriram no combate à epidemia uma das explicações para a até agora lenta propagação do coronavírus na região, somada à expectativa de vida mais baixa em média no continente ...

    Leia mais

    52 nomes africanos femininos e masculinos para o seu bebê

    O continente africano é gigantesco, composto por 54 países e com mais de 900 milhões de pessoas. no Dicionário de Nomes Próprios Devido a isso, é muito diverso culturalmente, possuindo cerca de 2 mil línguas e dividido em 2 regiões principais: África do Norte e África Subsaariana. Se você quer saber mais sobre nomes africanos, simplesmente descobrir o significado do seu nome ou escolher algum deles para o seu bebê, então vem adentrar nesse universo! São 52 ótimas sugestões de nomes femininos e masculinos, muitos de origem africana e outros provenientes da colonização e da aculturação. Nomes africanos femininos 1. Zuri A partir da língua suaíli, presente principalmente na África Oriental, esse nome significa “linda”, “bonita”. Uma personalidade conhecida que o carrega é a repórter Zuri Hall. 2. Amara Mais um nome feminino que possui um lindo simbolismo, ele tem origem na língua Igbo, tradicional da Nigéria, e significa “graça, ...

    Leia mais

    Moçambicanos na África do Sul: “O coronavírus vai matar-nos à fome”

    A África do Sul entra esta quinta-feira em confinamento obrigatório de três semanas. Só serão permitidas deslocações essenciais a supermercados, hospitais ou farmácias. Imigrantes moçambicanos temem ficar sem sustento. Por Milton Maluleque, Do DW (Foto: Reuters/M. Hutchings) Para estancar a propagação de infeções com o novo coronavírus, todo o território sul-africano passa a estar em confinamento obrigatório. A medida entra em vigor às 23:59 desta quinta-feira (26.03) e mantém-se até à meia-noite de 16 de abril, num total de três semanas. O Exército foi destacado, a nível nacional, para prestar assistência à polícia e manter as pessoas em casa. Uma ação justificada por se terem registado várias violações às medidas impostas pela declaração de uma emergência nacional. A África do Sul registou o primeiro caso positivo de Covid-19 a 05 de março na província de KwaZulu-Natal. Entretanto já conta com mais de 900 casos registados, segundo ...

    Leia mais
    Página 1 de 497 1 2 497

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist