“Com que Adinkra que eu vou?” Celebra a africanidade brasileira no carnaval do Sesc Consolação 

Inspirada na simbologia africana Adinkra, a programação de carnaval terá os cortejos com os Afoxé Amigos do Katendê, Folia do Manuí, Bloco de Pífanos de São Paulo, Bloco das Emílias e Viscondes e Grupo Batakerê; fanfarra com a Cia. Mar de Teatro, oficinas de confecção de máscaras, de abadás e arranjos de cabeça, alegria, folia e muito mais. A programação já começou e se estende até 29/2

carnaval deste ano já começou no Sesc Consolação, que preparou uma programação festiva para crianças de todas as idades e suas famílias. Serão quatro dias de folia: 10, 11, 12 e 13 de fevereiro (sábado a terça), das 12h às 17h, no Ginásio Vermelho,lembrando que na Quarta-Feira de Cinzas a unidade estará fechada. Além disso, a programação se estenderá até 29 de fevereiro. A entrada é gratuita.

O tema do Carnaval é “Com que Adinkra que eu vou?“, inspirado na arte adinkra, um conjunto de símbolos e ideogramas pertencentes ao povo Ashanti, atualmente localizado, principalmente, em Gana, Burkina Faso e Togo, países da África Ocidental; os adinkras são utilizados em tecidos, cerâmica e outros objetos. Tais elementos expressam a sabedoria, valores morais e provérbios da história oral da cultura Ashanti, que influenciou e pode ser vista na arte, arquitetura e vestimentas no Brasil. 

Com que Adinkra que eu vou?” nos conecta com nossas raízes brasileiras de origens africanas. Esses símbolos estão presentes em outros lugares do globo, especialmente, em consequência da diáspora africana; o tema nos ajuda a ressignificar a diáspora. Tudo isso repleto de musicalidade, imaginação e a dança, que não podem faltar nesse festejo!

O público ainda pode lançar mão da criatividade e eleger um símbolo adinkra para estampar sua fantasia de carnaval, escolhendo o significado que irá trajar-se nessa brincadeira vibrante.  

Confira os detalhes de toda a programação e venha curtir o carnaval do Sesc Consolação.  

PRÉ-CARNAVAL

ESCRITÓRIO 

Ateliê Carnavalizar 

Com LEVA – Laboratório Experimental de Vivências Artísticas 

Leva Monstros, Máscaras e Gigantes para brincar o carnaval!  

É um espaço de criação e experimentação artística, no qual os participantes irão experimentar propostas no campo das artes visuais, utilizando diferentes materiais e técnicas como: colagem, pintura, desenho, processos de gravação e impressão, na construção de trabalhos autorais. 

9/2, sexta, das 14h30 às 17h30. ETA – Espaço de Tecnologia e Arte. De 6 a 12 anos. Entrega de senhas no local 30 minutos antes. 


CARNAVAL “COM QUE ADINKRA QUE EU VOU? 

10 a 13/2. Sábado a terça, das 12h às 17h. Ginásio Vermelho (2º andar)  
GRÁTIS. Livre  

OFICINAS 

De 10 a 13/2, sábado a terça, das 12h às 15h.  

Turmas: 12h, 13h, 14h 

Retirada de senhas no local. Vagas limitadas.  


Adereços e Mini Estandartes com Pé de Brincadeira

Nesta oficina as crianças são convidadas a confeccionarem adereços de cabeça, divertidos, e mini estandartes. 

10 a 13/2, sábado a terça, das 12h às 15h. Livre. 


Make de carnaval corporal e facial 

Com Tsika Cultural 

A atividade celebra a cultura brasileira e a liberdade de pular o carnaval com o encanto dos povos que nos são verdadeiras referências de beleza. Tsika no dialeto regional Xhosa, presente no sul da África, significa integridade e dignidade; seu símbolo é um adinkra.  

10 a 13/2, sábado a terça, das 12h às 15h. Livre.


Balançando os Xequerês 

Com o projeto Brincar D’África 

Dentro de uma perspectiva de produção brincante para o carnaval, as crianças são convidadas a confeccionar xequêres festivos para tocar e dançar. Os xequêres são instrumentos de percussão de origem africana, que chegaram ao Brasil no século XIX. 

10 a 13/2, sábado a terça, das 12h às 15h. Livre.  


Máscaras Africanas 

Com Xire de Quintal  

Com oficinas temáticas de referências do continente africano, especialmente dos povos da África subsaariana, a atividade propõe a confecção de máscaras com símbolos adinkras. 

10 e 11/2, sábado e domingo, das 12h às 15h. A partir de 6 anos. 


Com que Adinkra que eu vou? 

Com Xire de Quintal 

Com oficinas temáticas de referências do continente africano, especialmente dos povos da África subsaariana, a atividade possibilita a confecção de abadás com estamparia de símbolos adinkras, que serão escolhidos pelo público. 

12 e 13/2, segunda e terça, das 12h às 15h. Livre 


INTERVENÇÕES MUSICAIS 
 

DJ Folia 

Com as DJs do coletivo TPM na Pista 

Discotecagem de músicas de carnaval como axé, samba e marchinhas. Ao longo da programação, teremos uma DJ para cada dia, trazendo assim uma diversidade de som e representatividade de gênero, com DJs mulheres, negras, trans e LGBTQIA+, formadas pela DJ Miria Alves no projeto TPM (Todas Podem Mixar). 

10 a 13/2, sábado a terça, das 12h às 15h. Livre 


Afoxé Amigos do Katendê 

Os Amigos do Katendê realizam um cortejo de afoxé, que abre o carnaval do Sesc Consolação. Por meio de suas composições, ritmos, toques e danças, o grupo é responsável por manter vivo o legado do Mestre Môa do Katendê, disseminando e fortalecendo a voz e a cultura do povo negro através dessa riquíssima manifestação afro-brasileira.  

10/2, sábado, das 15h às 16h. Livre.  


Elas Musicalmente Viajantes 

Com Cia. Mar de Teatro 

Uma pequena fanfarra itinerante convida o público de todas as idades a embarcar em uma viagem musical. O grupo é composto por mulheres atrizes e musicistas, tocando instrumentos de sopros e percussão, junto com uma comandante, que conduzirá um estandarte em forma de mapa do Brasil; e o público escolherá o repertório de um estado para elas tocarem. O espetáculo é uma celebração ao fazer musical das mulheres brasileiras. 

11/2, domingo, das 15h às 16h. Grátis. 


Folia do Manuí 

Um grupo de dez foliões, entre músicos e brincantes, promove em cortejo brincadeiras e danças coletivas com bonecões, que representam personagens simbólicos da cultura popular brasileira de rua e do carnaval, como Mboi Tatá, a cobra de fogo, o saci, o bumba meu boi, a burrinha, a bruxa e o rei. Também serão homenageados personagens marcantes da cultura brasileira, como Lia de Itamaracá e Milton Nascimento. 

11/2, domingo, das 16h às 17h. Livre. 


Afoxé Amigos do Katendê 

Os Amigos do Katendê realizam um cortejo de afoxé, que abre o carnaval do Sesc Consolação. Por meio de suas composições, ritmos, toques e danças, o grupo é responsável por manter vivo o legado do Mestre Môa do Katendê, disseminando e fortalecendo a voz e a cultura do povo negro através dessa riquíssima manifestação afro-brasileira.  

10/2, sábado, das 15h às 16h. Livre.  


Elas Musicalmente Viajantes 

Com Cia. Mar de Teatro 

Uma pequena fanfarra itinerante convida o público de todas as idades a embarcar em uma viagem musical. O grupo é composto por mulheres atrizes e musicistas, tocando instrumentos de sopros e percussão, junto com uma comandante, que conduzirá um estandarte em forma de mapa do Brasil; e o público escolherá o repertório de um estado para elas tocarem. O espetáculo é uma celebração ao fazer musical das mulheres brasileiras. 

11/2, domingo, das 15h às 16h. Grátis. 


Folia do Manuí 

Um grupo de dez foliões, entre músicos e brincantes, promove em cortejo brincadeiras e danças coletivas com bonecões, que representam personagens simbólicos da cultura popular brasileira de rua e do carnaval, como Mboi Tatá, a cobra de fogo, o saci, o bumba meu boi, a burrinha, a bruxa e o rei. Também serão homenageados personagens marcantes da cultura brasileira, como Lia de Itamaracá e Milton Nascimento. 

11/2, domingo, das 16h às 17h. Livre. 


Bloco de Pífanos de São Paulo 

Inspirado nas bandas de pífano tradicionais do sertão nordestino, o Bloco de Pífanos de São Paulo busca popularizar a flauta de taboca no carnaval paulistano. O repertório vai desde músicas tradicionais das bandas cabaçais, valsas, forrós e marchas, a músicas do universo carnavalesco, como marchinhas e frevos.  

12/2, segunda, das 15h às 16h. Livre. 


Bloco das Emílias e Viscondes 

O tradicional bloco de carnaval da Vila Buarque, criado pelo Instituto Espaço Arterial em parceria com a Biblioteca Monteiro Lobato e as Escolas Estaduais Arthur Guimarães e Professora Marina Cintra, tem as crianças do bairro como protagonistas. No repertório, marchinhas que homenageiam os personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo. 

12/2, segunda, das 16h às 17h. Livre. 


Grupo Batarere 

O grupo artístico Batakerê, da Zona Leste de São Paulo, realiza um cortejo inspirado nos blocos de rua da Bahia. As levadas percussivas de samba reggae, samba de roda e afoxé criam um espaço de festa, alegria e manifesto afro-brasileiro.  

13/2, terça, das 15h às 16h. Livre. 


INSTRUMENTAL SESC BRASIL
 

Silvanny Sivuca e Bateria Feminina 

A percussionista Silvanny Sivuca apresenta-se com a Bateria Feminina, composta por mais 4 percussionistas e 2 instrumentistas de sopros. Além de carisma e alegria, elas trazem a força da percussão com um repertório autoral e músicas carnavalescas. 

13/2, terça, das 19h às 20h30. Teatro Anchieta, com transmissão ao vivo pelo YouTube do ISB. Ingressos disponíveis no dia da apresentação a partir das 12h no App Credencial Sesc SP, e a partir das 17h, nas bilheterias das Unidades do Sesc no dia. Livre



 AULA ABERTA  
 

Sesc Verão 
Badminton Samba 
Com Sebastião Miratus 

Badminton Samba reúne passos de samba às técnicas do badminton. Sebastião de Oliveira, profissional de Educação Física, fundador da Associação Miratus, encontrou nas batidas do pandeiro um potencial para o desenvolvimento das técnicas do Badminton. Foi assim que surgiu o Bamon, metodologia de treinamento socioesportivo única, que combina o estilo de jogo da escola asiática com o estilo de vida carioca. 

Até 24/2, sábados, das 14h30 às 16h. Sala GMF. A partir de 12 anos 


Sesc Verão 
Ritmos do Verão 
Com Kamila Rodrigues, Lilian Souza e Liliane Peres 
A cada mês, o projeto “Vem Dançar” apresenta um ritmo e uma nova maneira de dançar. No mês do carnaval, o convite é para dançar nos “Ritmos do Verão”: Zouk, Salsa, Merengue, Bachata, Cha cha e Lambada. 

25/2, domingos, das 14h30 às 16h. Sala de GMF. A partir de 12 anos. 


 
OUTRAS ATIVIDADES  
 

Cine-Criança Trolls 2 
Dir. Walt Dohrn, 2020, EUA, 91min 

Branch e Poppy descobrem que existem outros Trolls que também amam música. Tudo vai bem até que a Rainha Barb deseja acabar com os ritmos e tornar o rock rei absoluto. 

11/2, domingo, das 11h às 12h30. Espaço Provisório. Livre. Entrega de senhas no local 30 minutos antes.  


Senhor do Tempo 

Texto e dir. Carla Candiotto. 60 min.  

Momo, uma menina órfã que aparece misteriosamente em uma cidade e vai morar nas ruínas de um antigo teatro abandonado, pouco a pouco ensina as crianças do lugar a despertarem novamente o prazer de brincar. Tudo parece fazer sentido até que Seres Cinzas aparecem e começam a frequentar a cidade com uma finalidade clara: comprar o tempo das pessoas.  

Até 24/2, sábados, 11h. Teatro Anchieta. Livre. 

Valor do ingresso: R$30 (inteira), R$15 (meia entrada) e R$10 (credencial plena) | Grátis para crianças até 12 anos. | Venda de ingressos no App Credencial Sesc SP e nas bilheterias das Unidades do Sesc. 


Teatro Bom dia, Eternidade 

Estreia nacional da nova obra teatral de O Bonde. 120 min.  

Quatro irmãos negros e idosos que sofreram um despejo quando crianças 

recebem a restituição do terreno após quase 60 anos e se reencontram 

para decidir o que fazer. Um mosaico de histórias reais e ficcionais são 

costuradas no quintal da antiga casa ao cheiro de um bom café e do som de um velho samba. 

Até 25/2, sextas e sábados, 20h.  

Domingos e feriado, 18h. 

15/ e 22/2, quintas, 15h. Teatro Anchieta. Livre 

Valor do ingresso: R$50 (inteira), R$25 (meia entrada) e R$15 (credencial plena) | Venda de ingressos no App Credencial Sesc SP e nas bilheterias das Unidades do Sesc. 


Espaço de Brincar  

Com educadores(as) em atividades Infantojuvenis do Sesc  

Um espaço livre e interativo, que contempla a ideia da convivência lúdica entre as crianças de até 6 anos e entre elas e seus acompanhantes, aproximando a descoberta do brincar na infância e as experiências vividas pelos adultos. 

 2 a 23/2, sábados, domingos e feriados, 10h às 14h; 14h30 às 17h. Sala GMF. Crianças até 6 anos, acompanhadas de responsáveis.  


PÓS-CARNAVAL 
 

INTERVENÇÕES MUSICAIS 
 

Vivência de bateria mirim 

Com integrantes do Bloco das Emílias e Viscondes 

Nesta vivência, crianças, mães e pais são convidados a experimentar tocar os instrumentos tradicionais de percussão de escolas e blocos de carnaval. Na sequência acontece um baile de pós-carnaval com o Bloco das Emílias e Viscondes, integrado por crianças moradoras da Vila Buarque e arredores.  

17/2, sábado, das 14h às 16h. Convivência. Livre. 


 
Bloco das Emílias e Viscondes  

Na despedida do carnaval, o Bloco das Emílias e Viscondes promove um cortejo pós-carnaval para crianças e famílias com muito alto astral! 

17/2, sábado, das 16h às 17h30. Convivência. Livre. 


André Luis e Samba da Chibata 

O grupo, que apresenta sambas-enredos e outros clássicos, é liderado pelo cantor André Luis, acompanhado de três percussionistas, violão e cavaquinho.  

24/2, sábado, das 16h às 17h30. Ginásio Vermelho. Livre. 


VIVÊNCIA 
 

A Dança do Mestre Sala e Porta Bandeira – Resistência com Elegância 

Com Mestre Gabi e Vivi Soberana 

Nesse encontro Mestre Gabi, acompanhado da porta-bandeira Vivi, conversa sobre as suas histórias de vida profissional e sambística, quebrando as barreiras do preconceito e, na sequência, conduzem uma vivência de dança de mestre-sala e porta-bandeira para a turma foliã da terceira idade. O encerramento se dá com a apresentação dos sambistas, levando alegria e elegância nos passos de samba! 

29/2, quinta, das 10h às 12h. Convivência. A partir de 60 anos. 
 


Horário de funcionamento no Carnaval 

Durante o período do Carnaval o Sesc Consolação funcionará em horário diferente do habitual. Confira a seguir:  

Sábado, 10/2 

10h às 20h 

Domingo, 11/2 

10h às 18h 

Segunda, 12/2 

10h às 18h 

Terça, 13/2 

10h às 19h  

Quarta, 14/2 

Unidade fechada 


Sesc Consolação    

Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo      

Metrô Higienópolis-Mackenzie    

Informações: (11) 3234-3000    

SiteSesc Consolação

Facebook, Instagram e Twitter: /consolacao    

+ sobre o tema

Álbum solo “Boogie Naipe” do Mano Brown é indicado ao Grammy Latino

Após anos de muita expectativa, o álbum de estreia...

Conheça Filhas do Pó, primeiro filme de uma cineasta negra distribuído nos Estados Unidos

Se Filhas do Pó fosse uma grande produção hollywoodiana,...

Conheça os nomes que deverão causar na cena musical em 2018

Entre IZA e Karol Conka, veja cinco artistas que...

Kendrick Lamar coloca soldados para marchar contra o racismo no Grammy 2018

Kendrick Lamar foi um dos grandes destaques da noite...

para lembrar

spot_imgspot_img

Selo Sesc lança Relicário: Dona Ivone Lara (ao vivo no Sesc 1999)

No quinto lançamento de Relicário, projeto que resgata áudios de shows realizados em unidades do Sesc São Paulo nas décadas de 1970, 1980 e 1990,...

Chega a São Paulo Um defeito de cor, exposição que propõe uma revisão historiográfica da identidade brasileira por meio de uma seleção de obras em...

De 25 de abril a 1º de dezembro, o Sesc Pinheiros recebe "Um Defeito de Cor". Resultado da parceria entre o Sesc São Paulo...

Aos 76, artista trans veterana relembra camarins separados para negros

Divina Aloma rejeita a linguagem atual, prefere ser chamada de travesti e mulata (atualmente, prefere-se o termo pardo ou negro). Aos 76 anos, sendo...
-+=