A libertação de Mandela

A libertação de Mandela tornou-se uma das principais bandeiras do movimento contra o apartheid. As tímidas mudanças promovidas pelo então presidente Pieter Botha, em 1986, foram seguidas de reformas mais profundas, articuladas a partir de 89 por seu sucessor, Frederik de Klerk. De Klerk revogou, uma a uma, as leis racistas do apartheid e iniciou entendimentos com o CNA. Em fevereiro de 1990, Mandela foi colocado em liberdade, após 28 anos de prisão.

As reformas de Frederik de Klerk foram apoiadas em plebiscito realizado em 92. Foi a última consulta popular restrita à população branca. Dois anos depois, em abril de 94, foram realizadas as primeiras eleições multirraciais da história da África do Sul. Eleições vencidas por Nelson Mandela.

Com o fim da Guerra Fria, a África perdeu sua importância relativa. Nos anos 90, o continente foi de novo entregue ao esquecimento. Os Estados africanos, artificialmente divididos, ainda são cenário de guerras civis provocadas por ódios tribais. Muitas ditaduras são mantidas através das armas, e a doença, a fome e a seca continuam ceifando a vida de milhões de pessoas.

A miséria da África não tem causas naturais. Ela é um legado da escravidão, da dominação colonial e, na segunda metade do século XX, do jogo entre as superpotências durante a Guerra Fria. O mundo tem uma dívida para com a África. Uma dívida infinita.

+ sobre o tema

Patrice Lumumba

Faz agora meio século. Foi a 17 de Janeiro...

Steve Biko

Grandes mudanças estão para acontecer na África do Sul....

África do Sul emite dinheiro com a imagem de Nelson Mandela

As autoridades da África do Sul anunciaram neste sábado...

para lembrar

Mandela deixa sua casa para viagem pela 1ª vez após doença

O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela se...

A morte de Nelson Mandela traria o caos à África do Sul?

Já se tornou um ritual terrivelmente comum. As autoridades...

Médicos não param máquina enquanto houver sinais vitais

Denis Goldberg - que, a convite de Graça Machel,...
spot_imgspot_img

Relações África-América Latina: o legado de Desmond Tutu

O falecimento do arcebispo anglicano sul-africano Desmond Tutu, em 26 de dezembro de 2021, nos faz recordar o pouco interesse latino-americano em temas africanos....

‘Aké’ é oportunidade de ler Wole Soyinka, um dos maiores nomes da África

Muitos autores, como Liev Tolstói, Graciliano Ramos e J. M. Coetzee, se debruçaram sobre suas memórias de infância para construir grandes obras ficcionais e memorialísticas. Esse também é...

Nelson Mandela: quem foi, onde nasceu, quando foi preso e outras dúvidas

Saiba tudo sobre Nelson Mandela: quem foi, onde nasceu, quando foi preso e outras dúvidas. Comemorado em 18 de julho, o Dia Internacional Nelson Mandela...
-+=