‘A primeira medalha olímpica da ginástica feminina é de uma mulher negra.’ Daiane celebra triunfo de Rebeca Andrade

“Durante muito tempo disseram que as pessoas negras não poderiam fazer alguns esportes”, disse a ex-ginasta, que celebrou a conquista histórica

Ao som do funk do Baile de Favela, a brasileira Rebeca Andrade conquistou a medalha de prata na ginástica artística dos Jogos Olímpicos, nesta quinta-feira (29). Ela somou 57,298 pontos e ficou atrás somente da estadunidense Sunisa Lee, que alcançou 57,433 pontos.

Rebeca Andrade tornou-se a primeira mulher a conquistar uma medalha pelo Brasil na ginástica artística dos Jogos Olímpicos. A vitória rendeu um belo discurso da ex-ginasta Daiane dos Santos.

“Durante muito tempo disseram que as pessoas negras não poderiam fazer alguns esportes e a primeira medalha olímpica da ginástica feminina é de uma mulher negra. Tem uma representatividade muito grande por trás de tudo isso”, disse, emocionada, durante a transmissão da Rede Globo. “Uma menina que veio de uma origem muito humilde, foi criada por uma mãe solo porque o pai da Rebeca é vivo, mas não é presente na vida dela. Aguentou tudo o que ela aguentou, todas as lesões e está aí para ser a segunda maior atleta do mundo. Uma brasileira.”

A jornalista e escritora Eliana Alves Cruz também louvou o triunfo de Rebeca em Tóquio. “A 1ª medalha mundial da ginástica feminina brasileira foi Daiane dos Santos. A 1ª medalha olímpica foi Rebeca Andrade, uma filha de uma mãe solo como são tantas de nós. Deus é uma mulher negra. A palavra orgulho não define o que sinto neste momento”, postou em seu perfil no Twitter.

Por muito pouco Rebeca não conquistou o ouro, mas deu um passo para fora no solo do Baile de Favela e perdeu alguns pontos. Apesar do pequeno erro, ela se manteve à frente da russa Angelina Melnikova, que teve 57,199 pontos, e ficou com o bronze.

Rebeca Andrade em busca de novas medalhas

Durante o circuito da final da ginástica individual feminina, Rebeca começou a exibição no salto, o aparelho em que é mais forte, e teve 14, 636 pontos. Depois, a brasileira se apresentou nas barras assimétricas e atingiu 14,666 pontos. Em seguida, a jovem atleta de 22 anos conquistou 13,666 pontos na trave. Por fim, na apresentação no solo, recebeu 13,666 pontos, que permitiu a inédita prata.

Rebeca Andrade terá novas oportunidades de subir ao pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio. No próximo domingo, (1º), às 5h45, a ginasta brasileira participará da decisão do salto e, no dia seguinte, no mesmo horário, ela disputa a final do solo.

+ sobre o tema

A potência de mulheres negras à frente das câmeras e na direção de filmes

Em 25 de julho é celebrado o Dia Internacional...

Processo de reconhecimento de paternidade fica mais fácil

Inclusão do nome do pai poderá ser pedida no...

Sakamoto: Hulk esmaga. Silas Malafaia arrebenta

O líder da Igreja Vitória em Cristo é conhecido...

Primeira prefeita negra eleita, Tânia Terezinha quebra preconceitos

O município de Dois Irmãos, no Vale do Sinos,...

para lembrar

Deus é homofóbico?

"Não é homofobia... é a palavra de Deus." A frase,...

Dilma muda MP 557!

Após pressão do movimento de mulheres e do Conselho...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=