Ativistas criticam escolha de Raymond Kelly para secretário de segurança

O comissário de polícia foi criticado pela política de revistar suspeitos nas ruas (stop-and-frisk) e o programa de monitoramento de muçulmanos

No domingo (21), grupos defensores dos direitos dos negros e latinos realizaram uma manifestação contra a indicação do comissário de polícia, Raymond Kelly, para secretário do Departamento de Segurança Interna (DHS), órgão que supervisiona o Departamento de Imigração (ICE).

“Este comissário codificou e legalizou o preconceito racial”, disse Anthony Miranda, sargento aposentado do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) e presidente da Associação Nacional das Autoridades Latinas. “Nós não podemos deixar que ele leve o preconceito racial a nível nacional”.

Miranda e outros líderes, mobilizados em frente à sede da Polícia, criticaram Kelly pela política de revistar suspeitos nas ruas (stop-and-frisk) e o programa de monitoramento de muçulmanos.

Durante uma entrevista de televisão semana passada, o Presidente Obama disse que Kelly seria “bastante qualificado” para ser secretário de segurança interna, substituindo Janet Napolitano. Entretanto, críticos discordaram, alegando o grande número de latinos e negros inocentes que são parados nas ruas e questionados.

“Os direitos civis dos cidadãos têm sido violados milhares de vezes”, disse Noel Leader, sargento aposentado do NYPD e co-fundador do grupo 100 Negros no Cumprimento das Leis. “Por que aprovar alguém com esse histórico”, questionou.

Kelly defende veemente a legalidade e eficácia da parada de indivíduos nas ruas para interrogatório e o monitoramento das vizinhanças muçulmanas.

A atual secretária do DHS, Janet Napolitano, deixará o cargo no final do verão para liderar o sistema da Universidade da Califórnia (UC), confirmou o canal de TV ABC News. Ela, que ocupou o cargo desde a primeira posse do Presidente Obama, deverá deixar a posição até o final de agosto, quando as aulas de outono da universidade começarem.

Através de um comunicado, Napolitano considerou a sua atuação no DHS “o ponto máximo de minha carreira profissional” e acrescentou que os 240 mil empregados do órgão “trabalharam juntos para minimizar ameaças de todos os tipos contra a população americana”.

“Após quatro anos focalizando nesses desafios, eu serei nomeada a presidente da Universidade da Califórnia para atuar na educação da nossa próxima geração de líderes”, disse ela.

“Eu quero agradecer à Secretária Napolitano por seu trabalho de destaque em prol do povo americano ao longo de quatro anos”, comentou Obama através de um comunicado. “No Departamento de Segurança Interna, o currículo de Janet inclui alguns dos piores desafios enfrentados pelo nosso país”.

“Desde o primeiro dia, a Janet liderou o esforço de minha administração em aumentar a segurança na fronteira, distribuir uma quantidade histórica de recursos, ao mesmo tempo adotar medidas que tornem o nosso sistema migratório mais justo e mais consistente com nossos valores”, disse Obama.

O próximo secretário da segurança interna terá que administrar as medidas de segurança na fronteira e garantir o uso do E-Verify, o programa de identificação de trabalhadores utilizado para verificar o status migratórios de empregados.

Napolitano, ex-governadora do Arizona, assumirá a administração de um sistema cujo orçamento anual é de quase US$ 24 bilhões e envolve 200 mil alunos. Ela graduou-se na Santa Clara University e a primeira mulher da instituição de ensino a se formar com honras.

Por: Leonardo Ferreira

 

Fonte: Brazilian Voice

+ sobre o tema

Obama afirma que reanimar a economia é sua tarefa mais urgente

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considera que...

Tribunais são enviesados contra mulheres e negros e não fazem justiça, diz advogada da OAB

Os Tribunais de Justiça são enviesados e, por isso,...

O tal “panelaço” tem cara, grife, cor e endereço, nobre, diga-se de passagem

O tal "panelaço", importado da Argentina, de que  grande...

O silêncio da mídia diante da denúncia de golpe do fotógrafo brasileiro ganhador do Pulitzer

Dez dias atrás, o fotógrafo Mauricio Lima foi festejado pelos grandes meios...

para lembrar

Sérgio Martins – Lucros Abusivos, onde? Nas corporações capitalistas?

Um fato inusitado ocorreu no dia 03 outubro, quando...

Mascotes viraram sucesso no Pan

Angela Moraes As vendas de souvenirs no México estão disparadas....

Câmara italiana aprova lei anti-imigração

Fonte: Folha de São Paulo - Mundo - (Foto:...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Barack Obama elege seus filmes favoritos de 2023; veja lista

Tradicionalmente, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, escolhe seus filmes, músicas e livros favoritos do ano. Nesta quarta-feira (27), Obama compartilhou em suas...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...
-+=