Começa em Belém Fórum Social Pan – Amazônico

Fonte: Ciranda.Net

Começa em Belém jornada pelos povos da Amazônia Peruana

Abertura do seminário de 3 dias do Fórum Social Pan-Amazônico é dedicada à luta indígena contra a entrega de patrimônio natural a corporações multinacionais

Gillermo Ñaco (foto) e Shunita, representantes do povo Ashaninka, do Perú, farão a abertura do encontro em que indigenas e lideranças sociais de distintas regiões da Pan-Amazônia debaterão como seu o problema enfrentado pelos peruanos.

Os povos originários da Amazônia Peruana lutam atualmente para defender suas terras ancestrais, ameaçadas pela aplicação do Tratado de Livre Comércio entre Peru e Estados Unidos, e sua resistência já custou a vida de dezenas de indígenas em enfrentamentos com a polícia e o exército do governo Alan García.

O Encontro Pan-Amazônico será aberto na próxima terça-feira, às 19 horas, no Hotel Beira Rio, com a instalação da Jornada de Solidariedade aos Povos da Selva Peruana. Além de Ñaco e Shunita, a mesa coordenada por Luiz Arnaldo Campos, do FSPA (Fórum Social Pan-Amazônico) terá a participação da AIDSP (Agencia Interetnica de Desenvolvimento da Selva Peruana)

A realização de uma Mística conta o Neocolonialismo, com o Teatro do Oprimido da organização Unipop dará início à programação intensiva dos dias 15, 16 e 17, com seminários e painés sobre as perspectivas da região sob impactos da a IIRSA e do PAC, o drama das relações estruturadas pelo racismo e o machismo que fazem parte da realidade vivida pelos povos amazônicas, além de exposições e trabalhos de grupo sobre os temas Matrizes energéticas, Terra e Território , Mineração e Migrações Humanas.

A plenária final, de um dia inteiro, definirá agendas e campanhas de luta da Pan-Amazônia, estratégias e mecanismos para a comunicação entre os movimentos de luta, articulação e etapas para a construção do V Fórum Social Pan-Amazônico, que incluirá Encontros Sem Fronteira entre movimentos sociais dos paises da região.

Confira a programação:

Dia 14/07/2009

19h00 – Abertura do Encontro Pan-amazônico (GRAÇA E ALDA). Jornada de Solidariedade aos Povos da Selva Peruana

Mesa: Shunita (Povo Ashaninka) e AIDSEP (Agencia Interetnica de Desenvolvimento da Selva Peruana), Guilhermo Ñaco (Povo Ashaninka)

Coordenação da Mesa: Luiz Arnaldo Campos

 

Dia 15/07/2009

8h30 – Mística Contra o Neocolonialismo: Teatro do Oprimido – Grupo da Unipop – 15 minutos Dia 15/07/2009

8h30 – Mística Contra o Neocolonialismo: Teatro do Oprimido – Grupo da Unipop – 15 minutos

8h45 às 12h00

Seminário A Crise e os planos do capital para a Pan-Amazônia – IIRSA-PAC

Expositores: Miguel Palocin (CAOI) e Guilherme Carvalho (FASE/RB)

Coordenação: Aldalice Otterloo – ABONG / UNIPOP

14h00 as 18h00

População Negra na Pan-Amazônia: Racismo e machismo estruturando as desigualdades sociais

Expositores: Sueli Carneiro (SP) e Charles Moore (BA)

Coordenação: Nilma Bentes – CEDENPA / AMNB

 

Dia 16/07/2009

8h30 às 12h00

População Indígena na Pan-Amazônia: Racismo e machismo estruturando as desigualdades sociais.

Expositores: Gersen Baniwa – UFAM, Almires Guarani (PPGCS/UFPA)

Coordenação: Bekuai Kayapó

14h00 as 17h00

Painéis: Exposições e trabalhos de grupo

1. – Matrizes energéticas – Roquevan Silva (MAB-Brasil) e FOBOMADE (Bolívia);

2. – Terra e Território – Daniel Souza (Quilombola/MALUNGU) e Guilhermo Ñaco (Peru); Nadino Cerda – COFENIAE (Equador); Via Campesina

3. – Mineração – Mário Palácios – CONACAMI (Peru); Mayron Borges – Justiça nos Trilhos (Brasil); José Enivaldo Gonçalves (Fórum contra as mazelas da mineração – Tucumã-PA)

4. – Migrações Humanas; ONIC (Colômbia), Marcel Hazeu – Sodireitos (Brasil) e Jean Michel Aupoint – UTG (Guiana Francesa).

Obs: Os grupos ocorrerão simultaneamente

17h00 as 19h00

Plenária: resultados dos painéis

20h00 – Noite Cultural

 

Dia 17/07/2009

8h30 as 18h00 (com intervalo de 12h30 às 14h00 para almoço)

Plenária final

 

Matéria original: Começa em Belém jornada pelos povos da Amazônia Peruana

+ sobre o tema

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Degola, linchamento e cassação: gente negra pode mesmo eleger e ser eleita?

Imagina se uma vereadora negra de Catanduva (SP) e...

A “selfie” de Obama e o jornalismo apressado

O presidente dos EUA não foi insensível e sua...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

para lembrar

Cigana rouba a cena em posse de ministros

Homens em terno escuro e mulheres usando tailleur se...

Predominantes na classe C, negros movimentaram R$ 760 bilhões em 2012

De cada 100 pessoas que entraram na classe C...

Kanye West é bom apesar das polêmicas que cria

Kanye West entrou para o hall dos encrenqueiros...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=