Conselho Universitário da Unicamp aprova título de Doutores Honoris Causa para Racionais MC’s no marco dos 50 anos do Hip-hop

No marco dos 50 anos do Hip-hop, este movimento que vem transformando as perspectivas da juventude negra, pobre e periférica em todo o mundo, o Conselho Universitário da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) aprovou o título de Doutores Honoris Causa para os membros dos Racionais MCs, Mano Brown, KL Jay, Edi Rock e Ice Blue. O pedido foi realizado pela linha de pesquisa Hip-hop em Trânsito, coordenada pelas professoras Jaqueline Lima Santos e Daniela Vieira, que integra o Centro de Estudos e Migrações Internacionais, dirigido pelo professor Omar Ribeiro Thomaz. Essa também foi uma reivindicação das e dos estudantes da disciplina Tópicos Especiais em Antropologia IV: Racionais MC’s no Pensamento Social Brasileiro, lecionada no segundo semestre de 2022 e que teve a presença dos membros do grupo em uma de suas aulas. Para dar encaminhamento à solicitação, foi formada uma comissão composta pelos professores e pesquisadores Sueli Carneiro, Mário Medeiros, Omar Ribeiro Thomaz e Ricardo Teperman, os quais encaminharam parecer favorável que foi aprovado nesta data, 28 de novembro de 2023.

O grupo de rap que completa 35 anos produziu uma variedade de obras que registra a dinâmica social e que oferece um amplo repertório para compreender a formação das periferias, as desigualdades, as relações raciais, a música negra, as lutas antirracistas, as políticas de segurança pública, a masculinidade e as relações de gênero, as alternativas de sobrevivência e as expectativas da população mais pobre do país. Devido a importância de suas obras, os trabalhos do grupo têm ganhado espaço na formação escolar e não escolar, bem como nas produções acadêmicas que buscam registrar aspectos históricos, sociais, culturais, identitários e políticos da sociedade.

A produção artística do Racionais ajuda a compreender diferentes facetas da história e do cotidiano brasileiro. As letras, como narrativas do cotidiano, colocam em evidência a realidade enfrentada pela população e como os diferentes grupos – considerando raça, gênero e classe – se relacionam e produzem desigualdades e diferenças. A própria história do grupo, como sua formação, a recepção do seu trabalho e as formas de censura e perseguições enfrentadas, revela como se dá a experiência de jovens negros no Brasil. A escolha e composição dos instrumentais de cada uma das músicas traz a tona as referências musicais do universo negro e periférico dos centros urbanos translocais e leva seus interlocutores a conhecer produções de diferentes tempos da história da black music e da música popular brasileira. 

Neste sentido, um olhar sobre a obra do grupo possibilita a construção de um amplo repertório não apenas sobre o Brasil contemporâneo mas, igualmente, sobre experiências das culturas afrodiaspóricas transnacionais. Além disso, responde a uma demanda cada vez mais evidente de estudo e inserção destes trabalhos nos currículos e percursos formativos sobre o país.

A transformação das universidades brasileiras em ambientes mais democráticos e plurais está dada, não tem volta. Nosso viva às diversas formas de produção de conhecimento.

+ sobre o tema

Produtores sergipanos elaboram Mostra de Cinema Negro

“É preciso quebrar as barreiras impostas pelo modelo de...

Alessandra Santos de Oliveira

Alessandra Santos de Oliveira (2 de Dezembro de 1973),...

Lima Barreto, um Intelectual Negro na Avenida Central

Autora: CELI SILVA GOMES DE FREITAS Filiação Institucional: UERJ   }Suas crônicas...

Alfabetização: memórias de um escritor leitor…

Entrevista - Alfabetização: memórias de um escritor leitor... {xtypo_quote}As...

para lembrar

Thriller, clássico de Michael Jackson, será exibido em IMAX nos EUA

Videoclipe de 1982 chegará às telonas junto com sessões...

Jaden Smith anuncia que está namorando rapper famoso acusado de homofobia

Jaden Smith contou a novidade durante o show e...

Liniker: ‘O afeto é uma força política necessária’

Três anos (e três turnês na Europa) depois do...

DJs indígenas militam em favor de igualdade racial e de gênero

Cris Pantoja e Renata Machado caíram na profissão de...
spot_imgspot_img

Beyoncé revela ter psoríase e fala sobre sua relação com o cabelo ao lançar linha de cosméticos

Beyoncé revelou em uma entrevista ter psoríase no couro cabeludo. Ela falou sobre o assunto em uma entrevista à revista "Essence", publicada no site no...

Por que Bob Marley é um ícone dos direitos humanos

Ao se apresentar em junho de 1980 na cidade alemã de Colônia, Bob Marley já estava abatido pela doença. Ainda assim, seu carisma fascinou...

Saiba quem é o neto de Bob Marley que emplacou sucesso na Billboard; ouça a canção

YG Marley, nome artístico de Joshua Marley, neto do icônico cantor de reggae Bob Marley, estreou no Billboard Hot 100 com o single “Praise Jah...
-+=