Coronavírus: Com isolamento, Ministério recebe 1,3 mil denúncias de violações de direitos humanos

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos divulgou, na tarde de hoje, ter recebido 1,3 mil denúncias de violações de direitos humanos em função do isolamento adotado com o avanço da covid-19 no país. Só entre os dias 14 e 24 de março, foram registrados 1.133 relatos em canais do governo.

Do Universa

Imagem de um homem agredindo uma mulher
Aumento de denúncias liga alerta no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (Foto: Getty Images/iStockphoto)

Segundo a pasta, houve “aumento considerável” no número de denúncias desde o dia 19 de março, quando muitos estados e municípios adotaram medidas restritivas no combate ao coronavírus.

“As principais violações registradas são de exposição de risco à saúde, seguida por maus tratos e ausência de recursos para sustento familiar decorrente do impedimento ao deslocamento e acesso a locais e espaços públicos e privados”, diz o ministério em nota.

A ministra Damares Alves, titular da pasta, já havia demonstrado preocupação com o aumento de casos de violência doméstica, já que muitas mulheres ficariam confinadas com seus agressores.

Ao analisar os casos por estado, a pasta afirma que as violações convergem com o avanço do coronavírus nas áreas. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais concentram quase metade das denúncias. Juntos, os três estados somam 1.626 casos confirmados de covid-19 e 67 mortes em decorrência da pandemia — no total, o país registra 2.915 casos e 77 óbitos.

Mortes por coronavírus no Brasil
Por dia, desde a confirmação do primeiro óbito no país

Leia também: 

O cuidado e o feminismo em tempos de pandemia

Coronavírus: violência contra mulher pode aumentar durante quarentena; veja como e onde buscar ajuda

A importância de estarmos juntos, mesmo à distância.

+ sobre o tema

Marina diz em NY que não mudará a economia

Por: CRISTINA FIBE Candidata do PV pede fim de...

Anderson Silva tomba e Cauby canta Cavalo-marinho – por Cidinha da Silva

Dear Spider, Eu não vi sua luta, nem sabia que...

Às agressões humanas, a Terra responde com flores

Mais que no âmago de uma crise de proporções...

para lembrar

Convite: Diálogo sobre DH, Participação e Internet em São Paulo

CMDH - COMISSÃO MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS

Grupo faz ato contra intolerância e discriminação no Centro do Rio

do G1 O auditório da Associação Brasileira de...

Zezé Motta a Feliciano: “A gente vai se livrar desse traste”

Atriz global Zezé Motta acredita que o clamor...

Após passagem por RR, rei da Noruega segue para reserva indígena

Rei Harald V viajou neste dia 22 para...
spot_imgspot_img

Debate na ONU sobre a nova declaração de direitos da população afrodescendente conta com a presença de Geledés

Geledés - Instituto da Mulher Negra esteve presente na sede das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, durante os dias 8 e 9 de...

Google celebra James Baldwin, escritor e ativista dos direitos civis

O Google está prestando uma homenagem a James Baldwin, renomado escritor e ativista dos direitos civis americanos, conhecido por suas obras literárias que abordam temas...

Caixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4

A Caixa Econômica Federal paga nesta terça-feira (23) a parcela de janeiro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS)...
-+=