Deputada se veste de doméstica para homenagear categoria

EM sessão desta terça-feira na Câmara que homenageou o Dia do Trabalhador Doméstico, comemorado no último dia 27, a deputada Benedita da Silva (PT-RJ) falou ao plenário vestida com o uniforme de doméstica, profissão por ela já exercida.

“Não é demagogia estar aqui. É algo da pele, do coração, das veias e da luta”, disse Benedita em seu discurso. Ela pediu que o projeto de lei complementar (PLP 302/13), que regulamenta os direitos e deveres do empregado doméstico, seja aprovado na Câmara. Os itens que precisam de regulamentação são originários da PEC das domésticas.

A categoria já ganhou direitos trabalhistas com a aprovação da Emenda Constitucional 72, que lhes assegurou seguro-desemprego, indenização por demissão sem justa causa, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), pagamento de horas extras e adicional noturno.

Dep. Benedita da Silva (PT-RJ) fala sobre o Dia da Empregada Doméstica
Foto: Laycer Tomaz / Agência Câmara

Fonte: Terra

+ sobre o tema

“A mulher negra não é vista como um sujeito para ser amado”

Para a ativista do Feminismo Negro, Stephanie Ribeiro, 52,52%...

#EuEmpregadaDoméstica: Relatos da página vão virar livro com ajuda de crowdfunding

Racismo. Machismo. Classismo. E por aí vai. A página do...

Pela 1ª vez, uma mulher negra estampa moeda comemorativa dos EUA

A moeda comemorativa deste ano para o aniversário da...

Larissa Mendes, negra e da periferia supera preconceitos para estudar na Poli

Em seu primeiro ano de engenharia civil na USP,...

para lembrar

Deputada Benedita da Silva: “A escravidão mudou do chicote para a caneta”

Preta e nascida na favela carioca, de pai pedreiro...

A poesia e a música de Vinicius de Moraes são de encanto eterno – Por: Fátima Oliveira

Vinicius de Moraes personifica bem o dito por Guimarães...

‘Americano não manda, pede’: a experiência de brasileiras que foram ser domésticas nos EUA

Atraídas por bons pagamentos, jornadas flexíveis e a possibilidade...

A mulher que nem Mandela eclipsou

Comentaristas sublinharam o silêncio no estádio Soccer City, dias...
spot_imgspot_img

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...

Uma mulher negra pode desistir?

Quando recebi o convite para escrever esta coluna em alusão ao Dia Internacional da Mulher, me veio à mente a série de reportagens "Eu Desisto",...
-+=