Desembargador entra com ação contra professor da Ufes acusado de racismo

O desembargador Willian Silva ofereceu representação criminal ao Ministério Público Federal na tarde desta terça-feira (4), contra o professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) que, nesta segunda-feira (3), segundo os alunos, teria adotado discurso preconceituoso em relação aos negros. Nesta quarta-feira, alunos também prometem fazer protesto contra o educador.

Do Folha Vitória

De acordo com denúncias, enquanto lecionava aos alunos do segundo período de Ciências Sociais, o professor teria externado posicionamento contrário ao sistema de cotas implantado na Ufes e que, atualmente, como consta na representação criminal oferecida pelo desembargador, é previsto em lei federal até mesmo no serviço público.

Em sua representação criminal, o desembargador afirma não haver problema em posicionar-se desfavoravelmente ao sistema de cotas. “Ocorre que, afastando-se das críticas pessoais construtivas que se espera de um professor – e que, nessa condição, deveriam inclusive ser respeitadas -, o representado adotou discurso evidentemente preconceituoso em relação aos alunos negros, destacando a necessidade de utilizar linguagem mais acessível e baixar o nível do ensino para que tais discentes pudessem acompanhar suas aulas”, frisou.

O desembargador ainda destacou na representação que o professor teria afirmado que “detestaria ser atendido por um médico ou advogado negro”. “Sinto-me com a dignidade e o decoro ofendidos na condição de jurista negro, proveniente de família pobre, advogado atuante por vários anos antes do ingresso na carreira da magistratura, e hoje o primeiro desembargador negro capixaba”, destacou o desembargador, que afirma ainda que a conduta praticada pelo professor amolda-se ao crime de injúria.

 

Entenda o caso:

 Alunos da Ufes denunciam professor por preconceito dentro da sala de aula 

 

+ sobre o tema

Foi a mobilização intensa da sociedade que manteve Brazão na prisão

Poucos episódios escancararam tanto a política fluminense quanto a...

Selo Sesc lança Relicário: Dona Ivone Lara (ao vivo no Sesc 1999)

No quinto lançamento de Relicário, projeto que resgata áudios...

Em autobiografia, Martinho da Vila relata histórias de vida e de música

"Martinho da Vila" é o título do livro autobiográfico...

para lembrar

Após sofrer racismo na escola, Kheris Rogers de 10 anos cria linha de roupas empoderadora

Você precisa conhecer Kheris Rogers, uma menina de 10...

Band humilha garis outra vez. Hélio Costa não vai fazer nada ?

Carta aberta à população (do Sindicato dos Garis e...

RACISMO NA ITÁLIA: Berlusconi: “Menos imigrantes igual a menos crimes”

Polémica em Itália após declarações de Silvio Berlusconi. Para...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=