Djlapao e as joias Dos Africanos

Para chegar até o vilarejo de Djilapao da cidade de Zinguinchor, capital da região sul do Senegal, é preciso atravessar o rio Casamance em uma viagem que dura pouco menos de duas horas. O destino final é uma das ilhas abraçadas pelos mangues do rio. Moram ali não mais que 30 famílias, que vivem da pesca e da agricultura de subsistência, sobretudo do arroz. A impressão ao conhecer a ilha é ter descoberto um pequeno pedaço de paraíso, onde a palavra ‘orgânico’ parece ter seu sentido completado. O vilarejo é uma representação das joias existentes nos confins africanos.

Do Afreaka

af

af1

 

Visitar os povoados mais afastados é um dos meios de entrar em contato profundo com a cultura local. É o momento em que diferenças e semelhanças ficam à flor da pele, trazendo da experiência os mais significativos momentos de aprendizagem. Cada vila parece ter um quê de especial, que a torna única e imperdível. Pode ser uma casa tradicional, um artista inovador, uma obra instalada no meio da natureza ou uma pessoa interessante para conversar – vai sempre ter um motivo mais do que válido para a visita.

 

djilapaodjilapao3

Em Djilapao, por exemplo, o destaque inicial é Casa do Artista. Construída e decorada pelo criativo Jean Yéyié Badji, a casa é feita de barro e possui dois andares. Por dentro, suas paredes e colunas são ornamentadas com esculturas embutidas de representações da vida cotidiana do artesão, algumas de temáticas mais sociais e outras de humor mais escrachado. O segundo momento da visita também é mágico: passear pelos campos de arroz, comer fruta de baobá do pé e experimentar o sabor das plantas locais estão no pacote do dia. Quem sabe com sorte, ser convidado por algum morador para almoçar peixe e arroz, o clássico local. Por fim, aproveitar a encantadora companhia dos pequenos da ilha, que te guiam de mãos dadas pelas trilhas do vilarejo. No Senegal e na África, Djilapao não é exceção, é regra – das belezas que o interior distante tem a oferecer.

djilapao2

+ sobre o tema

TRESemmé lança clipe com Negra Li, Pathy Dejesus e Paula Lima

TRESemmé estreou na plataforma VEVO com o clipe da música...

LeBron James – Pai é sempre pai

LeBron James segura seu filho, Bryce, durante o segundo...

Taís Araújo, sobre o filho: É tanto amor que tive medo

Taís Araújo, que voltará à TV em "Marias do...

Afro-Brasil: Debates & Pensamentos

Como entender a sociedade brasileira sem a olhar por...

para lembrar

Dia Nacional da Consciência Negra

O Dia Nacional da Consciência Negra é uma construção...

Brasil: Governo de Moçambique cede terras a latifundiários

  O governo de Moçambique está cedendo o uso de...

Quilombos Urbanos

Nos arredores das grandes cidades, escravos fugitivos plantaram...

Globo de Ouro: HFPA anuncia nova estrutura após boicote por falta de diversidade

A edição anual do Globo de Ouro, uma das mais tradicionais...
spot_imgspot_img

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...

SP: mostra de cinema Léa Garcia – 90 Anos celebra obra da artista

A mostra inédita Léa Garcia - 90 anos, que começa neste sábado (25), celebra a obra da renomada artista do cinema nacional, que morreu em...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...
-+=