Documentário Vovó Leontina

 

Vovó Leontina é um curta documentário que fala sobre a relação familiar que a matriarca Leontina, de 95 anos, estabeleceu com suas filhas, netas e com sua própria vida. Uma família de mulheres negras que resiste, através do Grupo de União e Consciência Negra (Grucon – Cachoeiras de Macacu/RJ), de maneira artística e cultural em um território onde o pensamento racista é muito latente.

por Luana Dias via Guest Post para o Portal Geledés

1_08-ROLO_1-MVI_7273-00_02
Reprodução/Documentário Vovó Leontina
2_08-ROLO_1-MVI_7370-00_09
Reprodução/Documentário Vovó Leontina

Sua neta, Celeida Rocha, líder do Grucon, que existe há 35 anos, atua também na área da educação preservando a memória de seus ancestrais negros e positivando os valores civilizatórios afro-brasileiros intrínsecos aos modos de viver e ser dos brasileiros. O documentário, sobretudo, é um relato de atravessamento entre gênero e etnia. Um fragmento de uma história familiar particular e universal. Um pedaço de memória da realidade das famílias negras nas primeiras décadas pós-abolição.

2_08-ROLO_1-MVI_7376-01_52
Reprodução/Documentário Vovó Leontina

Esses relatos são contatos através dos olhos de Vovó Leontina e bocas de sua filha Dona Penha e neta Celeida.

O documentário, dirigido por Paulo Rosa e produzido por Luana Dias, é um dos projetos selecionados pelo Edital de Apoio ao Protagonismo da Juventude Negra na Produção Audiovisual (2012), da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR).

Teaser Oficial: https://youtu.be/l_xskwP9kVY

Página Facebook: www.facebook.com/vovoleontina

DESTAQUES DO FILME:

– Selecionado para o VIII Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe Zózimo Bulbul, o documentário Vovó Leontina será lançado em maio, no Rio de Janeiro;

– A convite do CEBRAC (Centro Brasil Cultural), o filme Vovó Leontina será lançado internacionalmente, junto com o livro Vovô Zequinha, escrito pela neta Celeida Rocha, em Zurich, na Suíça, em junho deste ano.

Ficha técnica:

Direção Geral: Paulo Rosa
Direção de Produção: Luana Dias
Direção de Fotografia: Daniel Fagundes
Assistente de Fotografia e Luz: Felipe Drehmer
Segunda Câmera e Montagem: Rodrigo Curi
Som Direto e Desenho de Som: Tiago Emanuel
Argumento: Paulo Rosa e Luana Dias
Finalização: Radar Audiovisual

** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Preconceito nos livros

O preconceito é uma característica comum dentro na...

Barueri: Consciência Negra 2010

A Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri,...

Lei torna obrigatória a notificação de casos de bullying no Rio

Os casos de bullying e de violência contra...

SALVADOR: Exposição “Dia da Consciência Negra

A Fundação Pedro Calmon/Secult, através da Biblioteca Juracy Magalhães...

para lembrar

MEC divulga datas para inscrições no Sisu. Veja as datas

O ministério afirma que haverá três chamadas subsequentes após...

O Negro na Política: A trajetória do vereador Leopoldo Silvério da Rocha

O NEGRO NA POLÍTICA: A TRAJETÓRIA DO VEREADOR LEOPOLDO...

Prazo de matrícula dos aprovados no Sisu termina nesta quinta

O prazo de matrícula dos cerca de 16 mil...

Ativismo e migração – A atuação da mulher negra em contexto internacional

No dia 25.07.18 o coletivo de teatro das oprimidas Anastácia-Berlim,...
spot_imgspot_img

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção às mulheres, divulgação de livros, sites, materiais sobre a valorização do feminino, ainda há muito...

Como a educação antirracista contribui para o entendimento do que é Racismo Ambiental

Nas duas cidades mais populosas do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, o primeiro mês do ano ficou marcado pelas tragédias causadas pelas...

SISU: selecionados têm até quarta-feira para fazer matrícula

Estudantes selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm até quarta-feira (7) para fazer a matrícula...
-+=