domingo, dezembro 4, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoEm Twitter, deputado pastor diz que africanos descendem de ancestral amaldiçoado

Em Twitter, deputado pastor diz que africanos descendem de ancestral amaldiçoado

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), que é pastor, declarou nesta quinta-feira, via Twitter, que os africanos descendem de um ancestral amaldiçoado por Noé. Segundo Feliciano, “a maldição q Noe lança sobre seu neto, canaã, respinga sobre continente africano, dai a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!”, disse em sua página no microblog.

Após a repercussão de suas frases, o deputado disse em seu site que foi “alvo de milhares de pedradas, sapatadas, raquetadas, ‘twittadas’” e explicou que a afirmação vem da interpretação de uma passagem bíblica.

Segundo Feliciano, “Noé amaldiçoa o descendente de Cão, ou seja, toda a sua descendência, pois Canaã era o mais moço. Canaã representa diretamente a descendência de Cão representando todos os seus filhos”.

E citou ainda que o “historiador hebreu, Flavio Josefo, dá conta da nação de Cuxe, filho de Cam e neto de Noé : ‘Para um dos quatro filhos de Cam, o tempo não para toda a mágoa o nome de Cush; para a Etiópia, sobre o qual reinou, são ainda menos Neste dia, tanto por si e por todos os homens na Ásia, etíopes chamados.

O parlamentar disse ainda que, “como Cristãos, cremos em bênçãos e, portanto não podemos ignorar as maldições. Recai sobre o homem o peso da lei, toda vez que por ele a lei é quebrada”.

Feliciano afirma ainda, pelo microblog, que suas declarações não são racistas e nada tem a ver com as do deputado Jair Bolsonaro, durante participação no programa CQC, da Band.

“Tenho raízes negras como todos os brasileiros. Bem como dos índios e tbem europeus! Rejeito essas calúnias infames! Aqui não Seus desalmados”, postou. “Quanto ao Dep. Bossonaro, não sei o q ele falou. Eu falo por mim e respondo por mim e apenas por mim.”, completou Feliciano.

O pastor afirmou também que não é homofóbico e declarou. “Bora cristãos! Mostremos nossa união e nossa força. Retuitem isso: Amamos os homossexuais, mas abominamos suas práticas promíscuas!”. Antes da afirmação, ele fez a lista com os nomes de alguns “defensores dos gays”.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench