Estão abertas as inscrições no módulo à distância sobre Saúde População Negra

Oferecido pelo Ministério da Saúde por meio da UNA-SUS, curso busca sensibilizar profissionais de saúde para o enfrentamento ao racismo institucional no SUS

Foi para um público diversificado entre militância, representada por 19 entidades que trabalham em prol dos direitos da população negra, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que o ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou nesta quarta-feira (22) o ‘Módulo Multidisciplinar de Saúde Integral da População Negra’. O lançamento do curso aconteceu no auditório Emílio Ribas, no Edifício Sede do Ministério de Saúde (MS), em Brasília/DF.

O Módulo Multidisciplinar é um curso virtual na modalidade de educação à distância (EaD) oferecido pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS). As inscrições são gratuitas e estão abertas no site da UNA-SUS.

Clique aqui para saber mais e fazer sua matrícula.

Desenvolvido pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), em parceria com a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP), o curso apresenta a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) — com especial enfoque no enfrentamento ao racismo institucional no SUS.

“Este curso vai ser útil para os profissionais de saúde que atuam no PROVAB e Mais Médicos, mas também para estudantes e profissionais de saúde nas mais diversas carreiras e especialidades. Fazemos questão de fomentar a formação de profissionais de saúde com outros olhares e essa inciativa tem papel fundamental no combate ao racismo”, frisou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

A PNSIPN é transversal e precisa estar inserida em todas as políticas de saúde do governo federal, contribuindo para modificar e aperfeiçoar as práticas de cuidado, garantindo o atendimento integral aos usuários. Para o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (DEGES), Alexandre Medeiros, é preciso discutir o papel dos determinantes sociais na vida de homens e mulheres negras. “A partir disso, é possível identificar processos terapêuticos que atendam melhor as demandas dos usuários da população negra”, avalia.

Para o secretário da SGEP, André Bonifácio, o lançamento do curso é um divisor de águas dentro do SUS. “Sem uma ação concreta como esta, com base no plano operativo da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, não podemos avançar. Tenho certeza de que o passo que demos hoje rompe com processos antigos e é um marco no combate do racismo institucional no SUS”, reflete.

Segundo o gerente de projetos da Secretaria Especial de Igualdade Racial da Presidência da República (SEPIR/PR), Felipe da Silva Freitas, é necessário pautar as agendas governamentais para o enfrentamento cada vez mais vigoroso ao racismo. “Precisamos consolidar a democracia com práticas de combate ao racismo dentro do serviço público”.

“Esta é uma grande oportunidade de mudança. Nós da militância social estamos há mais de dez anos lutando pelo fortalecimento do SUS.  O curso representa o início das mudanças e será uma ferramenta a mais na luta contra o racismo e pela saúde da população negra”, fala Nina Fola, Secretária Executiva do núcleo gaúcho da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde (RENAFRO).

Também participaram do lançamento do curso o secretário Executivo da UNA-SUS, Francisco Campos; e Vinícius Muricy Rocha, diretor de Desenvolvimento de Educação em Saúde do Ministério da Educação.

 

Fonte : Portal da Saúde

+ sobre o tema

Número de casos diagnosticados de câncer de mama dispara

A incidência de câncer cervical aumentou de 378 mil...

Na noite das campeãs, o gari desfila como o grande vencedor do carnaval 2014

Movimento grevista resiste à pressão da Prefeitura, leva a...

Quatro em cada 10 moradias do país têm alguma inadequação básica

Quatro em cada 10 domicílios (41,2%) em cidades brasileiras...

para lembrar

Munduruku leva batalha épica por direitos indígenas às Nações Unidas

Em Genebra, Ademir Kaba denuncia falta de consulta e...

Novo vídeo do caso Mirella/Band compromete apresentador Uziel Bueno

O vídeo que segue completa a matéria da...

Projeto incentiva resgate da cidadania

Por trás dos projetos e ações da rede Índios...
spot_imgspot_img

Proposta de Geledés para empoderamento da mulher negra é retomada na ONU

Geledés - Instituto da Mulher Negra, em fala conjunta com as organizações Coalizão Negra por Direitos, Criola e Coletivo Danêji, conseguiu obter bons resultados...

SP inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil na segunda

A partir da próxima segunda-feira (27) crianças até cinco anos de idade começam a ser vacinadas contra a Poliomielite (paralisia infantil) no estado de...

Governo define nova data para o ‘Enem dos concursos’; CNU será em 18 de agosto

O Ministério da Gestão divulgou, nesta quinta-feira (23), a nova data para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), que ficou conhecido como "Enem dos concursos"....
-+=