Eta povinho danado! por Sueli Carneiro

Enviado por / Fontepor Sueli Carneiro

O que semelhante indignação parece também sugerir, pelo grau de ressentimento presente em algumas falas, é que o feitiço virou contra o feiticeiro, no momento em que um outsider ascende ao poder e se apropria e expande os métodos consagrados historicamente de permanência no poder.

Disse o deputado Alberto Goldmann, em recente artigo sobre a possível reeleição do presidente Lula, que “a sua reeleição seria a confirmação de que mais vale um Bolsa Família do que a consciência das mudanças que a sociedade necessita”. Kennedy Alencar, por sua vez afirma que, “no Brasil, os mais pobres sempre elegeram os governantes, pois são a maioria da população. Nesta eleição, porém, tendem a fazê-lo descolados dos mais ricos como nunca antes”.

A resposta daqueles que têm a obrigação de eleger sem ter o direito de participar das grandes decisões acerca do país, missão atribuída aos doutos, parece ser: mais vale um Bolsa Família, um Prouni etc. na mão do que “a consciência das mudanças que a sociedade necessita. Isso, em geral, passa ao largo de suas necessidades, ou seja, como confiar no que quer que a oposição prometa agora se, quando governo, ela não o fez?

Isso não significa um cheque em branco ao presidente Lula nem absolvição dos escândalos de seu governo. É pura consciência de um ambiente político deteriorado, em que as pregações éticas atuais e as justificativas do injustificável não conseguem apagar o que todos fizeram no verão passado. E que o único parâmetro possível de escolha são os benefícios e interesses que cada um pode assegurar, e não mais, como de regra, aos extratos superiores da sociedade. É esse o cacife do atual presidente, posto que a percepção em relação à oposição é a de que sempre foi possível fazer mais do que o que foi feito e que isso não ocorreu por falta de sensibilidade e compromisso social para com as necessidades dos segmentos despossuídos da sociedade. A confirmarem-se as tendências apontadas pelas pesquisas, resta à oposição doravante mostrar concretamente que pode oferecer mais porque ampliou-se significativamente o nível de expectativa e exigência; felizmente o voto da plebe rude está ficando cada vez mais caro. Eta povinho danado!

+ sobre o tema

Olimpíadas

Recusando-se a cumprir o script adotado pela mídia na...

Jovem morta na Rocinha foi vítima de estupro, diz Polícia Civil do Rio

Gleice Oliveira, de 18 anos, será enterrada às 16h. Jovem...

para lembrar

Relatório mostra que 90% das pessoas têm alguma forma de preconceito contra mulheres

Apesar de décadas de progresso da redução das desigualdades...

História feminina do samba reflete o machismo na sociedade brasileira

Participação da mulher no gênero começou na fundação mitológica...

Mulheres negras e a felicidade no meio do caminho…

Há algumas semanas, na Inglaterra, eu conversava com uma...

Igualdade de gênero para as mulheres negras ainda parece sonho

A desigualdade para as brasileiras negras é dupla. Além...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=