sexta-feira, outubro 7, 2022
InícioQuestões de GêneroMulher NegraGoverno de Minas discute políticas para mulher negra

Governo de Minas discute políticas para mulher negra

Será realizada, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira (04), a primeira Conferência Temática de Mulheres Negras de Minas Gerais. O encontro vai reunir especialistas para discutir a realidade social, cultural e política da mulher negra. O principal objetivo é criar propostas para avaliação na Conferência Estadual de Políticas Públicas para Mulheres. O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio das Coordenadorias Especial de Políticas de Igualdade Racial (Cepir) e de Políticas para Mulher.

As atividades terão início às 13h30, no auditório da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (avenida Brasil, 1.731 – Funcionários). A subsecretária de Direitos Humanos, Carmen Rocha, a coordenadora Especial de Políticas para Mulheres, Eliana Piola, e o coordenador Especial de Políticas da Igualdade Racial, Clever Machado, farão a abertura do evento.

Cerca de 40 pessoas participarão de palestras e debates sobre os desafios para a construção da igualdade de gêneros, saúde, violência, educação, mídia, aprimoramento das ações do II Plano Nacional de Políticas para Mulheres Negras, entre outros temas. “Essa primeira conferência mostra que o Estado está assumindo a responsabilidade de discutir uma política voltada para a mulher negra”, ressalta Machado.

O presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial, Ronaldo Antônio, a presidente da Federação das Comunidades Quilombolas de Minas Gerais, Sandra Silva, e a coordenadora da Regional Sudeste do Fórum Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial, Vera Nice, também estarão no evento.

Conferência Estadual da Mulher

A III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres será realizada entre os dias 17 e 19 de outubro, em Belo Horizonte. Uma promoção da Sedese, em parceria com o Conselho Estadual da Mulher.

As propostas de políticas que contemplem a construção da igualdade de gênero, o fortalecimento da autonomia econômica, social e cultural, a erradicação da extrema pobreza e a garantia da plena cidadania serão os principais temas da conferência estadual.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench