Instituto Liberta lança campanha #nãosecale para incentivar denúncias de exploração sexual infantil

Enviado por / FonteInstituto Liberta

Lançada em julho deste ano, a campanha #nãosecale é uma ação do Instituto Liberta – que tem como missão o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil – e parceiros, que estimula as denúncias de violências sofridas neste momento de flexibilização da quarentena e retorno das pessoas às ruas e às escolas. O foco da campanha é o ambiente escolar, visto que grande parte dos casos são relatados neste local.

Segundo os registros do SINAN, mais de 70% dos casos de violência sexual entre crianças e adolescentes acontecem na casa da vítima. Com a pandemia do Covid-19, a estimativa é que os casos tenham aumentado pela convivência das vítimas com seus agressores. Por este motivo, a volta às aulas é uma oportunidade para que os alunos encontrem um lugar de segurança nas escolas para falarem sobre os casos ocorridos.

Luciana Temer, presidente do Instituto, reforça: “Nosso objetivo com essa campanha não é apenas distribuir máscaras, mas também engajar as pessoas com uma causa urgente no Brasil que é a violência sexual contra crianças e adolescentes”. A campanha já doou 2 mil máscaras em uma ação ocorrida no bairro de Paraisópolis, em São Paulo, e a meta é chegar a 200 mil peças fornecidas para a rede pública de educação. Até agora, os parceiros da campanha foram a incorporadora Yuny, a seguradora Qualicorp e a marca de lingerie Plié, que apoiaram a ação para a confecção das máscaras.

+ sobre o tema

Atrizes iranianas postam fotos sem véu e são obrigadas a deixar o país

Duas atrizes iranianas foram obrigadas a deixar o país...

Aluna é punida após denunciar estupro em universidade nos EUA

Antes que pudesse se mudar para um dormitório na...

para lembrar

Mulheres negras desbravam o mundo: “Corpo negro viajante causa incômodo”

"Quando você é um corpo negro viajante, causa incômodo...

Cadê as minas negras do metal/punk?

Do UNIÃO DAS MULHERES DO UNDERGROUND Há poucos meses vimos a...

Caixa secreta com fotografias de mais de 100 anos revela ensaios que questionam a identidade de gênero

Em uma caixa que anunciava “privado”, uma incrível coleção...

Cidade para as mulheres

Esse ensaio(1) contempla minha experiência de mulher negra na...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=