Guest Post »

Jacques d’Adesky lança livro no Rio de Janeiro

‘Percursos para o Reconhecimento, Igualdade e Respeito’, de Jacques d’Adesk, será lançado na livraria da Travessa, Rio de Janeiro hoje 

JACQUES d’ADESKY foto de Rosanea Santos

“Ainda que o fio condutor deste livro remeta à abordagem teórica do reconhecimento de Axel Honneth e à perspectiva multicultural dialógica formulada por Charles Taylor, o livro apoia-se numa interlocução com intelectuais e universitários do Movimento Negro, sobre temas como justiça social, diversidade, igualdade de oportunidades, racismo e reconhecimento. Nesse contexto, o livro aponta que a despeito das políticas públicas de ação afirmativa brasileira que têm proporcionado avanços no campo do ensino superior, no início deste século XXI, as populações afrodescendentes permanecem no patamar mais baixo da escala social, não tendo o pleno poder de enunciação bem como o igual acesso ao poder político.” conta Jacques d’Adesky

 

CAPA LIVRO JACQUES DIVULGAÇÃO

Confira depoimento sobre o livro:

 

“A trajetória intelectual de Jacques d’Adesky nos garante estar diante de reflexões destinadas a visitar o passado e nos lançar, ao mesmo tempo, em instigantes interrogações sobre o futuro das relações raciais no Brasil e no mundo contemporâneo. Desde há muito tempo, esse tem sido um fio condutor de suas obras e intervenções públicas e Percursos para o Reconhecimento, Igualdade e Respeito é mais uma instigante contribuição ao debate. 

A provocação de recuperar entre nós brasileiros o pensamento de Léopold Sédar Senghor, Aimé Césaire e Frantz Fanon tem a elegância de nos reconectar com a tradição lúcida daqueles que, no século XX, se puseram a anunciar os limites das práticas coloniais e do racismo para o futuro da humanidade e, em especial, para as populações subordinadas em suas identidades e valores culturais. 

Há ainda a sutiliza, sempre presente, de ler relações raciais no Brasil em diálogo tanto com a produção teórica anglo-saxã, alemã e francesa quanto com as reflexões elaboradas pelo ativismo negro brasileiro. E é essa capacidade de traduzir as práticas políticas para o que se compreende como igualdade de oportunidades, reconhecimento e combate ao racismo uma das grandes facetas dessa nova obra. Boa leitura!”

 

Wania Sant’Anna

Historiadora e Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História Comparada

IFCS/UFRJ

 

“Um livro envolvente, agradável e com a vantagem de ser suave e consistente. Uma obra que sobrevoa desde a escravatura até dados do início do século XXI, com uma cartografia relevante das relações étnico-raciais na sociedade brasileira. Um elenco de interrogações urgentes, das quais não podemos esquivar-nos, principalmente se quisermos construir alternativas baseadas na responsabilidade política, da qual nenhuma pessoa pode declinar ao lado do compromisso de honestidade intelectual de quem aspira fortalecer a democracia. Uma sociedade plural e democrática não pode deixar de “reconhecer” as diferenças tanto quanto as semelhanças.

Em Percursos para o Reconhecimento. Igualdade e Respeito, Jacques d’Adesky traz uma contribuição urgente e necessária. Além de evocar um histórico a respeito do percurso que os setores antirracistas do Movimento Negro têm percorrido, d’Adesky tem a coragem de enfrentar uma pauta da história do presente, por meio de uma composição de repertórios muito rica. Um diálogo com Frantz Fanon, a teoria do reconhecimento de Axel Honneth e as reflexões sobre justiça de John Rawls.”

 

Renato Noguera

Doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Professor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

 

Informações:

Dia 25 de Outubro

Local: Livraria da Travessa

Endereço: Rua Sete de Setembro, nº 54, Centro, Rio de Janeiro, RJ.

Horário : 17:00 até 20:00.

Editora: Cassará Editora

 

Leia Também: 

“A intolerância pode se tornar nos próximos anos um inimigo comum” , diz Jacques d’Adesky

Related posts