Guest Post »

Juan se entristece com racismo em Roma: “não tem o que falar”

 

 

O meio-campista Hernanes marcou o gol da vitória da Lazio sobre a Roma por 1 a 0, neste domingo, mas outro brasileiro foi o principal personagem do confronto e por motivo infeliz. Durante a partida, o zagueiro Juan sofreu insultos racistas no estádio Olímpico de Roma, sendo que a torcida adversária entoava coros de ofensa ao jogador.

O próprio Juan pediu para que os torcedores parassem de xingá-lo e levou o dedo indicador à frente da boca pedindo silêncio. O zagueiro recorreu até mesmo à arbitragem, que nada pôde fazer para evitar os sons ofensivos vindos das arquibancadas. Depois da derrota, cabisbaixo, o brasileiro foi abraçado por companheiros de time e até por adversários, inconformados pela manifestação.

“Esse tipo de coisa nunca tinha acontecido comigo. É terrivelmente decepcionante. Eu já estou aqui na Europa há dez anos e isso nunca tinha acontecido antes. Eu sinto por eles, mas tenho caráter suficiente para não deixá-los me afetar, eles não têm caráter. Isso fica ainda mais triste por causa da camisa que usamos antes do jogo. Não tenho o que falar”, disse Juan em entrevista ao canal Sky Sports.

Jogadores de Lazio e Roma entraram no gramado com mensagens anti-racistas na camiseta, mas nem a apelação dos alto-falantes para que as ofensas cessassem foram suficientes para reprimir a atitude de parte dos torcedores da Lazio.

 

 

 

 

Fonte: Terra

Related posts