Maranhão: Bancos discriminam os funcionários negros racismo no brasil

Os negros ainda sofrem grande preconceito e discriminação no mercado de trabalho. No setor bancário não é diferente. Os cargos e salários dos trabalhadores negros são bem inferiores aos dos brancos. A remuneração, por exemplo, chega a uma diferença de 67,6%.

A diferenciação não termina por aí. Os bancos contratam poucos funcionários negros e ainda os colocam em cargos com quase nenhuma visibilidade. O Mapa da Diversidade, da Federação Brasileira dos Bancos, mostra que do total de mulheres nas agências 84% são brancas e apenas 17% negras.

A discriminação também atinge os homens negros. Eles ocupam 19% dos postos de trabalho ocupados pelos trabalhadores do sexo masculino, enquanto que os brancos correspondem a 81%.

 

 

Fonte: SEEBMA

+ sobre o tema

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

para lembrar

Procuradora aceita denúncia de partido contra Bolsonaro e direção da Hebraica do Rio

Procuradora aceita denúncia de partido contra Bolsonaro e direção...

Seminário Respostas ao Racismo

 Respostas ao Racismo Produção acadêmica e compromisso político em tempos...

Policial que descobriu ser negro aos 47 anos e sofre comentários racistas de seus colegas

Um sargento da polícia de Hastings (Michigan) pede meio...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=