Mauá abre comemoração pelo Mês da Consciência Negra

As comemorações do Mês da Consciência Negra em Mauá começam nesta quarta (3) com palestra sobre qualidade social da educação ministrada pela professora Kiusam Oliveira. A palestra será às 19h no Teatro Municipal (Rua Gabriel Marques, 353, Vila Noêmia). Na mesma noite haverá apresentação da Cia. de Danças de Diadema.

Ativista do movimento negro, Oliveira é doutora em educação e mestre em psicologia pela USP (Universidade de São Paulo) e assessora da Secretaria Municipal de Cultura de Diadema. 

Na sexta-feira (5), a programação continua com quatro atrações. No Museu Barão de Mauá, os poetas do conjunto Taba de Corumbê recitarão um sarau em homenagem à África e uma exposição sobre a arte africana será aberta com peças produzidas pelos professores da rede municipal. Ambos os eventos começam às 19h.

Na EMEJA (Escola Municipal de Educação de Jovens e Adultos) Clarice Lispector, também às 19h, será entregue aos alunos da escola o prêmio do Concurso de Redações Camélia da Liberdade. A programação do Mês da Consciência Negra irá até o dia 2 de dezembro. 

Fonte: Clique ABC

+ sobre o tema

Taís Araújo vira diva futurista em ensaio fotográfico

Para celebrar o retorno de Taís Araújo à TV...

Morre em Salvador a líder religiosa Makota Valdina

A educadora, líder religiosa e militante da causa negra,...

Portugal deve pagar indenizações pela escravatura?

Os países que escravizaram devem compensar os escravizados? Há...

Morte de Malangatana é “uma grande perda”

  "É uma notícia muito, muito triste", dizem os amigos...

para lembrar

Negro, nordestino, filho de diarista, de escola pública acerta 95% no ENEM

Nada tira o mérito deste garoto, seu esforço pessoal...

Marvel anuncia que novo Homem-Aranha é negro e tem origem hispânica

Nova York, 2 ago (EFE).- A Marvel anunciou nesta...

O racismo, a moda, e a diversificação dos padrões de beleza: o exemplo de Iman, top model Somali dos anos 70/80

por Joana Passos1 no Scielo RESUMO: Muito do trabalho desenvolvido por pensadoras feministas...
spot_imgspot_img

NICHO 54 lança publicação inédita que investiga a história do Cinema Negro no Brasil 

Pesquisa que mapeou e consolidou dados sobre filmes produzidos por pessoas negras no Brasil de 1949 a 2022 encontrou 1.104 obras; 83% de toda...

Obrigada Shirley

É com muita tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento da Shirley Villela, nossa companheira e amiga, tecedora da Redes da Maré, de 2013...

Mulheres afrodescendentes são destaque em evento internacional pela conservação ambiental e justiça climática

No último dia 14, a vice-presidenta da Colômbia, Francia Márquez, esteve no fechamento do evento internacional “Garantir a posse da terra e os direitos...
-+=