Menina de 15 anos é vítima de estupro coletivo na noite de Natal; amigos são suspeitos, diz polícia

Enviado por / FonteDo G1

Em depoimento, a adolescente disse que chamou os 'amigos' porque estava sozinha em casa, já que a mãe dela estava internada em um hospital. A vítima informou o nome e endereço dos suspeitos para a polícia. Os dois jovens são procurados para prestar esclarecimentos.

Uma adolescente, de 15 anos, foi estuprada na madrugada de Natal, 25 de dezembro, em Campo Grande (MS). De acordo com a polícia, os suspeitos são amigos da vítima e a deixaram inconsciente e a mantiveram em cárcere privado por cerca de 3 horas, enquanto cometiam os abusos.

A menina procurou uma unidade de saúde após o ato de violência e quando os exames confirmaram o estupro, a Polícia Militar foi acionada. Em depoimento, ela disse que chamou os amigos porque estava sozinha em casa, já que sua mãe estava internada em um hospital.

Os dois suspeitos chegaram por volta das 2h na casa dela e começaram a ingerir bebidas alcóolicas. Conforme o relato da vítima, ela não queria ter relações sexuais com nenhum dos dois e foi embebedada pelos amigos.

Em certo momento, a adolescente perdeu a consciência e quando acordou, percebeu que estava deitada em um colchão na sala de casa, com os dois amigos em cima dela.

Ela afirmou ainda que tentou pedir socorro, mas os dois não interromperam os abusos e só deixaram o imóvel quando já tinha amanhecido, às 5h. A vítima informou o nome e endereço dos suspeitos para a polícia e eles estão sendo procurados para prestar esclarecimento.

De acordo com a legislação, estupro coletivo é considerado quando duas ou mais pessoas abusam sexualmente de uma vítima. O caso foi registrado como “Estupro Coletivo”, na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Campo Grande.

+ sobre o tema

para lembrar

Intervir em briga de casal pode salvar vida, diz juíza

A advogada Tatiane Spitzner, 29, foi encontrada morta no...

Uma vida inteira pelo fim da violência contra a mulher: A luta de Jacira Melo

Diretora do Instituto Patrícia Galvão defende acesso à informação...

Projeto de hip-hop aborda violência contra mulher indígena

 Com a proposta de estimular discussão sobre temáticas socioculturais...
spot_imgspot_img

Violência sexual em espaços noturnos e responsabilização de agressores

As recentes notícias de que duas mulheres teriam sido vítimas de estupro coletivo em uma mesma casa noturna na Lapa, no Rio de Janeiro ,...

Coisa de mulherzinha

Uma sensação crescente de indignação sobre o significado de ser mulher num país como o nosso tomou conta de mim ao longo de março. No chamado "mês...

Robinho chega à penitenciária de Tremembé (SP) para cumprir pena de 9 anos de prisão por estupro

Robson de Souza, o Robinho, foi transferido para a Penitenciária 2 de Tremembé, no interior de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (22). O ex-jogador foi...
-+=