Ministro Orlando Silva é homenageado em festa do PC do B

Cerca de 1.500 pessoas comemoraram, no dia 27, o aniversário do PCdoB na quadra da Vila Isabel, no Rio. O grande homenageado foi o ministro do Esporte, Orlando Silva, que destacou a comemoração no Rio como a “legítima festa do PCdoB”, estado onde foi fundado o Partido, em 1922.

 

O camarada Orlando Silva falou também do seu orgulho em ser militante do PCdoB, “um Partido de tradição de luta pelo país” e destacou também a vitória de Lula em 2002, que teve a participação decisiva dos comunistas.

 

A comemoração começou a partir das 11h com a apresentação de grupos de samba de raiz – Pagode da Arruda e DNA do Samba – além da bateria da Vila Isabel. Comunistas de diversas cidades do Rio compareceram, assim como os vereadores do Partido e os pré-candidatos a deputado federal e estadual para as eleições de 2010.

 

O ato político da festa foi marcado pela homenagem ao ministro e a presença de personalidades, como o presidente da Vila Isabel, Wilson Moises, o prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Farias (PT), o deputado estadual Roberto Dinamite (PMDB), o secretário de Esporte do município do Rio, Chiquinho da Mangueira, o prefeito de Cachoeiras de Macacu, Rafael Miranda, e o vereador Fernando Moraes (PR). As lideranças do PCdoB-RJ também estiveram no ato, como a presidente do PCdoB-RJ, Ana Rocha, o deputado federal Edmilson Valentim, o deputado estadual Fernando Gusmão, os vereadores Roberto Monteiro, Fernando Cid e Aguilar Ribeiro, e a secretária de Cultura do Rio, Jandira Feghali, entre outras.

 

Ana Rocha iniciou o ato saudando os militantes, os dirigentes partidários e os pré-candidatos do PCdoB, além de destacar o papel dos comunistas nesta eleição de 2010. “O resultado da disputa presidencial definirá se o Brasil continuará trilhando o rumo do avanço ou se retrocederá ao conservadorismo com a perda de importantes conquistas para a nação”, declarou Ana Rocha.

 

A presidente do PCdoB-RJ relacionou a história de luta do PCdoB com as batalhas das novas gerações. Segundo Ana, “essa bagagem está no DNA dessa nova geração, que está de olho na defesa da democracia, conquistada duramente e inserida nos atuais desafios para desenvolver o país, com mais distribuição de renda e emprego e mais investimento nas políticas públicas, acumulando forças para dar passos mais ousados rumo a um Brasil socialista”.

 

Rio recebe Orlando de braços abertos

O menino Juliano, morador de Vila Isabel, entregou uma placa em nome do PCdoB-RJ ao camarada Orlando, pela sua excelente atuação à frente do Ministério e por ser um dos responsáveis por trazer a Copa do Mundo de 2014 para o Brasil e as Olimpíadas de 2016 para o Rio.

 

O presidente da Vila, Wilson Moises, disse ser um privilégio para a escola de samba receber um ministro [Orlando Silva], que tanto fez pelo Brasil e pelo Rio de Janeiro. “Nossos jovens atletas agradecem pelo que você tem feito ao esporte nacional”, declarou. Em seguida, Fernando Gusmão relembrou a importância do Orlando, quando atuaram conjuntamente na direção da UNE na luta por um Brasil melhor.

 

O deputado Edmilson Valentim falou sobre o aniversário do Partido e a importância dos comunistas na luta para manter o Brasil no rumo do desenvolvimento: “O PCdoB tem participado deste processo, um momento vitorioso de construção de um novo país”. Jandira Feghali lembrou que neste ano se comemora os 100 anos de Noel Rosa, compositor nascido em Vila Isabel e que a escola tem hoje como um dos seus expoentes o camarada Martinho da Vila.

 

A presidente da UJS-RJ, Monique Lemos, destacou a atuação do PCdoB nos movimentos de massas, ressaltou o legado de luta que João Amazonas e Elza Monnerat deixaram para os comunistas e lembrou que foi no aniversário de 80 anos do Partido, na UERJ, que decidiu ingressar nas fileiras do Partido. Por fim, destacou que Orlando é uma importante liderança da política brasileira, tendo sido presidente da UJS de 1998 a 2001.

 

Em seu discurso, Roberto Monteiro também destacou o papel do ministro Orlando Silva e a sua vinda para cuidar das olimpíadas: “o Rio te recebe de braços abertos, sua vinda é um orgulho para o estado do Rio”.

 

 

Fonte: PCdoB

+ sobre o tema

Entidades de segurança pública e direitos humanos dizem que novo edital precariza programa de câmeras da PM em SP

Entidades da sociedade civil ligadas à segurança pública manifestaram...

Convenção da extrema direita espanhola é alerta para o Brasil

"Manter o ideal racial de um continente branco de...

Aprovado no Senado, PL dos planos de adaptação esboça reação a boiadas do Congresso

O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (15/05)...

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

para lembrar

Virada Inclusiva: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por: Leno F. Silva   No último final de...

Linchamentos não são aleatórios e atingem mais pobres, defende pesquisadora

  Por Alex Rodrigues Para Ariadne Natal, do...

‘Meu sentimento é de indignação’, afirma Lula em nota

'Veja' afirmou que Lula pressionou ministro do STF para...

A direita está mais mobilizada que a esquerda nas redes

Estudo mostra que páginas de movimentos conservadores e contrários...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do Estado emerge da catástrofe. A pandemia de Covid-19 deveria ter sido suficiente para demonstrar que...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um alerta sobre o impacto econômico e social das mudanças climáticas que atinge todo o mundo....

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024, ano-base 2023, termina em 31 de maio. Até as 17 horas do dia 30 de...
-+=