Mostra na Caixa Cultural Recife homenageia trajetória da atriz Zezé Motta no cinema

Programação tem início na terça (6) e segue até o dia 17 de junho com exibição de filmes, debate e palestra sobre o papel da mulher negra no cinema nacional.

Do G1 

Atriz fluminense será homenageada com exibição de filmes e debates na Caixa Cultural Recife até o dia 17 de junho (Foto: Jardiel Carvalho/Divulgação)

trajetória da atriz Zezé Motta no cinema nacional será homenageados a partir da terça (6), na Caixa Cultural Recife. Durante a mostra Zezé Motta – 50 anos de Cinema, serão exibidas obras de cineastas brasileiros consagrados no audiovisual nacional e haverá, também, shows, palestras e debates sobre o papel da mulher no cinema e sobre a carreira de Zezé, que soma 30 novelas, 20 filmes, 16 peças teatrais, 13 shows musicais e quatro minisséries.

A mostra será aberta com a exibição do domumentário Zezé Motta La Femme Enchantée (1987), dirigido pela cineasta francesa Ariel de Bigault. A atriz participará do evento e, ao final da exibição, fará um pocket show. Ao longo de 12 dias de evento, serão exibidos filmes de cineastas como Cacá Diegues, Iberê Cavalcanti, Arnaldo Jabor e Rogério Moura, que consagram a artista como um ícone do cinema e da cultura negra no país.

Idealizada pela produtora cultural Carla Barbosa, filha de Zezé, a mostra promove, ainda, um debate sobre o papel da mulher negra no cinema nacional. As atividades acontecem até o dia 17 de junho. Os ingressos das sessões de filmes custam R$ 4, com direito a meia-entrada, e as palestras debates e shows têm entrada gratuita. Confira a programação:

06/06 – Terça-feira

  • 19h – Zezé Motta La Femme Enchantee (60 min) – Livre
  • 20h25 – Fala da Caixa Cultural e curadoras
  • 20h35 – Pocket show com Zezé Motta

07/06 – Quarta-feira

  • 12H50 – Zezé Motta La Femme Enchantee (60 min) – Livre
  • 14h- Tieta (140min) – 14anos
  • 17h – Natal da Portela (100 min) – 14 anos
  • 19h – Para Viver Um Grande Amor (103 min) – 16 anos

08/06 – Quinta-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 14h – Orfeu (110 min) – 14 anos
  • 16h15 – Quilombo (110 min) – 12 anos
  • 18h30 – Águia Na Cabeça (105 min) – 16 anos

09/06 – Sexta-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 14h – Quilombo (110 min) – 12 anos
  • 16h15 – Carolina (curta-metragrem, 14 min) + Orfeu (110 min) – 14 anos
  • 19h – Palestra: A Mulher Negra No Cinema Nacional (Entrada franca)

10/06 – Sábado

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 14h – Bom Dia Eternidade (78 min) – 14 anos
  • 16h – Xuxa E Os Duendes II (90min) – Livre
  • 18h – Anjos Da Noite (98min) – 14anos

11/06 – Domingo

  • 12h – A Ilha Dos Escravos (51 min) – 14 anos
  • 13h – Carolina (curta-metragrem,14 min) + Quanto Vale Ou E por Quilo? (110 min) – 14 anos
  • 16h30 – A Força de Xangô (100 min) 14 anos
  • 18:30h – Tudo Bem (110 min) – 18 anos

13/06 – Terça-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 14h – Bom Dia Eternidade (78 min) – 14 anos
  • 16h – Xica Da Silva (117 min) – 14 anos
  • 19h – Debate – Zezé Motta e Caca Diegues, com mediação de Iléa Ferraz (Entrada franca)

14/06 – Quarta-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 14h – O Testamento do Senhor Nepomuceno (110 min) – 14 anos
  • 16h30 – Para Viver Um Grande Amor (103 min) – 16 anos
  • 19h – A Força de Xangô (100 min) 14 anos

15/06 – Quinta-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) Livre
  • 14h – Deserto Feliz (100 min) 18 anos
  • 16h30 – Natal da Portela (100 min) 14 anos
  • 19h – Bom Dia Eternidade (78 min) – 14 anos

16/06 – Sexta-feira

  • 12h50 – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) Livre
  • 14h – Carolina (curta-metragrem, 14 min) + Anjos Da Noite (98 min) – 14 anos
  • 16h30 – Tudo Bem (110 min) – 18 anos
  • 19h – Vai Trabalhar Vagabundo (95 min) – 12 anos

17/06 – Sábado

  • 12h – A Ilha Dos Escravos (51 min) – 14 anos
  • 14h – Zezé Motta La Femme Enchantée (60 min) – Livre
  • 15h30 – Xuxa E Os Duendes II (90 min) – Livre
  • 17h30 – Cordão De Ouro (77 min) – 14 anos
  • 19h15 – Xica Da Silva (117 min) – 14 anos

Serviço

Zezé Motta – 50 Anos de Cinema

CAIXA Cultural Recife – Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife, Recife

De 6 a 17 de junho de 2017 (de terça a domingo)

Palestra “A Mulher Negra no Cinema Nacional”, com Carla Francine e Juliana Lima: 09 de junho, às 19h (Entrada gratuita com senhas distribuídas a partir das 18h)

Debate Zezé Motta e Cacá Diegues: 13 de junho, às 19h (Entrada gratuita, com senhas distribuídas a partir das 18h)

Ingressos para as sessões: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia) (meia para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos) – vendidos a partir das 10h do dia de cada exibição)

Informações: (81) 3425-1915

+ sobre o tema

Maguila é internado na ala psiquiátrica do Hospital das Clínicas de São Paulo

O ex-boxeador Adilson “Maguila” Rodrigues está internado na ala...

Breves considerações: é possível pensar?

A causalidade e as mudanças que atravessam o olhar...

A cor do pecado: no século xix, a sensualidade da mulher negra

______________________   Resumo Esta pesquisa tem por objetivo principal analisar a presença...

Os Musicos do Lixão. “Eles nos mandam lixo e devolvemos-lhes música”

Landfill harmonic - La armonía del vertedero - Orquesta...

para lembrar

Léa Garcia

Nascida no Rio de Janeiro, em 11 de março...

Crítica: Kendrick Lamar mira alto e acerta nos alvos em ‘DAMN.’

Rapper critica racismo e fama em seu disco mais...

Beyoncé canta Tina Turner em espetáculo futurista da nova turnê ‘Renaissance’

Numa performance brilhante, Beyoncé fez o primeiro de seus cinco shows...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=