‘Não toca em mim, negra suja’: mulher é presa por injúria racial durante atendimento médico no RS

Enviado por / FonteG1

Paciente foi autuada em flagrante pelos crimes de injúria racial, lesão corporal leve e desacato. Um policial militar que acompanhava o atendimento foi agredido com tapas.

Uma mulher foi presa em flagrante nesta segunda-feira (20) após proferir ofensas de cunho racista contra uma técnica de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Tramandaí, no Litoral Norte do RS, durante atendimento médico. De acordo com o boletim de ocorrência registrado após o caso, as palavras usadas pela paciente contra a enfermeira durante o atendimento foram “preta nojenta, não toca em mim, negra suja”.

O Samu foi acionado para atender a mulher, supostamente em surto, por volta das 17h. Como a paciente demonstrava agressividade contra a equipe de saúde, a Brigada Militar também foi acionada para acompanhar o atendimento. Um policial militar foi agredido com tapas pela paciente, de acordo com o boletim de ocorrência.

A mulher foi autuada em flagrante pelos crimes de injúria racial, lesão corporal leve e desacato. Ela está detida e à disposição da Justiça. “Ela estava alterada, muito agressiva”, relata o delegado Thomas Lisboa Ferreira, titular da delegacia de Tramandaí.

De acordo com Luciano Von Saltiel, secretário municipal de Saúde de Tramandaí, a pasta foi colocada à disposição da enfermeira que sofreu as agressões. A profissional segue em atividade pelo Samu.

“Hoje [terça-feira] pela manhã, fiz contato com a coordenação do Samu e coloquei a secretaria à disposição para apoio psicológico. A enfermeira ficou abalada, mas segue trabalhando. A coordenação me relatou expressões como ‘macaca’ e ‘por isso Hitler tem razão’ da paciente, que estão registradas no boletim de ocorrência e no prontuário”, diz o secretário.

+ sobre o tema

Brizola e os avanços que o Brasil jogou fora

A efeméride das seis décadas do golpe que impôs...

Milton Nascimento será homenageado pela Portela no carnaval de 2025

A Portela, uma das mais tradicionais escolas de samba...

Saiba os horários das provas do Concurso Nacional Unificado

Os mais de 2,5 milhões de candidatos inscritos no...

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

para lembrar

Nem tudo era italiano …

Este brilhante trabalho foi apresentado originalmente em 1995 como...

Além de odiar as mulheres, atirador de Santa Bárbara era racista, diz jornal americano

"Como pode garoto negro conquistar uma menina e não...

Coisas que uma sociedade racista faz por você

Você, um belo dia, está na faculdade e vem...

Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG

Aumento foi observado na comparação entre os primeiros semestres...
spot_imgspot_img

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) denunciou um episódio de xenofobia e racismo dentro da Casa do Estudante Universitário (CEU), uma moradia estudantil mantida...

Morre Ykenga Mattos, que denunciou o racismo em seus cartuns, aos 71 anos

Morreu na manhã desta segunda-feira aos 71 anos o professor, sociólogo e cartunista carioca Bonifácio Rodrigues de Mattos, mais conhecido como Ykenga Mattos. Vítima...

Frugalidade da crônica para quem?

Xico, velho mestre, nesse périplo semanal como cronista, entre prazos apertados de entrega, temas diversos que dificultam a escolha, e dezenas de outras demandas,...
-+=