sábado, fevereiro 4, 2023
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-americanosNeto de Malcolm X é assassinado no México

Neto de Malcolm X é assassinado no México

Malcolm Shabazz, neto do ícone dos direitos civis Malcolm X, foi assassinado no México, ontem (9) de acordo com informações do jornal Amsterdam News. Ele tinha 28 anos e era ativista político.

A morte de Malcolm Shabazz também foi confirmada no Twitter por amigos da família. Relatos dizem que ele morreu de manhã cedo de ferimentos sofridos quando ele foi jogado de um prédio quando estava sendo roubado em Tijuana. “Ele foi assassinado. Eu acredito que eles tentaram roubá-lo e ele não permitiu, então eles espancaram até a morte e (ele) morreu a caminho do hospital “, disse Ruiz, membro de uma organização mexicana que havia convidado o ativista ao país. “Isso é tudo o que posso confirmar, todo o resto está sob investigação por enquanto.”

Shabazz é filho de Qubilah Shabazz, que era a segunda filha de Malcolm X e Betty Shabazz. Em sua juventude, ele começou um incêndio que causou a morte de sua avó. Por esse crime, ele foi condenado por homicídio culposo e foi sentenciado a 18 meses em um centro de detenção juvenil. Sua permanência foi estendida e ele foi solto quatro anos depois. Anos mais tarde, ele disse ao jornal Notícias Amsterdam que ele não tinha posto o fogo.

Shabazz continuou a ter problemas com a lei em toda a sua vida. Segundo o jornal The New York Times. Ele se declarou culpado também de tentativa de assalto em 2002 e foi condenado a três anos e meio de prisão. Apenas alguns meses após a sua libertação em 2006, ele foi preso novamente, desta vez para perfurar um buraco na vitrine de uma loja. Por outro lado, rumores na Internet questionam o assassinato do jovem que havia visitado recentemente a Síria e teria sido preso pelo FBI ao tentar visitar o Iran para fazer uma palestra, fato não confirmado.

Malcolm Shabazz estava no processo de escrever dois livros e estava cursando o John Jay College of Criminal Justice, em Nova York. Ele era o único descendente masculino do seu avô Malcolm X e, assim como o líder negro, descobriu o Islã na prisão. Nos últimos anos, Shabazz vinha participando de vários movimentos por justiça racial nos EUA. Veja abaixo um vídeo de um ensaio fotográfico para o canal de tv negro, NewsOne, onde ele representou seu avô.

YouTube video

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench