O caminho da informação sobre a Covid-19 nas comunidades

A Covid-19 já matou mais de 20 mil pessoas no Brasil, sendo quase 5 mil óbitos só no Estado de São Paulo, epicentro do novo coronavírus no País. Foi pensando na tentativa de ajudar a salvar milhares de vidas, frear o avanço descontrolado de casos do coronavírus e levar informação para as comunidades que nasceu o projeto “Diálogos Afrurbanos”.

A iniciativa pretende produzir campanhas em vídeos com linguagem simples e acessível para socializar com as redes periféricas de sete favelas brasileiras. Cerca de 630 mil pessoas serão impactadas pelo projeto no complexo da Maré e Alemão, no Rio de Janeiro; Nova Constituinte, Beiru e Valéria, em Salvador; e em Vitória, no Espírito Santo, o projeto atuará na comunidade Território do Bem. Recebem também esta iniciativa, Paraisópolis e Vila Brasilândia em São Paulo, capital.

Os vídeos com duração de cerca de 1 minutos abordarão os seguintes temas: necessidade de proteção para evitar o contágio e a transmissão, a importância da higiene pessoal em ambientes com pouca infraestrutura; entender os primeiros sintomas, onde buscar ajuda e o que fazer para auxiliar as pessoas em situação de alta e muito alta vulnerabilidade.

Segundo Bob Controversista o objetivo do projeto é a ajudar a salvar vidas. “Se nada for feito nas comunidades a Covid-19 vai matar um número muito alto de pessoas. A letalidade do coronavírus é subestimada por muitos o que causa a proliferação da doença com mais rapidez”, diz ele.

O nosso propósito é de fortalecer quem está na ponta para atender as famílias com alta vulnerabilidade social, que precisam de conscientização adequada e mais acesso à informação de como se proteger”, diz, Marta Costta, uma das idealizadoras do projeto.

A estratégia de captação de recursos é via plataforma de crowdfunding Benfeitoria e funciona da seguinte maneira: a cada 1 real doado, a Fundação Tide Setúbal doará mais 2 reais. Para doar basta acessar bit.ly/2ANIdbm


** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Aprovado no Senado, PL dos planos de adaptação esboça reação a boiadas do Congresso

O plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (15/05)...

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

para lembrar

Entidades pedem nova Lei de Migração e direito a voto para estrangeiros

Proposta, que tramita no Congresso Nacional, poderá substituir o...

Conectados venceremos!

Por Fernanda Pompeu Quantas vezes você já ouviu...

Um velho artigo de Maciel

Fonte: Ìrohin - por: Edson Lopes Cardoso Em 24...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024, ano-base 2023, termina em 31 de maio. Até as 17 horas do dia 30 de...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...
-+=