Pinheirinho: PM usa 1,8 mil homens em ação de reintegração de posse em São José dos Campos

Daniel Mello

A Polícia Militar (PM) começou na manhã de hoje (22) a cumprir uma ordem de reintegração de posse na ocupação do Pinheirinho, em São José dos Campos (SP). Segundo a assessoria da corporação, estão envolvidos aproximadamente 1,8 mil homens na operação que pretende retirar as 9 mil pessoas que vivem há sete anos na área.

De acordo com a PM, por volta das 8h, os moradores atearam fogo nos acessos da ocupação para dificultar a entrada dos policiais. Para vencer a resistência, a polícia usou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.

Ainda segundo a PM, um homem foi ferido por um tiro de munição real disparado pela Guarda Civil Metropolitana. Ele foi encaminhado a um hospital para receber atendimento médico. Agentes da prefeitura de São José dos Campos também dão apoio a operação.

A ação cumpre uma determinação da Justiça estadual de São Paulo em benefício da massa falida da empresa Selecta, do investidor libanês naturalizado brasileiro Naji Nahas. Os ocupantes dizem, entretanto, ter uma decisão do Tribunal Regional Federal contra a reintegração.

 

 

Fonte: Agência Brasil

+ sobre o tema

Reflexão sem cólera

Tem horas que me pergunto se a nossa falha...

Ei, criança negra

 Ei, criança negra // Ei, criança negra (poema) Publicado por Não...

O lenço

a Ângela Gomes Carolina Nabuco, filha de Joaquim Nabuco, é...

para lembrar

Polícia prende homem que foi flagrado ofendendo com racismo o senegalês Diouf

A polícia inglesa informou nesta quarta-feira que um homem...

Edson Diniz: “Todas as vidas têm o mesmo valor!”

O ativista e morador da Rocinha Davison Coutinho escreveu...

Inocente preso por engano há um ano deixa a cadeia

Hércules Menezes foi detido por estar na lista de...
spot_imgspot_img

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....

Mãe não é tudo igual

- Coloca um casaco, meu filho! - Na volta a gente compra, filha. É bem provável que muitos de nós já tenhamos ouvido alguns desses bordões...

Carta aos negacionistas: comprem um seguro de vida

Senhores negacionistas, Coube à nossa geração viver uma encruzilhada existencial: ou mudamos a forma de nos relacionar e habitar o planeta, ou simplesmente esse planeta...
-+=