PM flagrado dando cascudo em suspeito será punido, diz comandante

Durante operação no Jacarezinho, Globocop mostrou agressão a homem imobilizado. Quatro pessoas morreram e três foram feridas, entre elas um policial.

No G1

Imagem: Geledés

O policial militar que deu um cascudo em um suspeito durante uma operação no Jacarezinho, Zona Norte do Rio, nesta segunda-feira (16) será punido. Na operação, quatro pessoas morreram e três foram feridas, entre elas um policial atingido por estilhaços.

Os feridos foram levados para o Hospital Salgado Filho, no Méier. Uma arma foi apreendida.

O flagrante da agressão foi feito pelo Globocop no Bom Dia Rio. Um homem detido estava imobilizado quando recebeu o soco na cabeça.

Em nota, o comandante do Batalhão de Choque do RJ, coronel André Batista, afirmou lamentar a “atitude indesejada”.

“Lamento que todo esforço para o êxito seja posto em xeque pela atitude indesejada de um policial”, afirmou Batista.

“Não há por que dar cascudo em ninguém na favela. Policial não é pai, nem pode usar a força dessa forma”, emendou.

Trens pararam

Na manhã desta segunda, o Comando de Operações Especiais fez uma operação no Jacarezinho para localizar armas e drogas.

Houve tiroteio, e a circulação de trens no ramal Belford Roxo da Supervia chegou a ser interrompida.

+ sobre o tema

População negra entre o genocídio e o racismo

A  maioria da população brasileira é negra. A...

Aliança de parentesco

Um ato político de grande simbolismo marcou a I...

para lembrar

‘Cãodomblé’: Globo é multada em R$ 88 mil por racismo em programa de humor

Por decisão da Justiça de São Paulo, o Grupo...

Noelia sofre racismo e humilhação em loja da PBKids em shopping de São Paulo

Assim que adentrou a loja de brinquedos em um...

Movimento negro denuncia pacote anticrime de Moro à OEA por violações

Quarenta entidades do movimento negro denunciaram o pacote anticrime...

Alemães são acusados de racismo e assédio contra mulher em bar do DF

Dois alemães são acusados de dar um tapa nas...
spot_imgspot_img

Caça aos livros

Está aberta a temporada de caça aos livros no Brasil! Mas atenção. A perseguição restringe-se à indicação pedagógica de certas obras capazes de promover o debate e a...

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...
-+=