Polícia identifica homem e apreende bandeira nazista após vídeo circular nas redes sociais

Enviado por / FonteO Globo

A Polícia Civil de Santa Catarina apreendeu uma bandeira nazista utilizada por um homem na sacada de um apartamento em Florianópolis. Após a identificação do envolvido, o advogado que o representa compareceu a delegacia. Um vídeo, que circulou nas redes sociais na semana passada, mostra o homem balançando uma bandeira estampada pela suástica.

Segundo a polícia, o inquérito que apura o ato foi finalizado e encaminhado ao Judiciário. Em comunicado, o órgão informou que “foram tomadas as devidas medidas legais e aberta investigação para apurar autoria da possível prática do crime previsto na Lei 7.716/89”, que define atos que envolvam discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Após a circulação das imagens, o Ministério Público de Santa Catarina também se manifestou e informou que acompanhava as investigações dos policiais através do Necrim (Núcleo de Enfrentamento aos Crimes de Racismo e Intolerância), que atua dando suporte às Promotorias de Justiça nos casos de crimes de intolerância, crimes de ódio ou ameaças motivadas por questões de raça, gênero, ideologia e religião.

De acordo com o MPSC, a lei prevê pena de reclusão de um a três anos e multa para quem fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo.

No sabádo, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), afirmou que o suposto autor do ato nazista pode sofrer problemas psiquiátricos. Ele também solicitou que a Secretaria Municipal de Segurança Pública acompanhe o caso para saber se, de fato, o homem sofre com algum transtorno.

 

 

Leia Também:

A vida dos negros na Alemanha nazista

+ sobre o tema

Iniquidades raciais e as mudanças do clima

O verão brasileiro, embora conhecido pelas belíssimas praias, férias...

Conversas sobre o luto: quando uma mãe preta retorna ao mundo das encantadas

O encantamento é uma das principais heranças deixadas por...

E assim vamos nós, lutando pela existência de nossas gerações

Vamos que vamos! Frase muito usada por quem sonha...

Ser menina na escola: estamos atentos às violências de gênero?

Apesar de toda a luta feminista, leis de proteção...

para lembrar

Nas redes sociais, feministas evangélicas se unem contra duplo preconceito

"Somos meninas e temos orgulho disso. Discordamos de inúmeras...

Thierry Henry deixa redes sociais para protestar contra racismo e gera debates

O ex-jogador francês Thierry Henry, de 43 anos, decidiu...

Hoje na História, nascia Jesse Owens, o homem que venceu o racismo

Era 1934 e grande parte do mundo sofria a...
spot_imgspot_img

Um guia para entender o Holocausto e por que ele é lembrado em 27 de janeiro

O Holocausto foi um período da história na época da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando milhões de judeus foram assassinados por serem quem eram. Os assassinatos foram...

Operação liderada por SC identifica extremistas com referências ao neonazismo em investigados por discurso de ódio na internet

A Polícia Civil de Santa Catarina concluiu na segunda segunda-feira (23) a fase de análise preliminar dos materiais apreendidos na Operação Trend, deflagrada em nove...

‘Fui um menino negro criado por avós supremacistas brancos que me ensinaram a saudação nazista’

Shane McCrae é um consagrado poeta norte-americano. Ele foi premiado diversas vezes, publicou uma dezena de livros e é professor de redação criativa da...
-+=