Polícia indicia aluna da UFSM por publicações racistas em rede social

Enviado por / FonteG1

Ofensas foram proferidas contra estudantes negros. Investigada não prestou depoimento, pois está internada em uma clínica desde 13 de maio, segundo os pais.

Uma estudante de 21 anos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), na Região Central do Rio Grande do Sul, foi indiciada nesta quarta-feira (25) pela Polícia Civil por racismo. Segundo a ocorrência, a jovem é autora de publicações de cunho racista em uma rede social na internet.

As ofensas foram proferidas contra estudantes negros, de acordo com a delegada Débora Dias, titular da Delegacia de Proteção ao Idoso e Combate à Intolerância (DPICOI). Uma das colegas teria sido pessoalmente atacada.

“A investigada postou em seu perfil em uma rede social manifestações de cunho racista como: ‘eu tenho pavor de conviver com pessoas ‘escuras’, eles têm um complexo de inferioridade muito forte em relação às pessoas brancas…'”, conta a delegada Débora.

Como o ato criminoso envolve uma estudante de uma universidade federal contra colegas, a Polícia Federal (PF) foi quem abriu a investigação. A suspeita estuda no Centro de Artes e Letras (CAL). No entanto, como as ofensas não causaram dano à universidade nem teriam sido cometidos por um servidor federal, a Polícia Civil assumiu o caso.

A DPICOI apurou que a mensagem racista foi publicada no dia 10 de maio e já foi apagada. A delegada Débora Dias coletou depoimentos do diretor do CAL, do coordenador do curso e de alunos ao longo do processo investigativo. A aluna investigada não prestou depoimento, pois está internada em uma clínica desde o dia 13 de maio, segundo os pais.

O inquérito foi remetido ao Poder Judiciário e aguarda avaliação do Ministério Público (MP), que pode ou não oferecer denúncia (acusar a suspeita do crime) à Justiça. Caso haja a oferta e ela seja aceita pela, a suspeita se tornará ré no processo e começará a ser julgada. Se for condenada, poderá cumprir pena de prisão de até três anos e pagar multa.

+ sobre o tema

São Paulo viu crescer 46,8% os casos de denúncias de crimes de racismo

por PLÍNIO DELPHINO  O número de queixas sobre discriminação por...

Investigados por racismo e discurso de ódio na internet são alvos de operação em 10 estados

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou operação nesta quinta-feira (5)...

Pastor é preso por ofensa racista a funcionária de empresa aérea no PA

Polícia diz que ele se enfureceu após ser cobrado...

para lembrar

‘Não é justo’, diz Rafael Braga Vieira único preso por protestos

  As manifestações de rua que sacudiram o País...

Violência Racial

Por: Abraão Macedo     "Eu não quero...

Homem canta “Formation” e é preso em shopping nos EUA; veja o vídeo

Com críticas à discriminação racial e á brutalidade da...
spot_imgspot_img

Da neutralidade à IA decolonial

A ciência nunca esteve isenta das influências e construções históricas e sociais do colonialismo. Enquanto a Revolução Industrial é frequentemente retratada como o catalisador...

O papel de uma líder branca na luta antirracista nas organizações 

Há algum tempo, tenho trazido o termo “antirracista” para o meu vocabulário e também para o meu dia a dia: fora e dentro do...

Mortes pela polícia têm pouca transparência, diz representante da ONU

A falta de transparência e investigação nas mortes causadas pela polícia no Brasil foi criticada pelo representante regional para o Escritório do Alto Comissariado...
-+=