Qual seria sua reação ao ver uma mulher sendo agredida pelo namorado?

Vídeo mostra encenação de um caso de violência contra a mulher dentro do elevador; das 41 pessoas que presenciaram a violência, apenas duas reagiram

Do Correio Braziliense 

Se você visse uma mulher sendo agredida em um elevador, você a ajudaria? Ajudaria mesmo? Um produtor de vídeos resolveu encenar uma situação de abuso e filmar a reação das pessoas. Ao final das gravações, apenas duas das 41 pessoas que viram a cena tentaram intervir.

“Te bato aqui, te bato em casa e não estou nem aí pra quem está do lado”, “Você quer apanhar de novo?” e “Se você falar de novo com ele eu te mato” foram algumas das frases usadas no experimento social. As pessoas filmadas demonstraram desconforto, mas apenas se afastaram e esperaram as portas do elevador abrirem para saírem.

Leia Também: PLP 2.0 – Aplicativo para coibir a violência contra a mulher

Ao final da gravação, há um chamado para que as pessoas não deixem “uma agressão ser apenas ‘mais uma agressão'” e denunciem no 180. O vídeo, que até o momento teve 200 mil visualizações no Youtube, também informa que a cada dois minutos, cinco mulheres sofrem agressões no Brasil, o sétimo país que mais tem casos de mulheres mortas no mundo.

+ sobre o tema

PL que criminaliza homofobia vai ser arquivado no Senado

Por questões regimentais, o projeto de lei que criminaliza...

Sobre amor e cor

"Ó praí meu olho como já fica". Carla Akotirene,...

2013 já deu as caras: há desejos e sonhos pessoais e políticos

DE CERTEZA TEREI MAIS TEMPO PARA FICAR DE OLHO...

para lembrar

O feminismo toma o Chile

Um tsunami feminista ganhou força como resposta positiva às...

29 coisas que nós mulheres evitamos fazer porque tememos por nossa segurança

Estas são algumas das maneiras comuns das mulheres alterarem...

Juiz multa churrascaria por discriminar gays

O juiz Celyrio Adamastor Tenório Accioly multou uma churrascaria,...

Homens, saiamos do armário

Depois de tantos encontros significativos nesta Semana da Mulher,...
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=