Quantos negros e negras terão que morrer até que essa guerra acabe?

A pergunta de Marielle Franco, que continua ecoando na sociedade brasileira, é tema de novo ato que acontece em São Paulo

Enviado para o Portal Geledés

Ilustração/ Eu Grito

No próximo domingo, 25 de março, diversos movimentos e entidades realizam um Julgamento Poético para que a voz de Marielle Franco – ativista negra e LGBT e vereadora do PSOL executada em 14 de março – não seja silenciada. Artistas como Leci Brandão, Chico César e Thaide, além de pensadoras como a filósofa Djamila Ribeiro, participarão do encontro, questionando: Quantos negros e negras terão que morrer até que essa guerra acabe? O ato é gratuito, a partir das 14h30, no Largo do Payssandú.

Os shows e intervenções artísticas tem como objetivo fortalecer ainda mais a certeza de que a morte de Marielle não foi em vão e não será esquecida. Também estarão presentes o grupo As Bahias e a Cozinha Mineira, a cantora Aíla, Graça Braga, Preta Ferreira, Lima Meireles, Nina Oliveira, Bivolt, Ekena, Soledad, Ava Rocha, a rapper Preta Rara, MC Luana Hansen, a porta Kimani, Dj Carlu, Músicos do bloco Charanga do França, Tupimasala, Naked Universe, Felipe Marinho e o rapper baiano Don L.

Serviço
Julgamento poético: Quantos negros e negras terão que morrer até que essa guerra acabe?
Quando: Domingo, 25 de março
Local: Largo do Payssandú
Horário: 14h30
Evento:https://www.facebook.com/events/2056963164331465/?ti=cl

Organização
Marcha das Mulheres Negras de São PauloMovimento Negro Unificado Brasil- MNURUA – Juventude AnticapitalistaAfronte,PSOL 50INNPD – Iniciativa Negra por Uma Nova Política sobre Drogas,Acadêmicos do Baixo AugustaMídia NinjaJornalistas LivresPT São PauloMuda MaisManifestaPOVO SEM MEDOMovimento NósCirculo Palmarino , Ação Popular

+ sobre o tema

Não É Pela Moral, É Pela Política E Com A Esquerda Preta!

Professores, pesquisadores e militantes do movimento negro se reuniram...

Fotógrafo registra os últimos sobreviventes do nascimento do blues no Mississipi

O trabalho de Lou Bopp resgata parte importante da...

Estudo diz que hip hop foi mais revolucionário que Beatles

Acadêmicos da Queen Mary University of London e do...

Taís Araújo fala sobre mudança radical do visual

Animada com o resultado, Taís falou do novo visual:...

para lembrar

Maternidade fez de Gaby Amarantos uma nova mulher e artista

Muito além de fazer sucesso musical, Gaby Amarantos vem...

‘Luta por Justiça’ questiona a desigualdade racial na prisão

Baseado em história real, longa conta a história de...

Repense o Elogio

Dirigido por Estela Renner, Repense o Elogio é um...
spot_imgspot_img

Álbum de Lauryn Hill é considerado melhor da história em lista da Apple Music; veja ranking

Uma lista publicada pela Apple Music elegeu os 100 melhores álbuns de todos os tempos. Em primeiro lugar, a escolha foi para 'The Miseducation...

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...
-+=