R. Kelly, acusado de abuso de menores, entrega-se às autoridades

O músico foi formalmente acusado de dez crimes de abuso sexual agravado, nove dos quais contra menores. Advogado de Kelly diz que as alegadas vítimas são “mentirosas”.

Por MIGUEL DANTAS , do Público 

Lady Gaga retirou colaboração com R.Kelly LUSA/ADE JOHNSON

O cantor R. Kelly entregou-se às autoridades de Chicago, nos EUA, na noite desta sexta-feira. O músico foi formalmente acusado de dez crimes de abuso sexual agravado envolvendo quatro vítimas. À data dos acontecimentos, três dessas vítimas eram menores de idade.

O advogado do artista – como já tinha feito no passado – nega todas as acusações e afirma que as vítimas são “mentirosas”. “Acho que todas as mulheres estão a mentir, sim. Isto tornou-se uma espécie de ‘Olha, posso dizer que o R. Kelly fez alguma coisa’”.

Steve Greenberg, o advogado, afirma ainda que a procuradora do estado do Illinois, Kim Foxx, apenas indiciou o cantor para responder à pressão pública. “Tive uma conversa com a procuradora estatal no início desta semana e era suposto encontrarmo-nos na próxima semana e falarmos sobre o que eles tinham. Iria ser permitido que eu explicasse [as provas] que eles tinham, mas eles simplesmente decidiram indiciá-lo [dos crimes] hoje, por qualquer razão. Suspeito que isto seja uma cedência à pressão pública”.

Há vários anos que o cantor é alvo de acusações de todo o tipo de más condutas sexuais, abusos, assédio, manipulação e violação de menores. Todas estas alegações são analisadas na série documental Surving R. Kelly, dividida em seis episódios, onde vítimas do músico detalharam os abusos sexuais de que terão sido alvo.

Esta série afectou – e muito — a já frágil reputação do músico. Uma das filhas de R. Kelly chamou “monstro” ao pai no Instagram. “O monstro com o qual vocês estão todos a confrontar-me é o meu pai. Tenho perfeita noção de quem e do que ele é. Eu cresci naquela casa”, escreveu. Lady Gaga e Chance, que tinham trabalhado com o Kelly no passado, vieram a público pedir desculpa e lamentar as suas colaborações.

R.Kelly já tinha sido julgado por crimes de pornografia infantil entre 2002 e 2008, mas foi absolvido na altura. Em 1994, então com 27 anos, casou com a cantora Aaliyah, que na altura tinha apenas 15.

+ sobre o tema

Pelo menos sete casos de violência contra mulher são registrados este domingo

Quantidade de ocorrências espantou a PMDF, que lembrou sobre...

Pérola Negra: Ruth de Souza

CCBB apresenta a mostra PÉROLA NEGRA: RUTH DE SOUZA  de...

para lembrar

‘Sense8’, série da Netflix, terá cenas gravadas em São Paulo durante a Parada do Orgulho LGBT

Os fãs paulistanos de Sense8 podem comemorar. Em breve a cidade...

As professoras do meu filho

Rita Lisauskas: 'Ter diversidade no corpo docente é apenas...
spot_imgspot_img

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...
-+=