Sabrina Nonata, filha de Camila Pitanga em Babilônia, conta que sofreu preconceito

Enviado por / FonteDo Gshow

Uma cena linda encantou o público recentemente em Babilônia. A sempre faceira Júlia (Sabrina Nonata) conta para a mãe, Regina (Camila Pitanga), e para a avó, Dora (Virginia Rosa), que sofreu preconceito na escola. A bela sequência, que emocionou as três atrizes, ganhou destaque nos últimos dias.

REVEJA: Júlia conta para Regina o que aconteceu na escola:

A pequena Sabrina Nonata revela que, dias antes de gravar, havia passado por uma situação parecida na escola: “Uns meninos mais velhos começaram a implicar com a minha cor e falaram umas coisas feias.” Sem se abater, ela levou a lembrança do que aconteceu na vida real para a hora de gravar e se emocionou muito. “A cena ficou muito linda e estou muito feliz por ter feito. Foi uma das cenas mais lindas minhas”, comemora.

sabrina-camila
Sabrina e Camila (Foto: Arquivo Pessoal)

Sabrina conta também que teve grande ajuda de Camila Pitanga, sua colega de cena: “Ela me ajudou muito na hora. Me ajudou a me concentrar e nos emocionamos juntas. Foi muito lindo gravar.”

+ sobre o tema

O que é racismo estrutural? | Silvio Almeida

O que é racismo estrutural? Silvio Almeida Do Youtube O filósofo...

Israel: judeus etíopes são confundidos com refugiados e agredidos

Por: GUILA FLINT   Em meio a uma onda de violência,...

Fugindo da guerra, congoleses enfrentam violência, racismo e desemprego para recomeçar no Brasil

Se não tivessem desembarcado no Brasil cinco anos atrás, os irmãos...

para lembrar

Como foi estar na aula de Angela Davis sobre humanidade?

O plano inicial era redigir este texto em formato...

Consumo consciente e antirracista

Já imaginou o que aconteceria no Brasil se os negros...

Estudantes da PUC-Campinas fazem ato contra racismo

O ato pediu o fim preconceito e pediu punição...

Processo contra mulher que acusou falsamente um homem negro no Central Park é arquivado

O Ministério Público de Manhattan rejeitou na terça-feira (16)...
spot_imgspot_img

Senado aprova prorrogação e ampliação da política de cotas para concursos públicos

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (22), o projeto de lei (PL) 1.958/2021, que prorroga por dez anos a política de cotas afirmativas para concursos...

Morte de senegalês após ação da PM em SP completa um mês com investigação lenta e falta de acesso a câmeras corporais

Um mês após a morte do senegalês Serigne Mourtalla Mbaye, conhecido como Talla, que caiu do 6º andar após ação policial no prédio em que morava...

Maurício Pestana: escola de negros e o Terceiro Vagão

Em vários artigos já escritos por mim aqui, tenho apontado como o racismo no Brasil utiliza a via da questão econômica e educacional para...
-+=