terça-feira, outubro 4, 2022
InícioDiscriminação e PreconceitosSecretaria elabora plano contra racismo em Rio Branco

Secretaria elabora plano contra racismo em Rio Branco

Documento tem prazo estabelecido de 180 dias para ser concluído.
Medidas têm objetivo também de promover a igualdade racial na capital.

por Caio Fulgêncio no G1

A Secretaria Adjunta de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (Seadpir), de Rio Branco, iniciou, na terça-feira (6), a elaboração do Plano Municipal de Políticas de Enfrentamento ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial. Lúcia Ribeiro, responsável pela pasta, diz que as medidas vão colaborar, dentro outros pontos, para a inclusão da população negra e indígena que reside na capital. O prazo de conclusão é de 180 dias.

“O plano vai indicar o que foi proposto para a inclusão da população negra e indígena, na questão do trabalho e renda e como vamos executar essa política. Além de políticas voltadas para a educação da população negra, saúde, segurança pública, povos e comunidades tradicionais de matriz africana, a juventude negra, a cultura e também o combate ao racismo”, aponta.

Lúcia explica que as práticas adotadas pela secretaria são fruto de conferências e do plano de governo da atual gestão. Com a elaboração do plano municipal, essas medidas ficam instituídas e ganham força de política pública. “Ao elaborarmos o plano, ele vai se transformar em política pública de estado, não vai mais ser uma decisão da prefeitura ou da equipe que estiver na Seadpir, porque vamos submetê-lo a votação na Câmara”, diz.

Apesar do prazo de 180 dias para elaboração, Lúcia espera que até o dia 21 de março o plano fique pronto, data em que é comemorado o aniversário da Seadpir. Para isso, devem ocorrer reuniões nas regionais, encontros temáticos e audiências públicas, visando uma maior participação da sociedade.

“Queremos debater amplamente com a sociedade, com os movimentos sociais, a juventude, povos e comunidades de matriz africana, e com os povos indígenas que moram na cidade. Porque esse será um instrumento a mais na execução das políticas de promoção da igualdade racial em Rio Branco”, diz.

Ainda de acordo com Lúcia Ribeiro, o plano é uma exigência do governo federal, já que o município aderiu ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Senapir), que define as ações voltadas para o tema nos âmbitos nacional, estadual e municipal.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench