Semana da Consciência Negra em São Paulo

Programação terá shows, debates e ações de cidadania no Largo do Paissandu e Vale do Anhangabaú

Por Claudia Alexandre via Guest Post para o Portal Geledés

Abertura oficial será segunda-feira, dia 16, às 9h00, na Praça das Artes, com apresentação da Orquestra Filafro de São Paulo, com as presenças do prefeito Fernando Haddad e o secretário da Igualdade Racial, Maurício Pestana

Alcione canta com Jorge Aragão e Arlindo Cruz

De 16 a 20 de novembro, durante a Semana da Consciência Negra, promovida pela Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de São Paulo, o centro velho da cidade será o espaço para shows, debates, feira de artes, artesanato e muita música. Artistas como Alcione, Jorge Aragão, Chico César, Arlindo Cruz, Paula Lima, Zezé Motta e Rappin Hood, entre outros, além de grupos de samba, rap, capoeira e maracatu se apresentarão nos palcos que estarão montados na região do Largo do Paissandu e Vale do Anhangabaú. Na sexta-feira dia 20, às 10 horas, será celebrada Missa Afro, por Dom Eduardo Vieira dos Santos, em frente à Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, com a participação de 400 membros das irmandades negras de São Benedito e do Rosário. Dom Eduardo é o primeiro bispo negro do Estado de São Paulo.

A programação, que terá como tema “Consciência Negra e Inclusão – Rumo ao Centenário do Samba” e reunirá as mais variadas manifestações culturais afro-brasileiras, a partir de três eixos principais: Cidadania, com serviços de emissão de documentos, consultoria sobre discriminação racial e de gênero, saúde e beleza; Empreendedorismo, com a Feira Étnico-racial, que será montada no Largo do Paissandu, com estandes de comidas típicas, produtos e acessórios e Culturacom apresentações de grupos artísticos, performances e debates.

Com a presença de grandes nomes do samba e comunidades do samba paulista, os shows vão antecipar as comemorações dos 100 anos do registro, em 27 de novembro de 1916, do primeiro samba gravado em disco no Brasil: “Pelo Telefone”, de Donga e Mario Almeida. (Veja abaixo a programação completa).

O dia 20 de novembro, data da morte do líder negro Zumbi dos Palmares (1695), é uma das principais vitórias do movimento negro de luta contra o racismo no Brasil. A data foi criada em 2003 e instituída em âmbito nacional em 2011, (Lei 12.519, de 10 de novembro).  É feriado em mais de mil cidades e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro. No Brasil mais da metade da população (50,7%) é preta e parda (negra), de acordo com dados do IBGE, de 2010.

A População Negra em São Paulo

De acordo com dados da SMPIR, que lançou recentemente o portal São Paulo Diverso os afrodescendentes constituem 37% da população do município de São Paulo. De acordo com o secretário da SMPIR, Maurício Pestana, apesar de representativo, este contingente ainda sofre com desigualdades sociais e raciais em diversas áreas, como educação, renda e trabalho.

Por exemplo, do total de estudantes que declararam haver concluído o ensino superior, 84,4% eram brancos, e apenas 15,6% eram negros. Já no mercado de trabalho, a taxa de desocupação era de 6,3% entre brancos e 9,1% entre afrodescendentes. Para mulheres negras, essa taxa era ainda maior: 11,3%. As diferenças raciais são ainda maiores para jovens de 15 a 24 anos. Entre os jovens de cor branca, o desemprego estava em 14,7%, subindo para 18,8% entre negros e 22,3% entre jovens negras mulheres. No mesmo ano, o rendimento médio de homens brancos era mais que o dobro do que o de homens negros, enquanto mulheres brancas ganhavam quase três vezes mais que as afrodescendentes.

“Os índices são fruto do atual modelo de desenvolvimento que acaba reproduzindo as desigualdades sociais e raciais, e faz surgir a necessidade de se pensar alternativas socialmente inclusivas e economicamente sustentáveis”, disse Pestana.

É a partir destes dados que a SMPIR, em conjunto com o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento tem aproximado gestores públicos, grandes empresas e empreendedores para discutir sobre ações afirmativas e desenvolvimento econômico inclusivo. Um trabalho que motivou o Fórum São Paulo Diverso, que este ano teve a sua segunda edição realizada no dia 5 de novembro no auditório Elis Regina (Anhembi). O evento contou com as presenças de representantes e presidentes de empresas como Grupo Carrefour, Bayer Brasil, Du Pont Brasil, IBM, BASF, Banco Itaú entre outros. “O aumento da diversidade nas instituições, que geram emprego e renda, é uma ferramenta poderosa para a superação dessas diferenças. Hoje, dezenas de empresas adotam políticas afirmativas, que se estendem também a mulheres, LGBTs e pessoas com deficiência. As multinacionais representam mais de 90% das organizações que adotam essas políticas. As empresas no Brasil já começam a tomar essas ações como exemplo, mas ainda são poucas”, concluiu Pestana.

Em 2014, o setor público federal implementou cota de 20% para negros nos concursos públicos federais. O mesmo já havia sido feito em 2013 pela Prefeitura de São Paulo por meio da Lei nº 15.939/13. Nos últimos dois anos, mais de 1.000 servidores entraram na Prefeitura por meio das cotas e em posições estratégicas, como procuradores, contadores, professores e auditores fiscais.

Confira a Programação da Semana da Consciência Negra de São Paulo

 

Dia 16 de Novembro de 2015 – PRAÇA DAS ARTES

Horário                       Evento

 

09:00                         Abertura Oficial (presença Prefeito e Secretário Municipal) – Filafro     (abertura com Hino Nacional e Hino da Negritude)

09:00 às 17:00        Seminário: Cotistas e Formação de Professores

17:00 às 18:00        Show – Paula Lima, Zezé Motta e Anelis Assumpção

 

Dia 16 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

13:00 às 19:00        Feira Afro

13:00 às 14:00        Show Mariama – Dança Africana

15:00 às 16:00        Show Heliosa Lucas – Groove

19:00 às 20:00        Show Paulo Junior e banda – MPB

 

Dia 17 de Novembro – Sede da SMPIR (Vale do Anhangabaú. 350 – 6o. Andar)

Horário                       Evento

 

16:00 às 18:00        Seminário Mulheres Negras: Luta e Resistência

18:30 às 19:00        Cortejo

 

Dia 17 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

10:00 às 19:00        Feira Afro

12:00 às 13:00        Show – Dagô Miranda

13:00 às 14:00        Show Jimmy Luv

19:00 às 19:30        Cortejo – Manifestações Populares

19:30 às 20:30        Show Deise do Banjo

20:30 às 21:00        Capoeira

 

Dia 18 de Novembro – Sede da SMPIR – (Vale do Anhangabaú. 350 – 6o. Andar)

Horário                       Evento

 

16:00 às 18:00                    Seminário Educação Financeira e Inclusão

 

Dia 18 de Novembro – Galeria Olido – Vitrine

Horário                       Evento

 

19:00 às 20:30        Sarau Alexandre Buzzo

 

Dia 18 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

10:00 às 19:00        Feira Afro

14:00 às 15:00        Show Mafra

15:30 às  16:20        Jongo Filho de Maria – Manifestação Cultural

17:00 às 18:00        Capoeira

18:00 às 19:00        Show Circo Negro

19:00 às 20:00        Show Bukassa – Pé na África

20:00 às 21:00        Show Vitrola 70

                         

Dia 19 de Novembro – Sede da SMPIR – Vale do Anhangabaú. 350 – 6o. andar

Horário                       Evento

 

16:00 às 18:00        Seminário Juventude Negra

 

Dia 19 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

10:00 às 19:00        Feira Afro

12:30 às 13:30        Show Pretologia Rap

13:30 às 14:30        Show Os Alquimistas

14:30 às 15:30        Show Sr. B e Dona Vontade

18:00 às 19:00        Performance – Boi Morro do Querosene

19:00 às 19:50        Show Nelson triunfo

20:00 às 20:50        Show -Rappin Hood e banda

21:00 às 22:00        Show -Dexter

 

Dia 20 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

13:00 às 19:00        Feira Afro

10:00 às 13:00       Missa Afro -Igreja N.S. Rosário dos Homens Pretos com Coral

Resistência Negra

13:30 às 14:00        Show Gospel

14:30 às 16:30        Comunidades do Samba – Samba na Feira/ Samba da Toca / Samba

da Laje / Samba do Sino / Comunidade Maria Cursi / Terreiro de

Compositores

17:00 às 18:00        Show Chocolate

18:00 às 19:00        Show Alex Ribeiro

19:00 às 20:00        Show Toninho Gerais

 

Dia 20 DE NOVEMBRO – VALE DO ANHANGABAÚ

Horário                       Evento

 

11:30 às 12:00        Abertura

12:00 às 12:50        Embaixada do Samba Paulista convida Velha Guarda

13:20 às 14:05        Show Izzy Gordon

14:30 às 15:20        Show Banda Black Rio

16:00 às 16:40        Show Chico César

17:20 às 18:00        Show Nereu Mocotó e Tereza Gama

18:30 às 19:20        Show Sampagode convida Leci Brandão

20:00 às 21:40        Show Jorge Aragão convida Arlindo Cruz e Alcione

22:00 às 22:40        Show Escola de Samba Vai Vai

22:40 às 22:45        Encerramento

 

Dia 21 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

10:00 às 19:00        Feira Afro

 

Dia 22 de Novembro – LARGO DO PAISSANDU

Horário                       Evento

 

10:00 às 19:00        Feira Afro

 

 

 

Dia  24 de Novembro – Sede da SMPIR – Vale do Anhangabaú. 350 – 6o. andar

 

 

Horário                       Evento

 

19:00 às 21:00        Seminário: Novas Mídias e a Questão Racial

 

 

 

SOBRE A SMPIR

A Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial tem a finalidade de formular, coordenar e articular políticas e diretrizes para a promoção da igualdade racial e avaliação das políticas públicas de ação afirmativa, com ênfase na população negra. A política de ação afirmativa é o instrumento por meio do qual se busca a promoção dos direitos dos indivíduos e grupos étnico-raciais que sofreram injustiças históricas e, ainda hoje, sofrem com desigualdades sociais motivadas pela discriminação racial e demais formas de intolerância.

 

Mais informações:

Raquel Marques – [email protected] ; [email protected]

  1. 4571-0961 / 11 99107-9758

Credenciamento e Atendimento à Imprensa

Carlos Romero – (11) 96308-2662

Camila Gonçalves – (11) 97326-9170 – [email protected]

Claudia Alexandre – (11) 97061-5995

Patrícia Magalhães – (11) 97616-4906

​Camila Gonçalves​

Central de Comunicação

[email protected]

Fone: 3564-9848

+ sobre o tema

Coletivo Luiza Bairros: conheça grupo que atua no combate ao racismo institucional na UFBA

A principal estratégia utilizada é na exigência do cumprimento...

Após reivindicação do movimento negro, sítio arqueológico no centro do Rio será preservado

Diferente das ossadas humanas descobertas durante escavações próximas à...

Agenda única de eventos em novembro celebra a consciência negra na UFMG

Iniciativa, que une comunidade e gestão, integra formação, informação...

A roupa que habito: Vestimentas e adereços reforçam identidade de pessoas negras a partir da estética africana

Indumentárias são usadas como símbolos políticos de resistência. Por Itana Alencar,...

para lembrar

‘Vozes pela Igualdade’ começa nesta segunda

Questões de raça e etnia são temas da programação...

Em 6 meses, governo identificou 407 mil famílias na extrema pobreza

Após seis meses da criação do programa Brasil Sem...

Imagens e textos reforçam direito à liberdade religiosa no Brasil

Por: Alana Gandra     Rio de Janeiro - A Comissão de...
spot_imgspot_img

Câmara aprova projeto que torna Dia da Consciência Negra feriado nacional; texto vai à sanção

Por 286 votos a favor e 121 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) um projeto de lei que declara o dia 20 de...

Profissionais negros reinventam suas carreiras na TV e avaliam a importância da discussão racial

No Dia da Consciência Negra, o gshow conversou com artistas que compartilham a jornada que é ser um profissional preto na teledramaturgia. Entre eles, atores, atrizes e...

“Quanto mais diversos formos, melhores seremos”

Uma das mais destacadas intelectuais em atividade no país, a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, docente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas...
-+=