Seminário do Instituto Ethos analisa ações afirmativas para a promoção da igualdade racial

Evento fará uma análise comparativa entre dois contextos – o brasileiro e o norte-americano, de modo a contribuir para a superação de mitos que envolvem a questão racial, como o mito da “democracia racial”, por exemplo

O Instituto Ethos promove no dia 21 de novembro, em São Paulo, o seminário “Ações afirmativas para a promoção da igualdade racial – Balanço das ações do governo e das empresas no Brasil e exemplos internacionais”. Um dos objetivos é mostrar a situação atual da população negra no país em relação ao mercado de trabalho, de modo a contribuir com o debate público a respeito da questão das ações afirmativas para a valorização da diversidade, buscando superar ideias e dilemas falsos em torno dessa agenda.
Segundo o Instituto Ethos, o evento servirá para mostrar como a redução das desigualdades sociais, que no Brasil passa pela questão racial, necessariamente, é fator fundamental para ser construída uma sociedade mais justa e sustentável. Para embasar essa discussão, serão trazidos também exemplos internacionais de promoção da igualdade racial, mais especificamente dos Estados Unidos, tanto no âmbito educacional quanto no mercado de trabalho.

Nessa ocasião, inclusive, será feita uma análise comparativa entre dois contextos – o brasileiro e o norte-americano, para contribuir para a superação dos mitos que envolvem a questão racial, como o mito da “democracia racial”, por exemplo.

Fonte: APCEF

+ sobre o tema

para lembrar

Professora negra de Minas Gerais é ofendida por mãe de alunas

Áudio com as declarações racistas absurdas da mãe foi...

Steve McQueen é xingado em premiação: “Você é um lixeiro ridículo. Vá se f…”

Diretor Steve McQueen é xingado no palco quando recebia...
spot_imgspot_img

Educação escolar de negros com deficiência é marcada por capacitismo e racismo

Apesar da acessibilidade ser um direito garantido por lei para as pessoas com deficiência, a falta de ambientes acessíveis foi um dos principais problemas...

Em ‘Sitiado em Lagos’, Abdias Nascimento faz a defesa do quilombismo

Acabo de ler "Sitiado em Lagos", obra do ativista negro brasileiro Abdias Nascimento, morto em 2011, no Rio de Janeiro. A obra, publicada agora pela...

Registros de casos de racismo aumentam 50% entre 2022 e 2023 no estado de SP

Números obtidos via Lei de Acesso à Informação pela TV Globo, mostram que o número de ocorrências registradas por racismo e injúria racial tiveram alta...
-+=