terça-feira, julho 5, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoShow do rapper Edi Rock, do Racionais MC’s, e debates sobre o...

Show do rapper Edi Rock, do Racionais MC’s, e debates sobre o Funk animam a agenda das Fábricas de Cultura

Em maio, a música será a linguagem em destaque na programação das Fábricas de Cultura da Zona Norte, Sul e Diadema

Quem quiser aproveitar um bom show já tem lugar certo. Em maio, as Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e gerenciadas pela Poiesis, abrem espaço para o funk, rap e reggae com uma programação gratuita marcada pela música. Confira os destaques:

As atividades do mês começam em Diadema com a Instalação Trono Cadeira Realeza Periférica, uma intervenção artística criada por jERONa RuyCe, artista plástico e arte educador. A obra, que pode ser visitada de 3 a 31 de maio, propõe a reflexão sobre as questões territoriais, e lugares que são destinados para a existência da população preta e periférica que anseia ser Reis, Rainhas, Príncipes e Princesas do seu existir.

No dia 6 de maio, às 10h, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha promove a Oficina Maquiagem Criativa na Persona Drag com a atriz e drag queen Jacque Follet, que de forma lúdica mostrará o poder e a diversidade da arte drag queen.

Ainda na Zona Norte, a Fábrica de Cultura Jaçanã celebra 9 anos de existência com o show do rapper Edi Rock, do Racionais MC’s, no dia 7 de maio, às 19h. Nascido e criado no Jardim Hebrom, próximo a região da Fábrica, o rapper trará neste show clássicos de um dos maiores grupos de rap do país e músicas de sua carreira solo, incluindo o lançamento da música que estava na recente novela da Globo, Um Lugar ao Sol. O evento também conta com intérprete de Libras presencial.

Do rap a unidade vai para o funk com a palestra O que o funk ensina sobre música, cultura e sociedade?, ministrada pelo doutorando em música Thiagson, no dia 10 de maio, às 14h30. O encontro pretende abordar o papel social e cultural do funk.

Também no dia 10 de maio, às 14h30, a equipe de biblioteca da unidade Brasilândia promoverá a atividade Instalação Conceição Evaristo. A proposta é elaborar junto com os frequentadores da biblioteca uma instalação narrando a trajetória de Conceição Evaristo e sua forma de escrita a partir do conceito de escrevivência.

Para celebrar o Dia Nacional do Reggae, a unidade Vila Nova Cachoeirinha realiza no dia 11 de maio, às 15h, o show do artista Vinicius Branco e de Renata Fernandes Aguiar aka Rude Mumma, pioneira na cidade de São Paulo dentro da cultura Sound System, que apresentarão grandes sucessos do reggae.

Já no dia 14 de maio, às 15h, é a vez da unidade Jardim São Luís celebrar a data com o Festival Reggae: a Vida com Amor, que reunirá artistas como a cantora e compositora Marietta, a operadora de som Selectah Tuti, e o coletivo Dub Lova Sound System System, de forma a promover uma sessão com repertório sound system que inclui instrumentais clássicos da música jamaicana e suas vertentes. Entre um show e outro a DJ Jazz irá discotecar ao longo do festival.

Além da música, a unidade terá espaço para o teatro. No dia 18 de maio, às 10h, a Cia Arte Raiz apresenta a peça O Homem que Queria Enganar a Morte. Com tradução simultânea em Libras, a peça traz a história de um homem que, para salvar o filho, pede à morte que o leve no lugar do menino. A morte aceita e diz que daqui sete anos vem buscá-lo. Quando chega o dia, ele decide armar um plano para enganá-la.

No dia 19 de maio será a vez do cinema. A unidade Diadema exibe às 19h o web documentário “Somos Plurais, Vidas Trans Importam!”, que conta com relatos de experiências de vida e luta das pessoas trans em seu cotidiano, seguido de falas contra o combate a homofobia e finalizado com uma apresentação cultural. A atividade faz homenagem ao Dia Internacional contra a Homofobia (17/5). E no dia 20, às 19h30, ocorre a Batalha das Minas, evento na unidade Brasilândia que busca enfatizar o empoderamento feminino e valorizar cada vez mais a participação das mulheres no universo das batalhas.

A programação do mês será finalizada com uma dobradinha de Funk na Fábrica de Cultura Capão Redondo. No dia 24 de maio, às 15h, a unidade realizará um bate-papo com a pesquisadora e funkeira Renata Prado e a estilista e fotógrafa Fernanda Souza sobre A Moda da Ostentação: A economia criativa do funk e seu impacto no universo fashionista. Já no dia 26, às 14h30, ocorrerá o masterclass Academia do Funk: da teoria à prática, também com Renata Prado. Neste encontro, a funkeira trará uma vivência corporal para ensinar técnicas de rebolar, além de trazer conhecimento histórico e corporal sobre a dança do funk como prática artística a partir da corporeidade periférica, desconstruindo toda a moralidade imposta socialmente. 

Para entrada nos prédios das Fábricas de Cultura é obrigatório a apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19, com duas doses ou dose única, de acordo com o decreto nº 60.989, da PMSP. Em razão do avanço da pandemia, algumas atividades podem ser alteradas ou canceladas. Antes de ir, entre em contato com a unidade. As unidades do programa recomendam o uso da máscara de proteção nos ambientes internos.

A programação completa pode ser acessada pelo hotsite +Cultura e no site das Fábricas de Cultura.

SERVIÇO:

Fábrica de Cultura Jaçanã

SHOW DO EDI ROCK: ANIVERSÁRIO DE 9 ANOS DA FÁBRICA DE CULTURA JAÇANà

Atividade com tradução simultânea em Libras

7/5 – Sábado – 19h 

Atividade Livre.

Lotação: 40 

Local: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

PALESTRA: O QUE O FUNK NOS ENSINA SOBRE MÚSICA, CULTURA E SOCIEDADE?

10/5 – Terça-feira – 14h30

Atividade Livre.

Lotação: 40 

Local: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 – Conjunto Habitacional Jova Rural – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Brasilândia

INSTALAÇÃO CONCEIÇÃO EVARISTO

Com: Equipe de Biblioteca

10/5 – Terça-feira – 14h30

Classificação indicativa: maiores de 12 anos.

Lotação: 40

Local: Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

BATALHA DAS MINAS

20/5 – Sexta-feira – 19h30

Atividade Livre.

Lotação: 40

Local: Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

MAQUIAGEM CRIATIVA NA PERSONA DRAG

Com: Jac Follet

Coordenação: Equipe de Biblioteca

6/5 – Sexta-feira – 10h 

Classificação indicativa: maiores de 14 anos.

Lotação: 15

Local: Rua Franklin do Amaral – de 701/702 ao fim, 1575 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

DIA NACIONAL DO REGGAE COM VINICIUS BRANCO & MUMMA IN DUB 

Coordenação: Estúdios 

11/5 – Quarta-feira – 15h

Atividade Livre.

Lotação: 40 

Local: Rua Franklin do Amaral – de 701/702 ao fim, 1575 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

FESTIVAL REGGAE, A VIDA COM AMOR

Com: Dub Lova, Dj Jazz, Marietta & Selectah Tuti

14/5 – Sábado – 15h

Atividade Livre.

Lotação: 40

Local: Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

O HOMEM QUE QUERIA ENGANAR A MORTE

Com: Cia Arte Raíz | Coordenação: Equipe de Biblioteca

Atividade com tradução simultânea em Libras

18/5 – Quarta-feira – 10h

Atividade Livre.

Lotação: 15

Local: Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo Antônio – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Capão Redondo

A MODA DA OSTENTAÇÃO: A ECONOMIA CRIATIVA DO FUNK E SEU IMPACTO NO UNIVERSO FASHIONISTA

24/5 – Terça-feira – 15h

Classificação Indicativa: maiores de 14 anos. 

Lotação: 40

Local: Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conjunto Habitacional Jardim São Bento – São Paulo/SP

ACADEMIA DO FUNK: DA TEORIA À PRÁTICA COM RENATA PRADO

26/5 – Quinta-feira – 14h30

Atividade Livre.

Lotação: 40

Local: Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conjunto Habitacional Jardim São Bento – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Diadema

INSTALAÇÃO: TRONO CADEIRA REALEZA PERIFÉRICA EM DIADEMA

Artista: jERONa RuyCe

De 3 a 31 de maio

Visitação: de segundas a sexta das 9h às 21h, e aos sábados 9h às 17h.

Atividade Livre.

Lotação: 40 

Local: Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP

WEB DOCUMENTÁRIO: SOMOS PLURAIS, VIDAS TRANS IMPORTAM!

19/5 – Quinta-feira – 19h

Atividade Livre.

Lotação: 40

Local: Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP

Esse evento é uma parceria da Fábrica de Cultura Diadema e da Coordenadoria de Políticas de Cidadania e Diversidades.


Funcionamento das unidades

De terça a sexta, das 9h às 19h. Finais de semana e feriados, das 12h às 17h.*

Funcionamento das bibliotecas 

De terça a sexta, das 10h às 16h. Sem os finais de semana.

*Algumas unidades operam em horários noturnos e para conferir o horário exato de sua unidade, favor entrar em contato por telefone com a recepção.

Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso tátil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braille, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e audiobooks). 

Devido à pandemia da Covid-19, parte da programação cultural vem ocorrendo de forma on-line*. Todas as atividades são gratuitas. Saiba mais no hotsite +Cultura e no site das Fábricas de Cultura

*Sujeito às mudanças mediante orientações dos órgãos responsáveis.

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que promovem diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2022, as Fábricas de Cultura – programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis – contam com o patrocínio do Instituto Center Norte e o Instituto GPA, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Apoios como estes contribuem para a realização de atividades de formação e difusão cultural para crianças, jovens e adultos.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Artigos Relacionados
-+=