quarta-feira, julho 8, 2020

    Tag: iorubá

    Annie Belt/ Acervo KOINONIA

    Língua Iorubá é oficialmente Patrimônio Imaterial do Estado do Rio de Janeiro.

    No último dia 15/08 foi aprovada na Assembleia Legislativa a lei que institui o Iorubá como patrimônio Imaterial do Rio de Janeiro. o Dr. Babalawô Ivanir dos Santos, doutor em história e membro da Comissão de Combate à Intolerância / CCIR, a decisão evidencia a relevância da preservaçāo dos vestígios imateriais das presenças negras africanas em solo brasileiro. Do Facebook Foto: Annie Belt/ Acervo KOINONIA A seguir, seu comentário completo: "Jamais podemos esquecer que o Brasil foi o país que mais recebeu negros africanos na condição de escravos entre os séculos XVI e o XIX e, foi o último Estado a promulgar a lei que tornou extinta o trabalho escravo. Como também nāo podemos esquecer que o nosso país evidencia muito mais as tradições (culturais e religiosas) e contribuições europeia do que as africanas, promovendo assim um silenciamento histórico. Por essa razāo, a instituição da língua ...

    Leia mais
    blank

    Asa: Aplicativo inova ao ensinar Iorubá para crianças

    O Asa foi criado para ensinar Iorubá de uma maneira divertida e contribuir para a preservação e difusão da língua falada pelo segundo maior grupo étnico da Nigéria. Por Kauê Vieira Do Afreaka Lá se vão 16 anos desde o início do século XXI. Para alguns o novo milênio significaria o fim da humanidade, contudo a nova era se mostrou um marco definitivo no avanço e consolidação da tecnologia como ferramenta essencial para a existência humana. O período se tornou ainda mais forte com o advento das redes sociais e com a chegada dos chamados telefones inteligentes ou smartphones, que facilitaram e muito a vida de todos ao redor do planeta. Em África não foi diferente, muito pelo contrário, o boom tecnológico foi ainda mais forte já que o continente negro saltou diretamente para o tempo da comunicação móvel. Com a crescente urbanização de metrópoles como Lagos, na Nigéria e Nairóbi, no ...

    Leia mais
    Reprodução/Facebook/@JutayMeneses.

    Deputado paraibano critica Enem por citar iorubá em questão

    Depois que o deputado estadual Anísio Maia (PT) ocupou a tribuna hoje de manhã para enaltecer o Ministério da Educação e Cultura pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), criticando o que chamou de "fundamentalistas religiosos" contrários a alguns conceitos citados nas provas, acabou provocando seu colega de parlamento, Jutay Meneses, a assumir sua discordância com o MEC e também com o teor dos testes aplicados no fim de semana. Do Parlamento PB Reprodução/Facebook/@JutayMeneses. Anísio declarou que os críticos do Enem "não têm coragem de dizer claramente, mas defendem a submissão da mulher porque são fundamentalistas religiosos" e acrescentou seus parabéns ao Ministério. "Eu quero dar os parabéns ao Enem pela abordagem, pela prova de alto nível e pela defesa aos direitos femininos. A cultura universal vai chegar ao Brasil com muito mais força. Não seremos quintal do obscurantismo. Vamos respeitar os direitos fundamentais ...

    Leia mais
    blank

    Dupla mistura jazz, hip-hop e cânticos iorubá em disco de estreia

    As gêmeas fraco-cubanas, Noami Diaz e Lisa Kaindé formam a dupla “Ibeyi”, que têm se destacado protagonizando apresentações com ingressos esgotados e turnês relevantes pelos Estados Unidos, África e Europa. Mas foi pela mão abençoada de Beyoncé, que as duas começaram a  ganhar mais olhares e ouvidos atentos… Do nos2 Com o disco intitulado “ibeyi”, que em iorubá significa “irmãos gêmeos”, nas irmãs de apenas 20 anos, contam que ficaram surpresas quando a cantora norte-americana postou um vídeo da música delas em seu perfil do Instagram. “Estávamos num aeroporto quando ela publicou. Não entendemos nada!”, lembra Naomi. “Muito antes de fazermos o disco, Jay-Z assistiu a um vídeo com uma versão de ‘Mama Says’ e entrou em contato com nosso manager à época pedindo a música. Acho que, depois disso, eles nos acompanharam”, acredita Lisa. O burburinho que atraiu o casal famoso foi provocado pela criativa mistura de beats ...

    Leia mais
    blank

    Casa da Cultura Afro-Brasileira oferece aulas de iorubá e capoeira

    Idade mínima para frequentar cursos é de 10 anos Do A Tribuna Pioneira no litoral paulista, a Casa da Cultura Afro-Brasileira - Memorial ao Escravizado em São Vicente abre inscrições para cursos gratuitos de capoeira e do idioma Iorubá. Enquanto a primeira formação terá turmas de terça e quinta-feira, das 14 às 16 horas, o de língua africana será na sexta- feira, das 15 às 16h30, e no sábado, das 10 às 11h30. A oficina de capoeira tem como objetivo difundir conhecimento sobre a cultura afro-brasileira, privilegiando a informação, o debate e a retomada de valores da ancestralidade com foco na expressão corporal. A idade mínima é 10 anos. Já o ioruba:- idioma da família Níger-Congo é muito falado no oeste africano, principalmente na Nigéria, Benin, Togo e Serra Leoa, alcançando 30 milhões de pessoas. A atividade será ministrada por um nigeriano, o artista plástico Augustine Kawoh, com o objetivo ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist