USP adota cotas em concursos para professores e funcionários

Resolução foi aprovada pelo Conselho Universitário na segunda-feira

A Universidade de São Paulo (USP) vai reservar 20% das vagas em concursos da instituição para pessoas pretas, pardas ou indígenas (PPI). A ação afirmativa vai abranger as seleções para docentes, servidores técnicos e administrativos. A resolução foi aprovada pelo Conselho Universitário na segunda-feira (22).

A reserva de 20% das vagas será aplicada para os concursos com abertura de três vagas ou mais. Para as seleções com uma ou duas vagas, os candidatos PPI receberão pontuação diferenciada a partir da regulamentação estadual.

As autodeclarações dos candidatos pretos e pardos serão confirmadas por uma banca de heteroidentificação. No caso das candidaturas indígenas, será exigido o Registro Administrativo de Nascimento do Índio (Rani) do próprio candidato ou de um dos genitores.

Processos seletivos que estão suspensos na universidade, para a contratação de 79 pessoas para os cargos de analista administrativo, médico veterinário e procurador, deverão receber um novo edital com a incorporação da reserva de vagas.

+ sobre o tema

Kanye West quer abandonar os EUA por causa do racismo

  Kanye West e o racismo Após...

Um perigo público: Cotas ou Abolição

Fonte: Elio Gaspari, Folha de São Paulo, 21-03-2004  ...

83% dos presos injustamente por reconhecimento fotográfico no Brasil são negros

Eles têm o mesmo perfil: jovens, pobres e negros....

para lembrar

Toque de recolher aumenta protestos nas ruas de Ferguson

Sete manifestantes foram detidos, e uma pessoa levou um...

Câmara aprova proposta que ratifica a Convenção Interamericana contra o Racismo

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (9) a...

STJD suspende goleiro do Oeste por cinco jogos por suposto racismo

Rodolfo foi acusado pelo zagueiro Messias, do América, de...
spot_imgspot_img

Tragédia no RS apaga pessoas negras e escancara racismo ambiental

No início dos anos 2000, viajei a Mato Grosso do Sul para participar de um evento universitário. Lembro que na época eu causei espanto...

Racismo em escolas de Niterói: após reunião com mãe de dois adolescentes vítimas de insultos, deputada vai oficiar MP, polícia e prefeitura

Após uma reunião com Renata Motta Valadares, mãe de dois adolescentes de Niterói que foram vítimas de racismo em duas diferentes escolas particulares, a deputada estadual...

Câncer: racismo aumenta mortes entre população negra, indica estudo

Dados do Ministério da Saúde, levantados por pesquisadores do Rio de Janeiro e divulgados em abril último, demonstram que o acesso ao diagnóstico e...
-+=