Vídeo polêmico ‘No Light, No Light’ de Florence é acusado de racismo

 

Kele Okereke acusou Florence de racismo no novo vídeo ‘No Light, No Light’

O vídeo mostra a artista pendurada num arranha-céus enquanto um homem negro apunhala um boneco de voodoo com o seu rosto. Em seguida, Florence é salva pelos meninos brancos do coro da igreja.

Uma mensagem hipoteticamente racista que levou Kele a utilizar o seu blogue para escrever um post intitulado «pessoal, não gosto da Florence». «Não sei se é um caso de supremacia branca mas nesta altura, um vídeo com esta ideia é bastante estúpido. Que acham?»

No YouTube, têm surgido diversos comentários no mesmo sentido. «Se isto não é racismo subtil (ou não), então não sei o que é», comentou um utilizador.

«Este é o tipo de coisa que as pessoas vêem e inconscientemente assimilam para ser projectado como racismo», acrescentou. Para quem quiser tirar conclusões:

Fonte: Sapo

+ sobre o tema

Após agressão, suspeito de racismo é transferido para Nelson Hungria

Antônio Donato foi encaminhado para a penitenciária nesta quinta...

Comoção antirracista da branquitude ou vira prática ou hipocrisia, diz articulador de manifesto

"É incoerente manifestar repúdio ao racismo e apoiar políticas...

para lembrar

Intelectuais protestam contra racismo em Israel

Vários importantes intelectuais de Israel protestaram neste domingo em...

Berlim de mãos dadas contra o racismo e a favor da diversidade

Neste fim de semana e no preâmbulo do Dia...

Sem racismo, país teria PIB maior

Salário dos negros é 58% dos brancos; se rendimento...

“Pela Vida e Contra a Violência Racial”

    Convocamos a tod@s a marchar conosco...
spot_imgspot_img

Em ‘Sitiado em Lagos’, Abdias Nascimento faz a defesa do quilombismo

Acabo de ler "Sitiado em Lagos", obra do ativista negro brasileiro Abdias Nascimento, morto em 2011, no Rio de Janeiro. A obra, publicada agora pela...

Registros de casos de racismo aumentam 50% entre 2022 e 2023 no estado de SP

Números obtidos via Lei de Acesso à Informação pela TV Globo, mostram que o número de ocorrências registradas por racismo e injúria racial tiveram alta...

Justiça reconhece atribuições familiares das mulheres

Saiu da Justiça de São Paulo uma tão inédita quanto bem-vinda decisão de reconhecimento de atribuições familiares das mulheres, sempre exigidas, nunca valorizadas. Um...
-+=