Vilma Nascimento, histórica porta-bandeira da Portela, afirma que foi vítima de racismo

Enviado por / FonteG1, por Jornal Nacional

As cenas aconteceram depois que Vilma, que tem 85 anos, recebeu uma homenagem no Congresso Nacional pelo Dia da Consciência Negra.

Uma referência da Portela, uma das escolas de samba mais tradicionais do Rio, afirma que foi vítima de racismo em uma loja no aeroporto de Brasília.

Vilma Nascimento, de 85 anos, teve que tirar os pertences da própria bolsa. A filha Daniela estava junto.

Filha: Esqueceu de pagar algum produto, mãe?
Vilma: Eu não comprei nada. Como é que vou pagar?
Filha: Mãe, não fala nada. Só faz o que ela está pedindo que depois a gente vê.

A ordem veio de uma segurança da loja. Segundo Daniela e Vilma, por suspeita de furto.

“Abri. Um vexame. Porque a loja tinha clientes lá olhando eu tirando tudo da minha bolsa, botando tudo para fora e ela olhando”, conta Vilma.

Vilma Nascimento recebeu uma homenagem no Congresso Nacional pelo Dia da Consciência Negra — Foto: JN

As cenas aconteceram depois que a ex-porta-bandeira recebeu uma homenagem no Congresso Nacional pelo Dia da Consciência Negra. Somente depois de mostrar o que tinha na bolsa, Vilma Nascimento foi liberada.

A família registrou queixa na polícia e pretende processar a loja.

“Eu acho isso um absurdo. Eu não roubei nada. Só pode ser porque sou negra”, lamenta ela.

A Dufry Brasil, loja onde Dona Vilma foi abordada, divulgou nota pedindo desculpas publicamente. A empresa diz que a abordagem foi fora do padrão do grupo e que a fiscal de segurança foi afastada de suas funções. A Dufry diz ainda que está reforçando todos os procedimentos internos e treinamentos dos funcionários pra evitar que esse tipo de situação se repita.

+ sobre o tema

Macetando o apocalipse

Veio de Veveta, também conhecida como Ivete Sangalo, o...

Saiba quem é o neto de Bob Marley que emplacou sucesso na Billboard; ouça a canção

YG Marley, nome artístico de Joshua Marley, neto do...

Conceição Evaristo é eleita a nova imortal da Academia Mineira de Letras

A escritora Conceição Evaristo, 77, foi eleita nesta quinta (15)...

Fui demitida depois dos 40. E agora?

Dia desses, enquanto navegava pelos comentários de uma publicação...

para lembrar

Bancos estão longe de abolir o racismo

Os dados do IBGE de 2010 apontam: pretos e...

Produção do filme bíblico “Êxodo” é acusada de racismo por escolha de elenco “branco”

Por Dan Martins A hashtag #BoycottExodusMovie (#BoicoteOFilmeExodus) explodiu no Twitter...

Seminário reúne mulheres para discutir economia e política no Rio de Janeiro

Quando o sol nasce, a mulher negra desce morro...
spot_imgspot_img

Quem cata suas latinhas é trabalhador?

Todo Carnaval tem seu fim. E com ele toneladas e mais toneladas de lixo... Não importa como você decidiu comemorar o seu Carnaval. Se decidiu cair na folia, lá...

Um samba de cor e de protesto

"Eu aprendi o português, a língua do opressor / Pra te provar que meu penar também é sua dor." Com versos tão cortantes quanto...

Fundo Brasil seleciona projetos de combate ao racismo no país

O Fundo Brasil de Direitos Humanos vai doar R$ 1,25 milhão para 25 organizações que atuam no combate ao racismo em todo o país. A...
-+=