Xenia França vence Grammy Latino 2023 por melhor álbum pop contemporâneo em língua portuguesa

Enviado por / FonteG1

Premiação aconteceu nesta quinta-feira (16), em Sevilla, na Espanha.

A cantora baiana Xenia França venceu o Grammy Latino 2023, por melhor álbum pop contemporâneo em língua portuguesa com “Em Nome da Estrela”. A 24ª edição da premiação aconteceu nesta quinta-feira (16), em Sevilla, na Espanha.

A artista já havia sido indicada para a mesma categoria em 2018, com seu primeiro álbum solo, intitulado “Xenia” e pela Melhor Canção em Língua Portuguesa com “Pra Que Me Chamas?”, em parceria com Lucas Ciriillo.

Logo no início do discurso, a cantora fez um agradecimento especial aos seus orixás e família. Na sequência, Xenia dedicou o prêmio a pessoas que apoiaram ela.

“Obrigada à Academia, obrigada a todos. Gostaria de começar agradecendo aos meus orixás Exu, Oxum, Laroyê, Orayeyê, à minha família, aos meus pais. Gostaria de dedicar este prêmio a toda a música brasileira e a todos os que acreditam nela. Gostaria de dedicar aos meus produtores. Como eu queria isso! Obrigada, obrigada, obrigada. Eu vim em nome da estrela”, disse ela.

Além de Xenia, outros artistas baianos foram indicados ao Grammy Latino 2023. Rachel Reis foi a única baiana indicada à categoria “Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa”, com o seu álbum de estreia Meu Esquema, lançado em 2022.

Rachel não venceu a premiação, mas agradeceu nas redes sociais a todos que torceram por ela.

“Não rolou trazer o ‘grammyzinho’ para casa, mas tive o prazer de entregar o de Gaby Amarantos para ela. Participar desse momento tão especial para uma mulher que eu sou fã me encheu de alegria! Obrigada todo mundo que torceu por mim. Amo vocês!”, escreveu a cantora.

Carlinhos Brown e Àttøøxxá concorreram juntos na categoria “Melhor Interpretação Urbana em Língua Portuguesa”, com a canção “Da Favela Pro Asfalto”, mas não levaram o prêmio.

Cantora Xenia França — Foto: Thomas Artuzzi

Conheça Xenia França

Xenia França é natural de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, e começou a carreira musical em 2007, cantando músicas do samba e da MPB em São Paulo.

O primeiro álbum da cantora foi lançado em 2017 e já lhe rendeu a primeira indicação ao Grammy Latino. Com produção musical de Lourenço Rebetez, Pipo Pegoraro e coprodução da própria artista, o álbum reverencia o som que vem da diáspora negra, em uma sonoridade afro – jazz – cósmica.

O clipe de “Pra que me Chamas?” concorreu ao Berlin Music Video Awards e ao Women Music Award como Melhor Videoclipe. O videoclipe Nave, foi indicado ao Music Video Festival de São Paulo.

No Rock in Rio 2019, a artista se apresentou no palco Sunset como convidada do britânico Seal. Eles cantaram a música “Higher ground”, de Stevie Wonder.

“Em Nome da Estrela”, segundo disco solo da baiana, conta com músicas autorias e interpretações de “Futurível”, de Gilberto Gil, e “Magia”, canção do primeiro álbum de Djavan.

+ sobre o tema

Naomi Campbell é alvo de protesto em camisa por receber diamantes de ditador

A modelo britânica Naomi Campbell virou alvo de protesto...

Parangolé foi uma das atrações do Manaus Folia

Léo Santana mostrou seu “rebolation” em Manaus. O Parangolé,...

Naomi Campbell garante que aprendeu com os erros

Naomi Campbell mostrou que gosta de provocar polêmica ao...

Escolas de samba de SP fazem pré-lançamento de DVD do carnaval

Sete escolas de samba de São Paulo SP fizeram...

para lembrar

Entristecemos

A recessão nos tirou festa e regalos e nos...

Chuck Berry, lenda do rock, morre aos 90 anos

Chuck Berry, considerado um dos pioneiros do gênero, guitarrista...

Curso online sobre Lélia Gonzalez e Beatriz Nascimento

O Coletivo Cultural Dijejê apresenta o curso de formação...

Diálogos Ausentes: A presença de artistas negros na música

 Estão presentes no encontro, ainda, dois artistas selecionados pela...
spot_imgspot_img

Beyoncé revela ter psoríase e fala sobre sua relação com o cabelo ao lançar linha de cosméticos

Beyoncé revelou em uma entrevista ter psoríase no couro cabeludo. Ela falou sobre o assunto em uma entrevista à revista "Essence", publicada no site no...

Por que Bob Marley é um ícone dos direitos humanos

Ao se apresentar em junho de 1980 na cidade alemã de Colônia, Bob Marley já estava abatido pela doença. Ainda assim, seu carisma fascinou...

Saiba quem é o neto de Bob Marley que emplacou sucesso na Billboard; ouça a canção

YG Marley, nome artístico de Joshua Marley, neto do icônico cantor de reggae Bob Marley, estreou no Billboard Hot 100 com o single “Praise Jah...
-+=