quarta-feira, agosto 17, 2022
InícioQuestões de Gênero8 de março: manifestação sai às ruas de São Paulo pelos direitos...

8 de março: manifestação sai às ruas de São Paulo pelos direitos da mulher

Manifestação pelos direitos da mulher sai pelas ruas de São Paulo, a partir das 18h, em frente ao Vão Livre do MASP

Do Catraca Livre 

– A mulher negra é a principal vítima da violência contra a mulher no Brasil (Entre 2003 e 2013, homicídios de negras aumentou quase 20%)

– Quase 40% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente e outras 34%, semanalmente

– A cada três horas, uma mulher é estuprada no Brasil.

– Das 67 milhões de mães brasileiras, 20 milhões são solteiras

Se você ainda se questiona sobre a importância do feminismo, estes são apenas alguns argumentos que envolvem a questão da mulher na sociedade brasileira. É verdade, o mundo mudou. E busca dias melhores para quem até hoje suportou as piores consequências de uma sociedade excludente, machista, sexista e opressora.

Conjunto de fatores que promove a segregação entre gêneros, provoca a cultura do medo e submissão – e, tratada com irrelevância e indiferença, gera a morte de quase seis mil brasileiras por ano, segundo informações do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Avançada) – neste caso, levando em conta apenas as ocorrências que são denunciadas.

“Lute como uma mulher”

E no próximo dia 8 de março, no Dia Internacional de Luta das Mulheres, São Paulo testemunhará mais um ato em defesa dos direitos da mulher, com o ato “8 de março” que acontece a partir das 16h, com concentração em frente ao Vão Livre do MASP. Além da capital paulista, a manifestações acontecem em outras cidades como Rio de Janeiro e Salvador. Para mais informações sobre o protesto, acesse a página do evento no Facebook.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench